Política Destaque

Gladson não vai fazer a ponte de R. Alves porque a balsa que faz a travessia é do seu primo que recebe mais de 1 milhão do governo, diz Vereadora

Publicados

Política Destaque

Mesmo com a Balsa reformada, governo Cameli continua pagando aluguel feita pela empresa do primo – Foto: Reprodução / Arte Alemão Monteiro

Segundo denúncias da vereadora Terezinha Fernandes (PCdoB), mesmo com um contrato milionário a empresa que é responsável pela travessia de veículos e pedestres, não cumpre as normas definidas em cláusulas definida no referido contrato celebrado entre a empresa do primo do governador Gladson e o Deracre.

“Nós não entendemos é como o estado mandou reformar um Balsa do Deracre e continua mantendo os serviços de locação, uma vez que essa empresa vem nos dando dor de cabeça, não faz a travessia 24 horas como estipulado e tem menor capacidade de que a Balsa Deodato, que estar completamente restaurada. O governo gasta mais de 1 milhão com serviços particular e o serviço é degradante, será que é por ser o proprietário da Balsa primo do governador”? Indagou a vereadora.

O Decreto Estadual n° 049/2019, publicado no D.O.E. n° 12.466 em 08/01/2019, e de outro lado a empresa A. A. M. CAMELI – EPP, Pessoa Jurídica de Direito Privado, inscrita no CNPJ/MF sob o n°07.111.525/0001-43 e Inscrição Estadual n. 01.018.286/001-68, estabelecida na Avenida Joaquim Távora, n° 185, 1° Piso, Sala 01, Bairro Centro, CEP 69.980-000, Cruzeiro do Sul/AC, doravante denominada contrato, representada neste ato pelo Sr. Antônio Assem Melo Cameli.

Leia Também:  "Trabalhador em Educação que votar em Gladson é porque não tem vergonha”, diz diretora de escola

O valor exato do contrato é de: R$ 1.126.200,00 (um milhão, cento e vinte e seis mil e duzentos reais), celebrado entre o governo do Acre e a empresa do primo de Gladson Cameli (Progressista).

Em uma postagem nas redes sociais, a vereadora Terezinha aproveita para falar do silêncio de Gladson Cameli (PP), sobre a promessa da construção da Ponte sobre o rio Juruá, prometida por ele em campanha e que até aqui o mesmo permanece em silêncio.

“Cadê o governador que ia até Marte para construir a ponte de Rodrigues Alves?

Não houve até o momento nenhuma manifestação pública do governador Gladson Cameli a respeito da ponte de Rodrigues Alves. O seu silêncio preocupa porque demonstra falta de atenção, e de respeito também, com a população de Rodrigues Alves, no cumprimento desta que foi uma promessa sua de campanha. Não se trata de ansiedade. O tempo importa porque o prazo para apresentação no orçamento está cada vez mais perto de seu fim e não há qualquer sinalização de que a ponte de Rodrigues Alves seja incluída, justo quando no mesmo orçamento há outras três pontes incluídas. Esperamos que o governador que obteve tantos votos de nosso município, olhe com a atenção e o respeito que sua população merece”, descreveu a parlamentar.

Leia Também:  Escola do KM 26 está sem professores e transporte escolar, vereadora e Vice-governador fazem reunião para discutir o problema

Clique aqui e veja a Licitação da balsa de Rodrigues Alves, de mais de 1 milhão que beneficia a família do Governador

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: “Nós não podemos nos curvar diante disso [possível interferência de Bolsonaro no INEP]. Por isso que estamos tomando todas as medidas cabíveis para que o INEP seja preservado, sobretudo, a juventude brasileira, que precisa que o Enem seja realizado com muita lisura”, disse Leo de Brito durante entrevista coletiva, no salão verde da Câmara dos Deputados. A coletiva reuniu os líderes da oposição ao governo Bolsonaro para anunciar ações de proteção ao Enem, entre elas, o afastamento do presidente do INEP, acusado de assédio moral.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Página do Instagram 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política Destaque

Enquanto a diária do servidor público custa R$ 150 reais (diária miserável), a do Governador custa mais de R$ 1.700 reais, denuncia Daniel Zem

Publicados

em

“Gladson despreza a nossa história mas se apega às suas diárias”, afirma Daniel Zen

Acreinfoco – O deputado estadual Daniel Zen (PT-AC) comentou, em sessão ocorrida nesta terça-feira (05), na ALEAC, sobre o vandalismo praticado contra a estátua de Chico Mendes, localizada na Praça Povos da Floresta, no centro de Rio Branco, capital do Acre.

“Chico não é só Patrono do Meio Ambiente Brasileiro e Herói Nacional, com o nome inscrito no Livro dos Heróis da Pátria. Ele é um dos fundadores da Aliança dos Povos da Floresta, criador do conceito de sócio-ambientalismo. Seu legado transborda o Acre e o Brasil, pois sua luta teve, tem e terá importância mundial: ontem, hoje e sempre. O ataque à sua estátua – e o descaso do governo em reparar os respectivos danos – são ataques a tudo o que ele representa. Chico merece muito mais respeito!” afirmou o deputado de oposição ao governo bolsonarista de Gladson Cameli (PP-AC).

Zen ainda prosseguiu: “Enquanto o governo permite que a memória de um de nossos mártires seja violada, desprezando nossa cultura em uma tentativa insistente de reescrever a nossa história, o governador publica um decreto aumentando o valor de suas diárias para deslocamentos para fora do Estado para mais de R$ 1.400,00.”

Leia Também:  Manifesto Solidariedade: Não foi um ataque por divergências políticas, mas uma ofensa à honra da prefeita Socorro Neri

Entendendo se tratar de uma situação absurda e vexatória, o Líder do Partido dos Trabalhadores na ALEAC complementou: “Enquanto o trabalhador assalariado tem que escolher entre pagar a talão de luz, comprar a botija de gás ou adquirir uma cesta básica para dar de comer à sua família, uma única diária do governador equivale a mais de um salário mínimo. Com esse valor, dava pra consertar a estátua do Chico, devolvê-la para o seu lugar e, assim, demonstrar algum respeito pela memória dos acreanos”, concluiu o parlamentar

Veja o Vídeo:

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA