Política Destaque

Prefeita Socorro garante Selo para empresas vinculadas ao projeto “Amigas da Paz”

Durante o lançamento do projeto Amigas da Paz. Durante o lançamento do projeto Amigas da Paz, várias empresas marcaram presença

Publicados

Política Destaque

Durante o lançamento do projeto Amigas da Paz. Durante o lançamento do projeto Amigas da Paz, várias empresas marcaram presença

Assessoria – A prefeita Socorro Neri assinou, na manhã desta terça-feira, 17, decreto que concede um Selo de Responsabilidade Social às empresas que integram o projeto Amigas da Paz, de autoria do Ministério Público do Acre em parceria com Sesc, Senai e com a própria prefeitura de Rio Branco.

O projeto Amigas da Paz surge com intuito de apoiar, junto às empresas, ações que possam fortalecer o empoderamento feminino, proporcionando autonomia financeira e resgate da autoestima de mulheres, travestis e transexuais.

“Não é só um projeto para empoderar e profissionalizar mulheres. É um projeto de mulheres para erguer mulheres”. Disse Patrícia Rego, Coordenadora do Centro de Atendimento a Vítima, do Ministério Público do Acre.

A prefeita Socorro Neri, falou da importância de ter a prefeitura sendo parceira do projeto e reforçou a intenção de transformar em lei o decreto que concede o Selo de Responsabilidade Social para as empresas: “Os números mostram que a violência contra mulher é alarmante. E a nossa gestão sempre será parceira dos que buscam fazer a diferença e mudar essa triste realidade”. E seguiu: “Além das questões institucionais, eu confesso que a luta pelo fim da violência contra a mulher e por oportunidades iguais para todos, independente de questões de gênero, é uma causa de vida toda para mim. Por isso, pretendo enviar, para câmara dos vereadores, um projeto para que esse selo de reconhecimento, que estamos concedendo as empresas, se torne lei. Pois, independentemente de quem estiver à frente da prefeitura, esta ação deve seguir acontecendo”. Finalizou Socorro Neri.

Leia Também:  Vice-prefeita e secretária de saúde de Porto Acre, Edna Cuiabano, vem se destacando pelo excelente trabalho há frente da pasta sobretudo por sua atuação contra a Covid-19

Durante o lançamento do projeto Amigas da Paz, várias empresas marcaram presença, legitimando e fortalecendo a ação. Para a empresária Patrícia Dossa, a sensibilidade feminina é de suma importância para o sucesso do projeto: “As mulheres têm uma sensibilidade diferenciada e conseguem entender umas, as outras. Esse projeto acerta muito ao perceber essa sensibilidade e usar isso como ferramenta para mudar uma realidade cruel”. Opinou.

Violência contra a mulher no Acre

O Acre está sempre entre os estados brasileiros com maior índice de feminicídio.

O Monitor da Violência, no dia 07 de março de 2019, mostra que em 2018, o Acre registrou 14 mortes por intolerância de gênero. Em 2019, até o mês de abril, já foram registrados 4 casos de feminicídios, um por mês.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Política Destaque

Devido a um governo que não tem amor a saúde, mãe do pequeno Théo lamenta: “havíamos planejado seu primeiro aninho, mas temos um túmulo para visitar”

Publicados

em

“Havíamos planejado seu primeiro aninho, mas temos um túmulo para visitar”, diz mãe do pequeno Théo

No dia quatro de Julho o pequeno Theo (uma das 12 crianças que morreram por complicações da síndrome gripal no Pronto Socorro de Rio Branco) estaria completando seu primeiro aninho de vida.

Símbolo da luta por justiça, Théo é muito lembrando diariamente pela sua mãe, Joelma Dantas, que tem feito uma luta incansável para que os culpados pela falta de respiradores e UTI sejam punidos.

Em uma postagem na sua rede social, Joelma fez um desabafo devido a perda precoce de seu filho e lembrou da festinha que havia planejado para comemorar o primeiro aninho do bebê.

“Amanhã seria seu aniversário de 01 aninho!

Meu filho, eu não aguento a tua falta!

Eu não entendo por que Deus te levou tão de repente. Uma gripezinha te tirou da minha vida!

Meu filho, pelo amor de Deus! Me ajuda a continuar a viver!

Leia Também:  Paga os garis, Bocalom! A desastrada ação da Prefeitura de Rio Branco pelo uso desproporcional de força contra garis

Havíamos planejando seu primeiro aninho. E agora temos um túmulo pra ir visitar!

Nada faz sentido. É horrível morrer e continuar viva!

Me ajuda, meu filho! Me ajuda, pelo amor de Deus!” Finalizou a mãe.

Até hoje, nenhum dos membros da cúpula da saúde no governo Gladson Cameli foi responsabilizado pela possível negligência nas mortes das 12 crianças, o que tem angustiado ainda mais os familiares dos mesmos.

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: A vereadora do município de Brasileia, Neiva Badotti, afirma que o mensalinho, agora na atual gestão o feito é praticado via pix, o que antes era mensalinho por meio de folhinha agora, na gestão de Fernanda Hassem foi informatizado, ou seja, modernizaram a possível prática de lavagem de dinheiro.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Veja-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Leia Também:  Tribunal de Contas condena ex-secretário de Educação do governo Gladson Cameli a devolver mais de R$ 400 mil aos cofres públicos

Veja-se na Página do Instagram 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Veja o Vídeo:

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA