Política Destaque

Cuidando de quem mais precisa: Prefeitura de Guajará adquire Ambulância para reforçar assistência hospitalar do município

Publicados

Política Destaque

Com recursos do fundo municipal de saúde na ordem de R$ 176.039,00 a secretaria municipal de saúde adquiriu uma Ambulância Tipo Pick-UP para o hospital João Barbosa

Semi UTI, o carro é 4X4 e todo equipado, dando uma melhor qualidade para fazer um atendimento inclusive em uma comunidade de mais difícil acesso.

O secretário municipal de saúde Bráz Melo, falou dos desafios de melhorar a estrutura de saúde de Guajará e ressalta os feitos da gestão Ordean e Adaildo nos últimos anos.

Em dezembro do ano de 2019, o prefeito Ordean esteve em Manaus e em um encontro com o deputado Cabo Maciel, saiu de lá com a garantia da emenda que viabilizou aquisição da mesma.

“Mudamos a realidade da atenção básica da saúde em Guajrará, essa ambulância zero km foi fruto do empenho e compromisso de nossa gestão. De agora em diante as pessoas que precisam de suporte para remoção de uma comunidade mais distante, até as unidades hospitalares, sejam no hospital municipal ou até mesmo para o Regional do Juruá, estes terão um apoio digno por porte da secretaria de saúde”, disse o gestor.

Leia Também:  Prefeita Fernanda Hassem e Procurador são denunciados no MP por Improbidade Administrativa

As ações de saúde vem sendo um dos destaques da administração municipal, que vem trazendo atendimento itinerante, cirurgias e trabalho de combate ao COVID-19 destacado na região.

Na semana passada, alguns opositores da administração municipal tentaram fazer politicagem com a compra da ambulância. Com matérias plantadas afirmavam que a prefeitura teria pago por um veículo que não recebeu, mesmo eles sabendo das dificuldades logísticas neste período do ano. Com a moderna ambulância no pátio do Hospital João Barbosa, estes que vivem de propagar mentiras, ficam como os que estavam faltando com a verdade.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Política Destaque

Vereador Ronaldo Reis denuncia trabalho mal feito pelo governador Gladson Cameli realizado na escola Dom Pedro, na BR-364, em Feijó

Publicados

em

A Escola Dom Pedro I localizada no quilômetro cinquenta e sete da BR-364 no município de Feijó, está abandonada pelo governo do estado, diz vereador Ronaldo Reis.

Segundo informações as reformas que foram realizadas foram apenas pra camuflar, já que o trabalho realizado foi mal feito.

“As salas são pequenas e não comporta de maneira adequada a quantidade de alunos. Desde 2020 que encaminhamos ofícios informando que a escola não tem condição de receber alunos, um mês após as reformas, alguns lugares estão caindo, quebrando”. Informou o denunciante ao blog.

Em 2021 uma empresa foi fazer a reforma, mas antes de concluir, fizeram uma pausa para voltar depois, e não voltaram, segundo informações.

“Vem sempre pessoas da secretaria, mas apenas tiraram fotos e vão embora e não resolve nada”. Lamenta uma moradora.

“O ano letivo já deveria ter começado, mas o descaso do poder público com a situação é tão grande, que depois de dois anos e meio sem aula. A evasão, desistência e transferência são vivenciadas todos os dias”. Relata a comunidade escolar.

Leia Também:  "Mamando no Governo": Casal de Manaus troca a vida de empresários por cargos comissionados no governo Cameli

“Tenho vergonha, como gestor escolar de participar desse descompromisso do poder público molha dentro da escola porque a cobertura foi iniciada, mas não foi terminada, os banheiros não funcionam,  não tem banheiros para cadeirante, precisa-se de vigias porque já houve roubo e é perigoso deixar os computadores,  impressoras e etc., porteiro,  secretaria (o), auxiliar escolar,  mais um servente”. Destacou os profissionais em educação da escola.

Desde 2018 que a gestão da escola solicita a organização da energia, pois o transformador é pra escola e outras casas, e até agora nada foi feito.

A própria comunidade começou um abaixo assinado para ver se muda a situação da escola, mais até o momento continuam desamparados pelo governo do estado.

“Esse é o retrato do governo de Gladson Cameli em Feijó, juntamente com o deputado Marcus Cavalcante, já que o núcleo de educação foi entregue a ele para acomodar seus pares, um descaso com a educação.” Destacou o vereador Ronaldo Reis.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA