RIO BRANCO

Política Destaque

MDB de Flaviano Melo e Aldemir Lopes de Brasileia vai votam a favor da reforma da maldade na Aleac

Publicados

Política Destaque

O MDB que tem como presidente estadual o deputado Flaviano Melo no final da tarde  divulgou uma nota justificando que os três parlamentares, Antônia Sales, Meire Serafim e Roberto Duarte vão votar favorável à reforma da maldade na Aleac amanhã, reforma esta que prejudica os trabalhadores e principalmente os professores.

Os dirigentes do MDB se reuniram para discutir esta questão. Quem também esteve presente foi o ex-prefeito de Brasileia Aldemir Lopes que foi um dos maiores responsáveis pela grande corrupção que aconteceu em toda a história do município e devido as suas práticas de corrupção. Aldemir foi preso em uma operação da Polícia Federal no Alto Acre em 2016, mas com tudo isso ainda é considerado um manda chuva do MDB do Acre. 

A nota assinada pelo presidente estadual do Partido em exercício, o ex-prefeito de Cruzeiro do Sul, Vagner Sales, (esposo da Deputada Antônia Sales), que também tem uma ficha extensa na justiça por ser um dos maiores ficha suja do Acre, da mesma forma que Aldemir, Vagner e Aldemir na mesma sigla partidária é torna-se pequeno para os dois.

Leia Também:  Eleições em Cruzeiro do Sul: A volta ao passado fantasiada de ‘novo’

Mas em se tratando da nota veja abaixo um trecho: “aprovar a reforma da previdência ultrapassa interesses específicos de um governo e se inscreve na garantia de permanência da capacidade de pagamento do Estado, ameaçada por déficits crescentes e incontornáveis”.

Ao finalizar a nota, Vagner Sales diz que os deputados do MDB participaram de reuniões com os trabalhadores e representantes sindicais no sentido de atenuar os efeitos da reforma e torná-la mais justa.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Política Destaque

Hoje completa 25 dias que a chefe de gabinete está presa, mas o chefe da quadrilha, segundo a PF, finge que nada aconteceu

Publicados

em

A Policia Federal deu continuidade na operação e prendeu a chefe de gabinete do governador Cameli no dia 22 de dezembro- Foto: Reprodução

Uma das pessoas mais próximas do governador Gladson Cameli (Progressista), a coordenadora de gabinete, Rosângela Gama, é a única dos envolvidos no suposto esquema de corrupção no governo do Acre que continua presa.

Rosângela Gama está sem nota de defesa e muito menos de Solidariedade dos colegas de governo, que usa as redes sociais para publicar nota só para defender o suposto chefe da quadrilha. Rosângela foi esquecida na cadeia como se ela não existisse, enquanto Cameli finge que nada aconteceu.

O descaramento chega a ser gritante, quando o suposto maior beneficiado do esquema de corrupção diz em uma entrevista no portal UOL, que o crescimento do seu patrimônio se deu por causa da inflação.

Mensagens diárias nas redes sociais de comissionados e assessores do palácio Rio Branco que mamam salários gordos as custa do povo acreano, defendem o Governador tentam a todo custo blindar o mesmo dos fatos, mesmo o Supremo Tribunal de Justiça (STF) afirmando ser ele um dos principais beneficiados do esquema criminoso e ser o chefe da quadrilha. 

Leia Também:  Coronavírus: Gladson Cameli confirma prorrogação de adicional a servidores da Saúde

No dia 22 de dezembro, a Polícia Federal prendeu a chefe de gabinete de Gladson Cameli, por tentar ocultar provas e atrapalhar as investigações que tenta descobrir todos os envolvidos, no que pode ser o maior esquema de desvios de recursos públicos da história do Acre.

Diante da gravidade dos fatos ocorridos, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) decretou a prisão preventiva da chefe de gabinete do governador, além da imediata instauração de novo inquérito policial visando a apuração do crime de obstrução de investigação de organização criminosa (art. 2º, §1º, da Lei 12.850/13).

Por ordem ainda do STJ no dia 22 de dezembro, policiais federais cumprem também mandados de busca e apreensão na cidade de Rio Branco, em endereços relacionados aos envolvidos no embaraço às investigações.

A Polícia Federal não deu mais nenhum detalhe sobre a participação da chefe de gabinete do governador Gladson Cameli no esquema azul.

Veja o Vídeo:

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA