RIO BRANCO

Política Destaque

Mega da virada é fichinha perto do “esquemão azul” que envolve o governador Gladson Cameli, diz Perpétua

Publicados

Política Destaque

Gladson é alvo de investigação da PF que apura suspeita de desvios em contratações na saúde e infraestrutura – Foto: Reprodução

Acre in Foco – A deputada Perpétua Almeida (PCdoB), comentou no Twitter a matéria do Estadão que liga Gladson Cameli (PP) a transações de R$ 828 milhões em suas contas. Dados do COAF (Conselho de Controle de Atividades Financeiras), mostram que a movimentação é o equivalente ao prêmio de duas Mega da Virada, acrescidos de mais de R$ 72 milhões. O prêmio da Mega da Virada foi de R$ 378 milhões.

As informações foram apuradas pela Polícia Federal, na Operação Ptolomeu, desencadeada por determinação do STJ e colocou o governador do Acre nas manchetes de todos os veículos (sites de notícias, rádios e TVs) de todo o país, desde o dia 16 de dezembro de 2021.

Coaf liga governador do Acre a transações de R$ 828 mi

Relatório do antigo Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) apontou 20 comunicações de movimentações financeiras suspeitas que envolvem o governador do Acre, Gladson Cameli (PP).

Leia Também:  Bolsonarista original: Senador Márcio Bittar faz agenda no Acre e sempre fazendo questão de não usar máscara

As transações notificadas ultrapassam R$ 828 milhões, entre depósitos em espécie, compra de veículos de luxo e contratações imobiliárias.

O governador é alvo de investigação da Polícia Federal que apura suspeita de desvios em contratações nas áreas de saúde e infraestrutura. Para a PF, as comunicações “indicam, fortemente, uma atuação articulada e capilarizada de branqueamento de capitais – tendo o governador Gladson Cameli como sujeito central e principal beneficiário”.

Procurado, o governador não respondeu à reportagem.

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: O ex-deputado federal, Sibá Machado, gravou um vídeo polêmico onde fez um desabafo contra o presidente da República, Jair Bolsonaro, o Juiz Sérgio Moro e o governador do Acre, Gladson Cameli. Sibá não perdeu a oportunidade de alfinetar o gestor em se tratando do escândalo de corrupção no qual para a Polícia Federal, Cameli é tido como o chefe de uma organização Criminosa que desviou quase R$ 1 bilhão de reais dos cofres públicos do Estado.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política Destaque

No retorno do recesso, Operação Ptolomeu deve gerar debate entre oposição e base do governo na Aleac

Publicados

em

Os deputados estaduais retornam às sessões ordinárias no dia 1° de fevereiro, tendo eleições de outubro como norteador dos debates e também os desfechos da operação Ptolomeu, que investiga possível escândalo no governo de Gladson Cameli (PP).

Com uma base inconstante, o governador terá que cobrar postura firme dos seus defensores, pois em 2021 a oposição deu surra de tribuna nós governistas.

Além dos debates, a mesa diretora da ALEAC terá que está preparada para quem sabe debater e votar por exemplo, um pedido de afastamento do chefe do executivo.

O presidente Nicolau Júnior (PP), não deu detalhes da volta do recesso. Com aumento dos casos de Covid-19 e o surto gripal, as sessões podem acontecer de maneira remota, com foi boa parte do ano de 2021.

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Em meio a maior crise do sistema de transporte coletivo dos últimos tempos, a população de Rio Branco vive um dilema e acorda todo dia sem saber se terá ônibus passando em sua região. O prefeito Tião Bocalom tentou amenizar o problema repassando R$ 2 milhões e quatrocentos mil para as empresas quitar os débitos com empregados, acordo não cumprido e que foi um dos motivos para a intervenção no setor.

Leia Também:  Leila Galvão e mais 10 prefeitos estão impedidos de concorrer à reeleição deste ano. Todos tiveram a prestações de contas reprovada pelo Tribunal de Contas

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA