Política Destaque

Depois de passar o mandato fazendo oposição a Cameli, Duarte vai se filiar ao Republicanos e apoiar Gladson

Publicados

Política Destaque

O deputado Roberto Duarte anunciou sua saída do MDB, partido pelo qual se elegeu vereador em 2016 e posteriormente deputado em 2018. O destino do mesmo já foi traçado, devendo ele se filiar em um dos partidos controlados pelo casal Márcia Bittar e o senador Márcio Bittar.

Roberto Duarte terá dificuldades para explicar ao eleitor acreano, como passou o governo todinho reprovando as ações do governador Gladson Cameli (Progressista) e depois decidir apoiar sua reeleição.

O Deputado Federal Flaviano Melo, que preside o MDB no Acre, não gostou da postura de Roberto Duarte e cobra uma chapa competitiva, mas que como presidente da executiva municipal e não fez esforço algum para trazer quadros para fortalecer o glorioso MDB.

Os bastidores da política estão fervendo e é chegada a hora de separar quem tem mais poder de articulação, dos que blefaram na ALEAC a eleição inteira.

E Veja Também no 3 de Julho – Acre 24 Horas

Veja o Vídeo Abaixo: Em apoio às reivindicações dos servidores da Educação, Saúde e Segurança do Estado. Leo de Brito anunciou que entrou com uma ação popular, na Justiça Federal, para que o governador Gladson Cameli restitua aos cofres públicos os R$ 800 milhões que a Polícia Federal, por meio da Operação Ptolomeu, apontou que foram desviados. 

Leia Também:  Pelas declarações de Cameli, seu vice a reeleição deve ser Rômulo Grandidier ou Alysson Bestene

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página: Facebook 3 de Julho Notíci

Portal: 3dejulho.com.br Rio de Janeiro

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política Destaque

Gladson Cameli e assessores estão em Brasília na tentativa de rifar Mailza Gomes de vez do jogo, a estratégia até aqui deu errado

Publicados

em

O governador Gladson Cameli (PP) e vários assessores próximos, estão em Brasília para uma maratona de reuniões e conversas que afunile na formação da chapa majoritária que disputará a reeleição do atual governo.

Acompanhado do deputado estadual José Bestene, do secretário da Casa Civil Jhonatan Donadoni, dos assessores Lívio Veras, Rômulo Grandidier e Alysson Bestene, segundo informações repassada ao portal 3 de Julho, Gladson Cameli tenta chegar a um entendimento com os postulantes a vaga de senado e vice na sua chapa.

A confusão está posta, pois ao menos dois nomes na briga pela vice e três pela pela a vaga de senado.

Rômulo Grandidier e Alysson Bestene duelam ferrenhamente para saber quem agrada mais o governador e assim compor na vice, já Mailza Gomes, Márcia Bittar e Alan Rick, fazem o “Duelo de Titãs” para saber quem será o escolhido na disputa de senado para enfrentar Vanda Milane e o ex-senador Jorge Viana.

Não será fácil fazer o casal Bittar desistir de empurrar Márcia na disputa, por outro lado, Gladson se agrada mais de Alan Rick. Outro obstáculos grande é convencer a senadora Mailza Gomes, que está no mandato e preside o Progressista.

Leia Também:  Vice-governador Rocha retorna ao Acre e promete continuar lutando contra a corrupção no governo Gladson Cameli

A operação tira Mailza não funciona e segundo informações vem deixando Gladson Cameli enfurecido. O clima é de guerra, vai se salvar quem tiver mais poder político e pelo jeito a senadora Mailza Gomes tem de sobra.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA