Política Destaque

Gladson nomeia Márcio Pereira, homem de confiança de Ney Amorim, como secretário de empreendedorismo e Turismo

Publicados

Política Destaque

O governador Gladson Cameli (PP) prestigiou o Podemos, partido presidido pelo ex-deputado Ney Amorim que ganhou mais um importante espaço na estrutura de governo.

O ex-assessor de Ney Amorim, Márcio Pereira, ocupava cargo no gabinete do presidente da Aleac Nicolau Júnior (PP) e é filho do ex-prefeito de Plácido de Castro Luiz Pereira.

A pasta de Turismo, estava sendo dirigida pelo Jovem Jhon Douglas, que pode ser de indicação da senadora Mailza Gomes, que está rompida politicamente com Gladson Cameli, por esse motivo, Jhon acabou perdendo o cargo.

Ney Amorim mostra força dentre muitos aliados, pois mesmo sendo recém chegado no grupo de apoio ao governador Gladson Cameli, já foi bem prestigiado e se fortalece para disputa de deputado federal.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Com projeto pronto, construção do Anel Viário de Brasileia deve iniciar até março, diz Governador Gladson Cameli
Propaganda

Política Destaque

Se Gladson Cameli passar mais 4 anos como governador poderá ser o homem mais rico do Acre; em menos de 4 anos seu patrimônio cresceu 76%

Publicados

em

Ac24horas – O patrimônio do governador Gladson Cameli (PP), que busca a reeleição nas eleições deste ano, cresceu cerca de 76% nos últimos quatro anos. A informação consta no Portal DivulgaCand do Tribunal Superior Eleitoral que mostra os registros oficiais e contas eleitorais das eleições de 2022. A candidatura de Cameli e e da senadora Mailza como vice foi registrada nesta terça-feira, 9, no sistema eleitoral. O Progressista não realizou nenhum ato sobre o registro no Tribunal Regional Eleitoral.

De acordo com a lista de bens disponibilizada pelo candidato progressista, seu patrimônio totalizado em 2022 é de R$ 5,1 milhões (R$5.161.383,44). Nas eleições de 2018, quando concorreu pela cadeira de governador pela primeira vez, Cameli registrou R$ 2.9 milhões em bens e quando disputou o senado federal em 2014, seus bens eram avaliados em apenas R$ 514 mil.

De acordo com a lista de bens atualizados disponibilizadas pelo governador ao TSE, consta uma aeronave de R$ 1,5 milhões, dois carros de R$ 600 mil e R$ 449 mil, respectivamente, um terreno avaliado em R$ 600 mil e alíquota de empresas no valor de R$ 1 milhão. Esses são os itens mais caros declarados por Cameli.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Gladson Cameli passou mais de 25% do seu mandato fora do Acre; Cameli passou, 63 dias fora do Estado
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA