Política Destaque

Moradores do Belo Jardim estão sujeitados a lei do crime e Governo de Gladson é incapaz de garantir dignidade a esses moradores

Publicados

Política Destaque

Diante do descaso e do abandono por parte do prefeito Bocalom e sua equipe e do Governador Gladson Cameli, os moradores do bairro Belo Jardim, em Rio Branco afirmam estarem refugiados e subordinados a lei do crime organizado que vigora no local, tendo assim suas dignidades e todos os direito violados.

De acordo com eles, a situação é tão tensa que nenhum morador da localidade sai no período da noite, visitantes que ousam a entrar no bairro tem que ter coragem, pois dali podem não sair vivos e até o momento ninguém fez nada para mudar essa realidade.

Viver com temor e a grande sensação de insegurança faz parte do dia a dia dos moradores do bairro, a prova é tanta que o único médico que atendia na Unidade de Saúde do bairro pediu demissão, por medo de transitar no local, pois o histórico da UBS não é das melhores, em um passado recente uma médica que atendia no local foi feita refém e teve seu veículo roubado, posteriormente um jovem foi executado a tiros nas dependências desta mesma Unidade de Saúde, recentemente o posto foi arrombado.

Leia Também:  Polícia Militar prende homem em flagrante pelo crime de feminicídio no município de Feijó

Resta saber onde estão os agentes da lei? Secretário de segurança e Cia: “Governador, os senhores mentem na TV e nós estamos aqui na merda e refém da criminalidade. Somos cumpridores da lei de um estado paralelo, perigoso e vocês deveriam se envergonhar. Por favor, não venham pedir votos aqui no Belo Jardim não, já que nos esqueceram, nos errem. Nossa juventude sem esporte, sem cultura, sem emprego, estão um bocado indo embora do Acre, outros entrando nas facções, mas tem muitos também na penitenciária e nos Cemitérios”, desabafou uma moradora.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política Destaque

No governo Gladson Cameli, gestores do hospital de Brasileia estão tentando traficar órgão para a Bolívia, denuncia vereadora Neiva Badotti

Publicados

em

A vereadora do município de Brasileia, Neiva Badotti, fez uma revelação assustadora, na manhã desta terça-feira (16), sobre os gestores que foram nomeados pelo governador Gladson Cameli no Hospital Regional do Alto Acre, localizado no município de Brasileia.

Em tribuna, a parlamentar afirmou e afirma ter prova de que no Hospital tem autoridades de saúde tentando traficar órgão para a Bolívia. Neiva destaca ainda a gravidade que é essa situação e que as autoridades competentes devem intervir.

A vereadora Neiva relata ainda que muitas outras situações graves estão acontecendo naquela regional e que ninguém faz nada. A mesma cita ainda que diante do que vem acontecendo no governo de Gladson Cameli, ele deveria pedir perdão para a população pelos gestores que ele tem colocado naquela regional.

Veja o Vídeo:

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  PT repudia a atitude covarde do prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, que permitiu uso de sprays de pimenta e cassetetes contra trabalhadores
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA