RIO BRANCO

Política Destaque

Cadê o dinheiro que estava aqui? O Desprezo do governo Gladson Cameli com as escolas estaduais que estão sem merenda para retorno das aulas presenciais

Publicados

Política Destaque

Pelas trapalhadas da equipe gestora de educação no governo Gladson Cameli (PP), o retorno do ano letivo será maior trapalhada dos últimos anos no Acre. Falta merenda, falta estrutura nas escolas do Acre.

Diretores estão revoltados de Marechal Thaumaturgo a Mâncio Lima, com o desprezo que o governo Gladson Cameli, com relação a situação da maioria das escolas estaduais.

Foram quase dois anos sem aulas presenciais, tempo suficiente para a equipe da SEE se programar, adquirir equipamentos de segurança e adaptar as unidades. Acontece que apenas as escolas mais centrais e com visibilidade foram reformadas, algumas ainda estão em obra e sequer se sabe quando reiniciará as aulas.

Outro motivo que carece apuração dos órgãos de controle é a falta de merenda escolar. Foram economizados recursos por quase dois anos, afinal o estado sequer forneceu cestas básicas as famílias dos estudantes, como deveria ter feito.

Com medo de retaliação a maioria dos diretores se calam, ao mesmo tempo que deixam de se unir e cobrar ação urgente da Secretaria de Educação frente aos problemas. Como iniciar as aulas sem merenda? Por que tanto tempo economizando não se prepararam para compra dos itens e enviar para as escolas.

Leia Também:  Fora de operação: Portal Transparência do Acre ainda não recebeu atualizações em 2021        

Outra situação que vai dar dor de cabeça aos gestores, diz respeito ao fardamento escolar. A medida dos alunos foi tirada em 2019 e só agora mandaram fazer os conjuntos. A certeza é que dificilmente essas fardas irão dar certo e um transtorno a vista está anunciado.

Veja o Vídeo:

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Contrário a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 32, que trata da reforma administrativa, o deputado Leo de Brito garantiu, em discurso durante sessão da Comissão Especial da Câmara, que votará e seguirá trabalhando para que a PEC não seja aprovada na sessão prevista. “Essa reforma administrativa, não serve ao Brasil. Atinge servidores e, principalmente, tira o sonho de milhares de jovens que almejam fazer concurso público porque essa proposta privilegia o trabalho temporário e a privatização do serviço público”.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Página do Instagram 3 de Julho Noticias

Leia Também:  Prefeitura de Rodrigues Alves realiza confraternização para dar as boas vindas a nova secretária do CRAS, Márcia Queiroz

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Política Destaque

Se Gladson mudar de local a maternidade de Tarauacá, nós retornaremos disse Jenilson Leite, pré-candidato ao governo do Acre

Publicados

em

Na sessão desta terça-feira, 26, o deputado estadual e médico Jenilson Leite (PSB), declarou que caso o governador Gladson Cameli conclua a transferência da Maternidade Ethel Muriel Guedes, localizada no centro da cidade, para o Hospital Dr. Sansão Gomes, distante 2 km do centro, ele retornará com a maternidade para o centro e construirá um prédio novo.

Jenilson que é pré-candidato ao governo do Acre e presidente em exercício, recebeu na Casa, junto com outros deputados, uma comitiva de 8 vereadores do município, onde eles pedem apoio aos deputados para que essa transferência não seja feita, “Nós recebemos estes vereadores, pois eles estão trazendo uma demanda da população que decidiu pela não mudança do maternidade para o hospital”, disse.

“Grande parte das pessoas que são atendidas ficam nos bairros mais simples e perto da maternidade e levando a unidade para perto do hospital vai causar transtorno, devido o acesso pelas ruas esburacadas, por isso deixamos claro que caso o governador Gladson tire a Maternidade Ethel Muriel Guedes de onde ela está e não devolva para um prédio novo no mesmo local, nós devolveremos quando nós assumirmos o Governo do Acre”, disse Jenilson.

Leia Também:  Exclusivo: Com alta demanda, distribuidora alerta para falta de oxigênio no Acre em 15 dias e governo diz que tem plano

Estiveram reunidos os vereadores Arife Rego, Manoel Monteiro, Zé Prego, Irmão Carlinhos, Gleiciane, Pedro Claver, Dikin e Veinha do Valmar. Os vereadores trazem em mãos um abaixo-assinado, onde já entregaram na Casa Civil e Secretaria de Saúde.

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Vereadora Neiva Badotti – “Não me manda recado, mais! Este tipo de recado é de quem deve, é de quem está com medo, eu vou continuar fiscalizando, denunciando doa a quem doer. Eu tenho certeza que essas denuncias não vão passar despercebidas, eu confio plenamente no Poder Judiciário na Policia Federal que não vão usar dois pesos e duas medidas para ninguém. Ninguém está acima da Lei, nem a senhora prefeita, nem o Governo do Estado e nem o presidente da República interfere na PF, não me mande mais recado!!”, concluiu a parlamentar.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Página do Instagram 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Leia Também:  Prefeitura de Rodrigues Alves realiza confraternização para dar as boas vindas a nova secretária do CRAS, Márcia Queiroz

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA