Política Destaque

Governo determina que as máquinas sejam retiradas de Epitaciolândia, moradores não deixam e funcionários saem levando só as chaves

Publicados

Política Destaque

Governador Gladson Cameli ordena ao DERACRE a retirada imediata do maquinário que estavam no município de Epitaciolândia – Foto: 

Gladson Cameli parece que está brincando de ser governador, pois a instabilidade nas decisões governamentais vem causando transtornos a população acreana. Prova disso é que após o maquinário do Departamento de Estradas de Rodagens do Acre (Deracre) ser levados para o município de Epitaciolândia, com a permissão no governador segundo informações, agora, Gladson (que é conhecido por não cumprir sua palavra) mudou de ideia e determinou que as máquinas fossem retirados do município por pura vaidade politica e deixa comunidades rurais a mercê, uma vez que a prefeitura depende desses maquinário para abertura e melhorias de ramais.

De acordo com denúncias dos moradores de Epitaciolândia, por volta de 12:00 horas, servidores do governo, por determinação do governador, chegaram no local para retirar as máquinas do município, mas houve resistência por parte da população para que o maquinário não fosse retirado, em virtude desta situação, os servidores não retiraram as máquinas, mas saíram levando as chaves de todo o maquinário para que não sejam usados.

Leia Também:  Guajará é o município com a maior malha viária de ramais recuperados nos últimos dois anos

O fato das máquinas do DERACRE estarem no município de Epitaciolândia é que no dia 26 de Junho de 2021, o Governador Gladson assinou um convênio com as prefeituras da região do Alto Acre para a implementação do programa Ramais Acre, e agora chegou a vez de Epitaciolândia ser contemplada, mas segundo informações, por motivos políticos, Gladson resolveu descumprir o convênio celebrado anteriormente, comprometendo o direito de ir e vir do produtores rurais do referido município.

A população de Epitaciolândia agora irá pagar um preço muito alto por ter um governador que não tem palavra, falta com a verdade corriqueiramente e não cumpre com os compromissos governamentais como é o caso do convênio que ele resolveu descumprir pelo fato de estar preocupado somente com a sua reeleição, embora que isso cause prejuízos para a população.

O programa Ramais Acre visa a abertura e recuperação de estradas vicinais (ramais e estradas municipais), que pretende criar condições necessárias para o fortalecimento e consolidação do agronegócio como nova alternativa de desenvolvimento econômico e social, mas com essa decisão do governador Gladson em retirar o maquinário do DERACRE, derruba o discurso fajuto de Cameli sobre o fortalecimento do agronegócio.

Leia Também:  Atualizada: Empresas de Familiares de Cadmiel Bomfim, celebram contratos milionários com governo Cameli

A redação do jornal 3 de Julho Notícias tentou contato com a assessoria de comunicação do Governo, mas até a publicação desta matéria não obtivemos êxito, desde já o espaço fica aberto caso os mencionados queiram fazer algum esclarecimento a respeito do assunto.

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política Destaque

Quase chorando em grupo de whatsapp, Gladson pede para aliados pararem de qualquer opinião sobre vice porque está lhe prejudicando

Publicados

em

Em se tratando de Marcia Bittar, é problema na certa! Prova disso é a insatisfação do grupo do governador, que se dividiu após Gladson aceitar Marcia como sua vice, ocasião em quê, a angústia e desespero está tomando conta do despreparado governador do Acre que vem tendo muitos problemas por ter aceitado a referida senhora de goela abaixo.

Em um grupo de whatsapp dos aliados do Governador Cameli, denominado de “Primeiro Turno”, diante de tantas críticas, Gladson apelou e publicou uma mensagem nada agradável onde em tom de lamentações pede para que aliados pararem de qualquer opinião sobre vice porque está lhe prejudicando e pede união.

Na mensagem, Gladson ainda garante que até o último dia de seu mandato como governador, todos estarão seguro; difícil de se acreditar pois o que Cameli diz, não se escreve.

“Amigos vcs parem de qualquer opinião sobre vice pq isso está me prejudicando por favor se concentrar em fazer um trabalho de unir todo mundo. Depois não chorem o leite derramando, garanto que até 31 de dezembro todos estão seguro. Pergunta: Querem mais 4 anos? Se sim vamos agir”.

Leia Também:  Mara Rocha destina R$ 500 mil para compra de equipamento e governo Cameli comprou duas bicicletas e duas esteiras

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA