Política Destaque

Governo compra 400 kg de peixes de frigorifico de Vanda Milani, enquanto o pequeno produtor fica a mercê da própria sorte

Publicados

Política Destaque

SESACRE compra 400 kg de peixes de frigorifico da deputada Vanda Milan i, para o HOSMAC consumir em novembro – Foto: Reprodução

De sociedade da deputada federal Vanda Milani – PROS e Sylas Pascoal Nogueira, um dos maiores empreendimentos de gêneros alimentícios da região, tem negócios com o governo do estado e fornece peixes e outros itens para unidades de gestão do governo do Acre.

Somente no mês de novembro, o frigorífico da deputada Vanda Milani, forneceu 400 kg de peixes para o Hosmac em Rio Branco.

O atendimento médico no único hospital de psiquiatria do Acre pode até ser ruim, mas pela quantidade de peixes adquiridos, os pacientes e funcionários estão de barriga cheia.

Os 400 kg comprando no mês de novembro, geraram um nota de R$ 9.088,00, quase 10 mil aos cofres do frigopeixe. Pode ser uma compra inexpressiva para uma grande empresa, mas por qual motivo essas aquisições não são feitas de pequenos produtores?

Uma pergunta para o pessoal da secretaria de saúde do governo Gladson Cameli responder.

Leia Também:  Se Gladson Cameli passar mais 4 anos como governador poderá ser o homem mais rico do Acre; em menos de 4 anos seu patrimônio cresceu 76%

A empresa Frigopeixe Monte Castelo Da Amazônia, que tem a razão social FRIGOPEIXE MONTE CASTELO DA AMAZONIA IMP. E EXP. LTDA, foi fundada em 06/01/2009. A empresa está localizada na Rodovia Ac 40, KM 25, : SENADOR GUIOMARD;, no bairro Zona Rural, em Senador Guiomard-AC.

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Não vou munda meu voto, tenho costume de orar com minha palavra, diz vereador Jurandir. O clima na Câmara de Vereadores esquentou, após parte dos servidores da prefeitura de Brasileia tumultuar a sessão e descumprirem o Regimento Interno, por esse motivo, os vereadores chamou a atenção da Presidente da Casa, Arlete Amaral, por conta da sua inércia diante da situação vexatória. 

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Leia Também:  Governo Bolsonaro pode até vetar fim da cobrança por bagagem, mas Congresso derrubará, diz Perpétua

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política Destaque

Governo paga R$ 14 mil para professores ficarem tomando banho de piscina na escola Armando Nogueira, professor das águas ainda debocha de colegas

Publicados

em

O fato de usarem a máquina pública para beneficiar meia dúzia de encostados tem gerado grande revolta dentro da Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esportes- SEE, na gestão de Gladson Cameli, sobretudo, por conta dos benefícios financeiros que são disponibilizados para alguns, como é o caso da Escola Estadual Armando Nogueira.

Não é novidade que a educação estadual está em decadência devido a falta de compromisso com o trabalho a ser desenvolvido e por estar servindo de cabide de emprego, pois na Escola Armando Nogueira, ainda em 2021, dois professores foram lotados na piscina olímpica para desenvolver atividades pedagógicas para os alunos integrais e das escolas militares, mas até a presente data essas atividades não estão acontecendo.

O que chama a atenção é o fato de um desses professores, identificado como Everton Araújo de Lima, que é professor de Educação Física, ser parente do secretário de educação Aberson Carvalho e foi tirado de sala de aula, sem que a escola fosse consultada para ficar a disposição da piscina onde vai trabalhar quando quer, sem contribuir para a educação pública, apenas recebendo seus proventos mês a mês. A gestora afirmou que ficou surpresa quando Everton chegou na escola com um memorando em mão dizendo que iria ficar a disposição na piscina.

Leia Também:  Desvalorizados e enganados pelo governador Gladson Cameli, Médicos deflagram greve em todo estado do Acre

Já o outro professor, identificado como Luiz Rodomilson dos Santos, foi lotado na Escola Armando Nogueira em dezembro do ano passado, onde na oportunidade fez questão de dizer que ele era indicação da Secretaria para ficar a disposição da piscina e logo que foi lotado na escola seu salário era no valor de R$ 4.547,94 (quatro mil quinhentos e quarente e sete reais e noventa e quatro centavos).

Não satisfeito com o seu salário, Rodomilson chegou na escola ainda no início de fevereiro e disse que o secretário Aberson pediu que a escola solicitasse uma Dedicação Exclusiva – DE para ele (Rodomilson), mas a escola informou que a não pede dedicação exclusiva para professor. Como a escola não atendeu o desejo de Rodomilson, posteriormente ele chegou na escola dizendo que tinha resolvido tudo pela secretaria de educação. Com o passar do tempo, os demais professores começaram a questionar por que tinha um professor a disposição da piscina se não estava tendo atividades pedagógicas.

Na oportunidade a gestora da escola encaminhou um ofício a SEE, solicitando esclarecimento de porque havia professores lotado na piscina se a piscina não estava funcionando, mas a secretaria não respondeu. Incomodados, os demais professores consultaram o portal da transparência e vira que antes de solicitar Dedicação Exclusiva, Rodomilson recebia 4 mil reais e depois que Rodomilson falou que havia resolvido tudo pela secretaria ele passou a receber o valor de R$ 14.500,70 (quatorze mil e quinhentos reais e setenta centavos).

Leia Também:  No governo Gladson Cameli, as coisas estão fora de ordem quando se trata do ICMS, diz ativista político Francisco Panthio

Diante do valor que Rodomilson recebe, os demais professores ficaram indignados por ver um professor lotado na piscina sem exercer nenhuma função pedagógica e ainda ganhando um salário exorbitante deste. A realidade da escola é que tem dois professores de educação física, mas os dois estão a disposição da piscina, ambos sem exercer nenhuma função pedagógica.

Veja os Vídeos:

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA