Política Destaque

“Quem rouba da saúde carrega nas mão o sangue destes inocentes, Gladson ofereceu dinheiro para calar as mães”, diz Mara Rocha

Publicados

Política Destaque

Deputada Mara Rocha denuncia no MPF, PF e DENASUS as mortes das 12 crianças por falta de medicamentos, oxigênio e de UTI – Foto: Reprodução

Na tarde dessa terça-feira (21/06), a Deputada Federal Mara Rocha proferiu forte discurso na tribuna da Câmara dos Deputados, afirmando que levará ao conhecimento do DENASUS, do Ministério Público Federal e da Polícia Federal as mortes de 12 crianças, com síndrome respiratória aguda, em hospitais do Estado.

A parlamentar lembrou as 12 crianças, com poucos meses de vida, que morreram por falta de medicamentos, falta de oxigênio e de UTI. Os óbitos ocorreram apesar dos enormes esforços dos profissionais de saúde, que fizeram o possível para salvá-las, mas não conseguiram por falta de condições por parte da SESACRE e do Governo do Estado.

Segundo denúncias, o Governo Estadual, recebeu alertas da FIOCRUZ sobre a iminência de uma gripe que evoluía rapidamente em crianças, levando à Síndrome Respiratória Aguda, e a Secretaria de Saúde do Estado nada fez, nem mesmo uma campanha de alerta e conscientização.

Leia Também:  Igarapé preto está ameaçado por obra mal planejada do governo Gladson Cameli em Cruzeiro do Sul

Mara Rocha lembrou que uma semana antes das mortes, a diretora do Pronto Socorro enviou um áudio que circulou em todas as redes sociais, onde a mesma, de forma desesperada narrava o caos e pedia ajuda à secretária de saúde, afirmando que as crianças iriam morrer caso não fosse tomada nenhuma providencia.

“A secretária de saúde foi comunicada dos risco que as crianças corriam e nada fez. O resultado dessa omissão, dessa negligencia, foi a morte de 12 crianças e o desespero das mães que clamam por justiça. O que estamos vivendo no Acre é um homicídio terrível”, afirmou a Parlamentar.

Mara Rocha lembrou que ontem, num evento no Acre, com a Ministra da Mulher e dos Direitos humanos Cristiane Brito, as mães foram pedir ajuda para que o caso não ficasse impune. E, apesar da sensibilidade da Ministra que ouviu o relato das mães, o governador do estado teve a falta de sensibilidade e humanidade de oferecer dinheiro para as mães enlutadas, além de ter promovido ataques digitais contra elas.

Leia Também:  Vice-governador Rocha retorna ao Acre e promete continuar lutando contra a corrupção no governo Gladson Cameli

“Quero me solidarizar com as mães que perderam seus filhos e dizer que isso não ficará sem respostas. Estou oficiando o DENASUS, o Ministério Público Federal e a Polícia Federal. Há urgência de uma resposta a esses homicídios e ao financiamento dessa milícia digital que ataca uma mãe enlutada. Também pediremos uma audiência externa das Comissões da Saúde e da Comissão dos Direitos Humanos. E, por último, através da minha assessoria jurídica, estarei impetrando uma Ação Civil Pública para que responsabilidades sejam cobradas e para que os membros desse desgoverno, aprendam a respeitar a população do Acre” Finalizou Mara Rocha.

Veja o vídeo:

Veja o vídeo:

Veja o vídeo:

Veja o vídeo:

Veja o vídeo:

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política Destaque

Quase chorando em grupo de whatsapp, Gladson pede para aliados pararem de qualquer opinião sobre vice porque está lhe prejudicando

Publicados

em

Em se tratando de Marcia Bittar, é problema na certa! Prova disso é a insatisfação do grupo do governador, que se dividiu após Gladson aceitar Marcia como sua vice, ocasião em quê, a angústia e desespero está tomando conta do despreparado governador do Acre que vem tendo muitos problemas por ter aceitado a referida senhora de goela abaixo.

Em um grupo de whatsapp dos aliados do Governador Cameli, denominado de “Primeiro Turno”, diante de tantas críticas, Gladson apelou e publicou uma mensagem nada agradável onde em tom de lamentações pede para que aliados pararem de qualquer opinião sobre vice porque está lhe prejudicando e pede união.

Na mensagem, Gladson ainda garante que até o último dia de seu mandato como governador, todos estarão seguro; difícil de se acreditar pois o que Cameli diz, não se escreve.

“Amigos vcs parem de qualquer opinião sobre vice pq isso está me prejudicando por favor se concentrar em fazer um trabalho de unir todo mundo. Depois não chorem o leite derramando, garanto que até 31 de dezembro todos estão seguro. Pergunta: Querem mais 4 anos? Se sim vamos agir”.

Leia Também:  Produtos derivados: Governo do Estado assina lei que institui carreira de auditor fiscal agropecuário

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA