RIO BRANCO

Política Destaque

Vice-governador Rocha diz que o Acre escapou por pouco de operação da Polícia Federal que apura desviou de recursos da Saúde

Publicados

Política Destaque

O Vice-governador Wherles Rocha (PSL), disse que não foi dessa vez que a operação da Polícia Federal foi desencadeada no Acre, mas lembrou que já tem investigações em curso contra obras e aquisições superfaturadas durante a pandemia

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira (18) a segunda fase da ‘Operação SOS’, que investiga supostos desvios em contratos de organizações sociais para a gestão de hospitais públicos no Pará. Estão sendo cumpridos 95 mandados de busca e apreensão, 54 mandados de prisão temporária e seis de prisão preventiva no Pará e mais sete estados: São Paulo, Goiás, Ceará, Amazonas, Rio de Janeiro, Espírito Santo e Mato Grosso.

No Acre, diversos serviços foram contratados com dispensa de licitações, inclusive a construção de dois hospitais de campanhas, sendo um em Rio Branco e outro em Cruzeiro do Sul, este sob investigação da Justiça federal, por suspeita de ser superfatura.

Veja o que disse o vice-governador em sua página de uma rede social;

Hoje pela manhã, em oito Estados brasileiros, cerca de 400 policiais federais, servidores da Receita Federal e da Controladoria-Geral da União cumpriram 95 mandados de busca e apreensão, 54 mandados de prisão temporária e seis mandados de prisão preventiva expedidos pela 4ª Vara Federal Criminal nos estados do Pará, São Paulo, Goiás, Ceará, Amazonas, Rio de Janeiro, Espírito Santo e Mato Grosso.

Leia Também:  Gladson prometeu pagar rescisões de mais de 2 mil servidores, mas cinco meses depois ainda não cumpriu

A ação da Polícia Federal faz parte da Operação Reditus, segunda fase da Operação SOS, que combate o desvio de recursos públicos na área da saúde por meio da contratação de organizações sociais para gestão de hospitais públicos no Pará.

Aqui no Acre, com diversos indícios e suspeitas de irregularidades, como por exemplo a contratação da construção do hospital de campanha de Cruzeiro do Sul, que está sendo investigado pelo Ministério Público Federal por suposto superfaturamento, essa operação causou apreensão em muitos que temiam estar entre os alvos da investigação. Ainda não foi dessa vez, mas certamente a venda de remédios para dor de cabeça e para dormir devem aumentar muito nos próximos dias, finalizou Rocha.

Esta semana o governo anunciou a desativação dos dois hospitais de covid, tendo em vista que o estado quase zerou o número de mortes e as internações causadas por sintomas graves, diminuíram em todo estado.

E veja também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: O município de Bujari se Limita ao norte com o Amazonas, ao sul com o município de Rio Branco, a leste com o município de Porto Acre e a oeste com o município de Sena Madureira. Sua área é de 3.467,681 km², com uma densidade demográfica (hab/km²) de 3,00 , sendo que em 2010 possuía um IDHM de 0,589.

Leia Também:  "O prefeito Isaac Piyãko não serve nem para administrar um boteco de cachaça, muito menos uma prefeitura", diz vereador Atilon Pinheiro ao denunciar a situação da única quadra do município

O município de Bujari originou-se no início de 1968/1969, por remanescentes indígenas que se integraram a sociedade ali instalada, com a construção da BR 364, trecho Rio Branco/Sena Madureira. Povoado elevado à categoria de Vila, em 1986. Elevado à categoria de município e distrito com a denominação de Bujari, pela Lei Estadual nº 1031, de 28 de abril de 1992, alterado pela Lei Estadual nº 1066, de 9 de dezembro de 1992, que o desmembrou de Rio Branco, assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Política Destaque

“Os irmão traíra”: Acordos não cumpridos, mentiras, “trairagem”, rasteiras e decepções marcaram o Podcast com o ex-Prefeito Dêda

Publicados

em

Dêda diz que se tem uma coisa que não tira seu sono, é essa eleição do Tadeu Hassem – Foto: Destak News

Destak News – O ex-Prefeito Dêda, esposo da Deputada Maria Antônia, não poupou críticas a prefeita Fernanda Hassem diante das decepções políticas que sofreu com acordos não cumpridos pela chefe do executivo de Brasiléia.

Nandinha, uma forma carinhosa como a prefeita era chamada por Dêda, prova o carinho que o ex-prefeito mantinha quando se referia a Prefeita Fernanda.

Segundo o Dêda, veio apoiar a reeleição da Fernanda por acreditar que seria a melhor opção para o município de Brasiléia, Dêda trouxe em sua bagagem um salto de votação que sua esposa teve na eleição de 2014 para 2018, aumentando de 300 votos para aproximadamente 1300 votos em 2018, fora o trabalho social que o casal Dêda e Maria Antonia oferece aos acreanos que os procuram de janeiro a janeiro.

Próximo ao início das campanhas eleitorais de 2020, Fernanda teria procurado o casal e perguntado o que queriam em troca de seu apoio político, Dêda foi muito sincero e enfático ao dizer que apoio se paga com apoio e pediu apenas que Fernanda apoiasse a candidatura da Maria Antônia nas eleições de 2022, onde teve a concordância da prefeita que disse que se fosse somente isso que não se preocupariam, pois firmava ali a sua fidelidade política ao casal.

A amizade perdurou por toda a campanha, marcadas por visitas, almoços, simpatias recíprocas diante do acordo firmado. Veio a eleição e Fernanda se consagrou novamente prefeita, com expressiva votação diante de sua concorrente.

Como forma de agradecer o Dêda, além do compromisso de apoiar a Maria Antônia para deputada em 2022, Dêda Amorim ganhou mais um “combo”, duas secretarias ofertadas pela então reeleita “Nandinha”. Mas como política é uma caixinha de surpresa, o irmão da prefeita, secretário municipal de finanças do município, aparece em entrevista se declarando pré-candidato à deputado estadual para as eleições de 2022, contrariando todo o acordo firmado anteriormente.

Não bastando a decepção sofrida por Dêda, Fernanda e seu irmão Tadeu Hassem, também mantinham acordos com outro grupo político, “os Milani’s”, onde a Deputada Federal Vanda Milani e seu filho, secretário de Meio Ambiente, Israel Milani, começavam um novo capítulo político, que ia desde a tomada do Partido PROS, presidida no Estado por Dêda até alianças matrimoniais entre Israel Milani e a prefeita Fernanda Hassem.

E o Dêda? Haaaa o Dêda, já tinha me esquecido disso, nem o vento batia mais no ombro, Fernanda não atendia mais seus telefonemas e o plano de seu irmão de ser deputado só crescia.

Leia Também:  Prefeita Socorro Neri antecipa pagamento dos servidores para sexta de Carnaval

Diante de toda minha trajetória política, de todo o meu tempo político que eu tive na minha vida, eu nunca tive uma decepção tão grande quanto a que eu tive aqui em Brasiléia, diante do compromisso fechado entre a prefeita de Brasiléia e o nosso grupo político. Disse o ex-Prefeito Dêda.

As pessoas tinham razão, encontrei centenas de pessoas durante a campanha, enquanto pedia votos para a Nandinha que me falavam… – Ela vai te enganar. Todos falavam, eu era o único que não acreditava. Finalizou Dêda. Veja mais no Destak News  

Assistam a entrevista:

Veja o Vídeo Abaixo: O ex-prefeito de Rodrigues Alves, Dêda Amorim, apimentou a política local, falando de rasteiras políticas, compromissos não cumpridos pela prefeita e desafios eleitorais lançados para a próxima eleição.

Ainda muito decepcionado com a prefeita Fernanda Hassem e seu irmão Tadeu Hassem, Dêda não poupou palavras ao fazer um grande desabafo por tudo que acreditou e pela confiança traída dos “irmãos Hassem”.

Segundo Dêda Amorim, ele foi muito criticado pela imprensa do Juruá, quando retirou seu Trio Elétrico que estava em campanha para seu sobrinho em Rodrigues Alves, para deixar à disposição da campanha de reeleição da prefeita Fernanda Hassem em Brasiléia.

“Fui criticado, trouxe até um trio elétrico para Brasiléia, deixei à disposição da “Nandinha” e depois peguei uma tremenda de uma rasteira, mas estou de cabeça erguida, vou trazer novamente meu trio elétrico para este município em 2022, mas agora vai ser diferente, vou usá-lo para mostrar para a população quem realmente é essa prefeita e seu irmão”, disparou Dêda.

Quando perguntado a respeito da pré-candidatura de Tadeu Hassem para deputado estadual, Dêda disse que se atravessar a ponte para Epitaciolândia, ninguém mais conhece o Tadeu, até mesmo dentro de Brasiléia, muitas pessoas não o conhecem e a prefeita Fernanda vai ter muita porta trancada na cara quando for pedir voto para seu irmão.

“Tadeu candidato a deputado estadual, se atravessar a ponte aqui de Brasiléia, ninguém sabe mais quem é Tadeu, quem conhece o Tadeu em qualquer um outro município do estado? Muita gente de Brasiléia não conhece nem o Tadeu, primeiro que não atende o telefone e segundo não conversa com as pessoas, o que acontece se um ser humano desse, como secretário hoje, ele trata as pessoas da sua cidade desse jeito, imagina como deputado, uma pessoa que não atende o telefone nem dos vereadores, a prefeita não estou nem falando, que ela não atende o telefone nem do Presidente da República, ela vai encontrar em muitos lugares, em campanha para seu irmão, muitas portas serão fechadas na sua cara”, disse o ex-prefeito Dêda.

Leia Também:  Energisa atende solicitação do Legislativo e garantirá energia elétrica aos moradores da Vila Restauração

Para finalizar, Dêda diz que se tem uma coisa que não tira seu sono, é essa eleição do Tadeu Hassem.

“Se é uma coisa que eu não tenho medo, é da Maria Antonia perder essa eleição, a outra, é um desafio que eu faço aqui no município de Brasiléia, que a Maria Antônia não perde para o Tadeu em quantidade de votos, com todo o poderio que eles vão estar dentro de Brasileia, eu estou fazendo aqui um desafio, liso, sem dinheiro, sem estrutura para uma campanha, só acreditando em Deus e no nosso povo, no nosso trabalho que nós fazemos para o povo de Brasileia, a Maria Antônia vai ter mais votos do que o Tadeu”, desafiou Dêda.

E a “Nandinha”, como fica seu relacionamento com ela?

“Eu quero até aproveitar o teu programa, para fazer um pedido, sem mágoa, sem rancor, já passou a raiva, já passou tudo, mas eu queria só fazer um pedido, eu espero, que eu nunca esteja em um ambiente que a prefeita tenha a coragem de estender a mão para me cumprimentar, que eu não irei cumprimentá-la, pela decepção que eu passei com essa rasteira e pela decepção de somente eu, dentro de Brasiléia, acreditar que a Fernanda não ia me enganar”, finalizou. Veja mais no Destak News

Veja o Vídeo:

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Vereadora Neiva Badotti solicita do secretário de Ação Social providências sobre as crianças Haitianos que fica na ponte todo os dias pedindo dinheiro, e que o Poder Público proporcione dignidade para essas crianças. Neiva solicita também que seja encaminhado um oficio para a gerente do hospital para saber se chegou algum saco funerário doado pela prefeitura, comprado com o dinheiro do covid, e que solicita que seja agendado novamente a reunião com a secretaria de segurança pública do estado, para se tratar sobre o IML, pois a mais de 20 anos o problema se arrasta e até o momento nada foi resolvido.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Página do Instagram 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA