Política Destaque

“Joelso Pontes sempre esteve a serviço do MDB”, diz Vagner Galli afirmando que 90% do partido vai caminhar ao lado da prefeita Fernanda Hassem

Publicados

Política Destaque

Lideranças do Progressista Homens: Azevedo, Everton Farley, Ex-vereador Bil Rocha, Pastor Eliseu, Leonir, Francisco Castro e Gean Paulo.

Após ser confirmado que o vereador Joelso Pontes (PP) é o pré-candidato a vice-prefeito na chapa majoritária do MDB, representada por Leila Galvão, a redação do site 3 de Julho Notícias entrou em contato com o presidente municipal do partido, Vagner Galli, para saber o posicionamento do partido a cerca das tomadas de decisões.

Em conversa com a nossa redação, Vagner afirmou que apesar do vereador Joelso ser o nome confirmado para compor como vice a chapa do Movimento Democrático Brasileia (MDB), decisão esta tomada com o apoio da senadora Mailza Gomes (presidente estadual do Progressista); 90% do partido vai caminhar ao lado da prefeita Fernanda Hassem nas eleições deste ano.

Lideranças do Progressista Mulheres: Eliete Gonçalves, Camila Carvalho, Professora Vilma Galli, Railda Souza e a Professora Iara Mesquita.

Galli afirmou ainda que, para o MDB está tudo bem pois a única liderança política que eles consideram no partido é o vereador Joelso que inclusive já está firmado com eles: “É nós já esperávamos né! Afinal, o Joelso sempre esteve a serviço do MDB e não é de hoje, mas isso não vai de acordo com a forma de pensar da nossa executiva municipal e também com os nossos pré-candidatos a vereadores, temos grandes nomes que irão disputar as eleições mas ao lado da prefeita Fernanda, pois se sentem respeitados e valorizados”, destacou Vagner.

Leia Também:  Sem saber quem e quantos LGBT's disputam a eleição, Germano Marinho diz que candidatos Gays preferem o armário

Vagner Galli também lamentou a posição do secretário geral do MDB, Carlinhos Nogueira, que em rede social menosprezou os demais membros do partido (áudios abaixo): “Com certeza isso nos deixa muito tristes saber que ele pensa assim e se o nosso desejo já era apoiar a nossa prefeita Fernanda, com este pensamento ultrapassado é que nos move ainda mais está com a prefeita”, disse.

Vagner Galli já foi vereador e Presidente da Câmara de Brasileia, uma grande liderança e de família tradicional. Galli é o presidente do progressista no município.

O presidente acrescentou afirmando que na próxima terça-feira estará realizando uma reunião com todo o partido para decidir a respeito das tomadas de decisões e os rumos a serem seguidos.

Vagner finalizou lamentando a posição da executiva estadual, que por diversas vezes foi convidada para ir em Brasileia sentar com todo o partido, ouvir os pré-candidatos, mas ao invés de dialogar com o Progressista, preferem dialogar somente com o vereador Joelso Pontes em Rio Branco. “Infelizmente a nossa executiva municipal já convidou por diversas vezes a senadora Mailza Gomes para vir e dialogar conosco, mas até agora isso não aconteceu, as decisões que foram tomadas até agora não foi discutida com o partido, somente com o vereador Joelso Pontes, mas o partido não é formado só por ele, nós também deveríamos ter voz”, concluiu.

Leia Também:  Sem comando e cheio de egos, o MDB do Acre passa de um possível bom aliado a dor de cabeça para o governador Gladson Cameli

Liderança do PP

Ouça os áudio do Secretário do MDB de Brasileia, Carlinho Nogueira, zombando dos membros do PP e afirmando que a única liderança do partido é o vereador Joelso Pontes.

Áudio l – Carlinho Nogueira 

Áudio ll – Carlinho Nogueira

Vagner Galli, ex-vereador Bil Rocha e Joaquim Lira de Carvalho.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Política Destaque

Governo paga R$ 14 mil para professores ficarem tomando banho de piscina na escola Armando Nogueira, professor das águas ainda debocha de colegas

Publicados

em

O fato de usarem a máquina pública para beneficiar meia dúzia de encostados tem gerado grande revolta dentro da Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esportes- SEE, na gestão de Gladson Cameli, sobretudo, por conta dos benefícios financeiros que são disponibilizados para alguns, como é o caso da Escola Estadual Armando Nogueira.

Não é novidade que a educação estadual está em decadência devido a falta de compromisso com o trabalho a ser desenvolvido e por estar servindo de cabide de emprego, pois na Escola Armando Nogueira, ainda em 2021, dois professores foram lotados na piscina olímpica para desenvolver atividades pedagógicas para os alunos integrais e das escolas militares, mas até a presente data essas atividades não estão acontecendo.

O que chama a atenção é o fato de um desses professores, identificado como Everton Araújo de Lima, que é professor de Educação Física, ser parente do secretário de educação Aberson Carvalho e foi tirado de sala de aula, sem que a escola fosse consultada para ficar a disposição da piscina onde vai trabalhar quando quer, sem contribuir para a educação pública, apenas recebendo seus proventos mês a mês. A gestora afirmou que ficou surpresa quando Everton chegou na escola com um memorando em mão dizendo que iria ficar a disposição na piscina.

Leia Também:  TCU mostra que Acre é o 3º que mais dinheiro recebeu contra Coronavírus; Cameli diz que tem dado publicidade dos recursos e dos gastos efetuados

Já o outro professor, identificado como Luiz Rodomilson dos Santos, foi lotado na Escola Armando Nogueira em dezembro do ano passado, onde na oportunidade fez questão de dizer que ele era indicação da Secretaria para ficar a disposição da piscina e logo que foi lotado na escola seu salário era no valor de R$ 4.547,94 (quatro mil quinhentos e quarente e sete reais e noventa e quatro centavos).

Não satisfeito com o seu salário, Rodomilson chegou na escola ainda no início de fevereiro e disse que o secretário Aberson pediu que a escola solicitasse uma Dedicação Exclusiva – DE para ele (Rodomilson), mas a escola informou que a não pede dedicação exclusiva para professor. Como a escola não atendeu o desejo de Rodomilson, posteriormente ele chegou na escola dizendo que tinha resolvido tudo pela secretaria de educação. Com o passar do tempo, os demais professores começaram a questionar por que tinha um professor a disposição da piscina se não estava tendo atividades pedagógicas.

Na oportunidade a gestora da escola encaminhou um ofício a SEE, solicitando esclarecimento de porque havia professores lotado na piscina se a piscina não estava funcionando, mas a secretaria não respondeu. Incomodados, os demais professores consultaram o portal da transparência e vira que antes de solicitar Dedicação Exclusiva, Rodomilson recebia 4 mil reais e depois que Rodomilson falou que havia resolvido tudo pela secretaria ele passou a receber o valor de R$ 14.500,70 (quatorze mil e quinhentos reais e setenta centavos).

Leia Também:  Vereador Denis Araújo é investigado por distribuir medicamento "Ivermectina" para moradores da zona rural de Sena Madureira

Diante do valor que Rodomilson recebe, os demais professores ficaram indignados por ver um professor lotado na piscina sem exercer nenhuma função pedagógica e ainda ganhando um salário exorbitante deste. A realidade da escola é que tem dois professores de educação física, mas os dois estão a disposição da piscina, ambos sem exercer nenhuma função pedagógica.

Veja os Vídeos:

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA