Política Destaque

Deputado Zen diz que vai ensinar o pessoal da educação porque os que estão lá não sabe nem pra que lado a venta aponta

Publicados

Política Destaque

O deputado estadual, Daniel Zen, usou o plenário da Assembleia Legislativa do Estado do Acre (ALEAC) para argumentar sobre o assuntou que trouxe revolta não só para alguns parlamentares como também para pais de alunos e servidores das escolas estaduais que é a falta de merenda escolar para os alunos da rede estadual de ensino.

De acordo com o deputado, há 1 ano e 7 meses o Governo do Estado vem tendo problemas em fornecer a merenda escolar corretamente para as escolas de todo o Estado, o que tem resultado no comprometimento dos trabalhos letivo, como estamos vendo atualmente, alunos sendo liberados no horário do intervalo porque a escola não tem merenda para oferecer aos alunos e este problema é na maioria das escolas.

Zen frisou ainda a oportunidade que teve em ir visitar o entreposto de logística da merenda junto de outros deputados e ao chegar no local constatou que não havia produtos para a merenda escolar, na oportunidade foi gravado um vídeo mostrando a ausência de alimento. Uma semana depois, em uma tentativa de enganar o povo, uma equipe da Educação Estadual acompanhada da secretária foram até o entreposto e em vídeo mostraram o local cheio de produtos.

O parlamentar afirmou que na oportunidade foi informado que os alimentos chegam dos fornecedores e em seguida são entregue as escolas, foi dito também que a falta de merenda seria problemas com as questões de contrato, decorrente da defasagem dos preços, inflação e outros mas que as providências já estavam sendo tomadas para corrigir esse problema.

Leia Também:  Irresponsabilidade: Em meio a uma onda de covid nas escolas, secretaria de educação do estado não orienta suspensão das aulas presenciais

Ao que tudo indica as desculpas só ficaram no papel pois uma semana depois, os gestores e gestoras voltaram a entrar em contato com os gabinetes dos deputado, denunciar em redes sociais informando que nada mudou, e que a quantidade e o tipo de alimentos não estão chegando como deveriam.

Diante das denúncias, o parlamentar visitou algumas escola e viu a falta de merenda para serem distribuídas aos alunos. Dos 50 itens que integram o conjunto de alimentos da merenda escolar menos de 15, 10, em algumas escolas só 7 estão chegando com frequência mas em uma quantidade muito reduzida que não supre nem parte das necessidades, sendo que as escolas voltaram com menos da metade dos alunos.

O deputado destaca ainda que o cardápio dos alunos é elaborado por nutricionistas e esses profissionais estão elaborando um cardápio nutricionalmente mais pobre justamente por conta da dificuldade na entrega dos alimentos, o cardápio está cada vez mais pobre se comparado com os cardápios de antes e mesmo estes cardápios estando mais pobre, as escolas não estão recebendo os itens necessários para montar essas refeições e a realidade das escolas é que há dois tipos de cardápios: o oficial, montado pelos nutricionistas; e o real que é feito que os itens que chegam.

Leia Também:  O Homem disparou: Pilique e Miriam realizam uma grande carreata em Assis Brasil e chegam com força na reta final

E diante destes problemas não cabe mais ficar dando justificativas que já deu tempo de resolver e não resolveram, não se sabe se não resolveram por falta de competência ou por falta de interesse de resolver.

Veja o Vídeo:

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Edvaldo Magalhães expôs um card assinado pela gestão da escola Imaculada Conceição em Feijó, que avisa sobre horários de aulas reduzidos por falta de merenda na escola revolta população. A escola de ensino fundamental Imaculada Conceição atende alunos do 1° ao 5° ano e tem o reinício das aulas presenciais cheio de problemas que comprometem o desempenho do ensino. Edvaldo lamentou que por problema de desorganização e falta de compromisso do governo as escolas estão sofrendo sem poder oferecer uma bolacha com suco para os alunos merendarem. 

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Página do Instagram 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política Destaque

Quase chorando em grupo de whatsapp, Gladson pede para aliados pararem de qualquer opinião sobre vice porque está lhe prejudicando

Publicados

em

Em se tratando de Marcia Bittar, é problema na certa! Prova disso é a insatisfação do grupo do governador, que se dividiu após Gladson aceitar Marcia como sua vice, ocasião em quê, a angústia e desespero está tomando conta do despreparado governador do Acre que vem tendo muitos problemas por ter aceitado a referida senhora de goela abaixo.

Em um grupo de whatsapp dos aliados do Governador Cameli, denominado de “Primeiro Turno”, diante de tantas críticas, Gladson apelou e publicou uma mensagem nada agradável onde em tom de lamentações pede para que aliados pararem de qualquer opinião sobre vice porque está lhe prejudicando e pede união.

Na mensagem, Gladson ainda garante que até o último dia de seu mandato como governador, todos estarão seguro; difícil de se acreditar pois o que Cameli diz, não se escreve.

“Amigos vcs parem de qualquer opinião sobre vice pq isso está me prejudicando por favor se concentrar em fazer um trabalho de unir todo mundo. Depois não chorem o leite derramando, garanto que até 31 de dezembro todos estão seguro. Pergunta: Querem mais 4 anos? Se sim vamos agir”.

Leia Também:  No governo Cameli, secretaria de Educação adere ata de registro de preços do Deracre para uso de cabide de emprego

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA