RIO BRANCO

Política Destaque

Deputado Edvaldo Magalhães diz que privatização da água já é uma realidade no Acre e afirma: “vai ter resistência”

Publicados

Política Destaque

O deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) falou a respeito da privatização do sistema de saneamento básico no Acre. Ele alertou que o processo de privatização já se iniciou em Feijó. Um projeto de lei de autoria do prefeito Kiefer Cavalcante foi enviado à Câmara autorizando à privatização do serviço de saneamento, hoje executado pelo Depasa.

A autorização que existia anteriormente era para o Estado. A Câmara de Vereadores de Feijó será a primeira no Acre. São os vereadores que vão colocar a cara à tapa. Aqui tem um gato. A grande empresa que vai explorar os serviços está de olho em Rio Branco e Cruzeiro do Sul. Os demais municípios são deficitários”, alertou o parlamentar para o risco da precarização dos serviços nos municípios menores.

Edvaldo Magalhães disse que o governador Gladson Cameli (Progressistas) já tomou a decisão dele, de iniciar esse processo de privatização. Ele lembrou que haverá resistência.

“Vão explorar as duas grandes praças. O poder público fez todos os investimentos e agora entrega o filé. Ligaram o trator para antes do final do ano aprovarem. Vai ter resistência lá em Feijó. O povo ainda está com o preço da Energisa ainda fresquinho. O marco regulatório ainda não está aprovado ainda e o prefeito de Feijó já mandou autorizar”, disse o deputado.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Ex-deputado do Amapá preso acusado de intermediar esquema de propinas ocupa cargo no gabinete de Petecão

Propaganda

Política Destaque

Conselheiro Tutelar diz que estão perseguindo Bocalom para desviar os desvios no governo Cameli e que estão pagando R$ 100 reais, para alguns bater no prefeito

Publicados

em

O Conselheiro Tutelar Ari Oliveira, usou uma postagem em um grupo de debates no whatsapp bem movimentado para criticar o excesso de críticas contra o prefeito Tião Bocalom (Progressista).

O mesmo ainda disse que ficou sabendo que um grupo de políticos estariam pagando R$100 para populares detonar Bocalom e sua gestão nas redes sociais.

Na sua mensagem o Conselheiro supõe que, as críticas contra o prefeito são para tirar o foco dos últimos escândalos envolvendo membros da cúpula do governo Gladson Cameli (PP), pois Bocalom tem apenas um ano de mandato e não tem como resolver todos os problemas da cidade em tão pouco tempo.

“Rapaz já virou bagunça, aliás virou caso de perseguição o que estão fazendo com prefeito. Ontem mesmo falei com um rapaz aí em RBO e disse que teve político oferecendo 100 reais para os moradores detonar o Prefeito em vídeo. Tá feio já. Prefeito tem 4 anos de mandato. Eu fico perguntando pq até agora nenhum jornal foi até a fundo para descobrir de onde saiu tanto dinheiro desviado na operação Ptolomeu ou como funciona o esquema dos precatórios. Porque estão tão calados? Bocalom pode até aqui ainda não ter acertado o compasso da gestão, mas já virou caso de perseguição e isso é ridículo. Eu tenho as minhas críticas em relação a gestao, mas o que estão fazendo já passou dos limites. Qual foi o prefeito que mudou tudo em RB? Qual Prefeito melhorou a vida das pessoas da noite para o dia?”, Indagou Ari.

Leia Também:  Cadê a água Gladson? Moradores do bairro Nossa Senhora das Graças realizam protesto devido à falta de água

Nas redes sociais o clima entre militantes do palácio Rio Branco e da prefeitura municipal é de guerra, inclusive foi motivo de um alerta por parte de um vereador do PP esta semana.

O pano de fundo dessa briga é o reflexo da eleição de 2020 e o que vai ser 2022, quando parte do PP estará com Gladson Cameli, enquanto a outra com Sérgio Petecao (PSD).

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Em meio a maior crise do sistema de transporte coletivo dos últimos tempos, a população de Rio Branco vive um dilema e acorda todo dia sem saber se terá ônibus passando em sua região. O prefeito Tião Bocalom tentou amenizar o problema repassando R$ 2 milhões e quatrocentos mil para as empresas quitar os débitos com empregados, acordo não cumprido e que foi um dos motivos para a intervenção no setor.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Leia Também:  Deputado Nicolau Júnior destaca importância das empresas durante Primeiro Seminário das Associações Comerciais do Juruá

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA