Política Destaque

Enquanto o Casal Bittar mostra força ao indicar Márcia como vice, aliados lançam movimento em defesa da indicação de Rômulo Grandidier

Publicados

Política Destaque

O clima está tenso no ambiente do Palácio Rio Branco e arredores, e pelo visto, vai ser difícil para o Governador Gladson Cameli juntar o balaio de gatos entorno de si, pois os grupos estão descontentes com Marcia ocupando a vaga de vice.

A notícia de que está confirmado o nome de Márcia Bittar (PL) como vice na chapa de Gladson, causou uma revolta dentre aliados que esperavam Alysson Bestene ou Rômulo Grandidier para fazer parte da chapa progressistas.

Enquanto Márcio Bittar fez os aliados engolir a seco o nome de sua esposa, um grupo de militantes do PP levanta o movimento,’ Queremos Rômulo Grandidier’. Se vai ter reviravolta não se sabe, mas que o Governador e seus assessores terão trabalho para pacificar a situação, isso é fato!

A disposição de Gladson em escolher o nome com maior rejeição neste processo eleitoral, como o de Márcia Bittar (que em cada declaração que faz gera polêmica por se tratar de uma pessoas extremamente despreparada), demonstra uma certa confiança que Gladson, com todos os escândalos em seu governo, têm em relação a possível vitória.

Leia Também:  Ignorando a confusão que rodeia o Progressista, Bocalon segue pré-campanha e faz agenda de visitas na Capital Rio Branco

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política Destaque

Se Gladson Cameli passar mais 4 anos como governador poderá ser o homem mais rico do Acre; em menos de 4 anos seu patrimônio cresceu 76%

Publicados

em

Ac24horas – O patrimônio do governador Gladson Cameli (PP), que busca a reeleição nas eleições deste ano, cresceu cerca de 76% nos últimos quatro anos. A informação consta no Portal DivulgaCand do Tribunal Superior Eleitoral que mostra os registros oficiais e contas eleitorais das eleições de 2022. A candidatura de Cameli e e da senadora Mailza como vice foi registrada nesta terça-feira, 9, no sistema eleitoral. O Progressista não realizou nenhum ato sobre o registro no Tribunal Regional Eleitoral.

De acordo com a lista de bens disponibilizada pelo candidato progressista, seu patrimônio totalizado em 2022 é de R$ 5,1 milhões (R$5.161.383,44). Nas eleições de 2018, quando concorreu pela cadeira de governador pela primeira vez, Cameli registrou R$ 2.9 milhões em bens e quando disputou o senado federal em 2014, seus bens eram avaliados em apenas R$ 514 mil.

De acordo com a lista de bens atualizados disponibilizadas pelo governador ao TSE, consta uma aeronave de R$ 1,5 milhões, dois carros de R$ 600 mil e R$ 449 mil, respectivamente, um terreno avaliado em R$ 600 mil e alíquota de empresas no valor de R$ 1 milhão. Esses são os itens mais caros declarados por Cameli.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Senador Marcio Bittar esquece o Acre e destina R$ 10 milhões de emenda para prefeitura de Miracatu, em São Paulo
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA