RIO BRANCO

Política Destaque

Barril de Pólvora nos Presídios do Acre: Gladson não paga empresas que fornecem alimentação para os presídios e detentos podem ficar sem refeição

Publicados

Política Destaque

Um servidor do sistema penitenciário do Acre, que não quis se identificar por motivo de represália, procurou a redação do site 3 de Julho Notícias para denunciar mais um desmando do atual governo, desta vez trata-se de um problema que pode se agravar no sistema prisional do estado.

A aprovação da Polícia Penal com o apoio do governo pela Assembléia Legislativa do Acre, a retirada do efetivo da Polícia Militar que auxiliava na guarda externa dos presídios de todo estado, as 30 mortes em 18 dias por execução e a recente fuga em massa de presos perigosos do maior presídio do Acre colocam em xeque todo o sistema de segurança.

Além de frisar que o governo tem o fato da imprudência com o uso do helicóptero Harpa 1 do governo que dava suporte às forças policiais nas mais diversas operações desencadeadas para combater a criminalidade e agora que a aeronave foi parcialmente destruída em um acidente de trânsito tudo ficou mais difícil. 

“Mas o pior está por vir”, diz uma fonte ligada ao setor penitenciário que não quis se identificar.

Leia Também:  Prefeito Kiefer Cavalcante pode ser denunciado no Ministério Público se for comprovado que houve desvio dos sacolões das famílias alagadas de Feijó

Trata-se do atraso no pagamento das empresas que fornecem refeições para os presos de todo o estado e que, segundo informações, o Governador Gladson Cameli não tem dado a devida atenção para esta situação.

A fonte relata que a empresa que fornece refeições para a Unidade Prisional Francisco de Oliveira Conde está dois meses da gestão passada sem receber, e quatro meses do governo de Gladson sem receber, totalizando seis meses de pagamento atrasado.

O fato é que, segundo informações repassadas ao 3 de Julho, pode faltar comida para cerca de quase 7 mil detentos em todo o estado (4 mil em Rio Branco), pois as empresas que foram contratadas para o fornecimento da alimentação estão algumas com mais de seis meses sem receber.

“Não tem quem aguente!! O contrato da empresa de Rio Branco é provisório e a nova licitação vai acontecer no início do próximo mês. Se uma empresa dessa deixar de fornecer um dia a alimentação, isso aqui explode e poderemos ver desdobramentos inigualáveis em todo Brasil”, disse.

Leia Também:  Deputado Jenilson Leite afirma que 50% do pronunciamento do Deputado Gehlen Diniz é fake News

Informações dão conta de que consta tentativa de direcionamento de assessores próximos ao núcleo do poder para que essa licitação seja vencida por uma empresa de fora com o apoio de políticos sem mandatos.

O fato é que as empresas que fornecem refeições para todos os presídios do estado não sabem até quando vão conseguir dar continuidade na entrega das comidas sem receberem, pois a informação que se tem é de que os fornecedores não estão querendo disponibilizar os produtos para as empresas, devido o atraso, e a fama do governo de Gladson Cameli na praça é de que o governo não costuma honrar seus compromissos.

A redação deste site de Notícias tentou entrar em contato com secretário de segurança pública do estado, Paulo César, através do Contato: (68)9998X-X245, mas até a publicação desta matéria não obtivemos êxito. O site 3 de julho está de olho, acompanhando passo a passo todo o processo em curso.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Política Destaque

Após denúncias de irregularidades, Zeladoria suspende licitação da iluminação pública de Rio Branco

Publicados

em

A Secretaria Municipal de Zeladoria da Cidade – SMZC, publicou no Diário Oficial do Estado – DOE, na edição nº. 13.171, fls. 128, um Aviso de Suspensão da licitação prevista para a iluminação pública.

No Aviso de Suspensão, o secretário municipal, Joabe Lira, não detalhou os motivos da suspensão do processo licitatório. Segundo o comunicado, a suspensão da abertura do certame, foi em virtude de “impugnações ao instrumento convocatório, sem resposta em tempo hábil”.

O objeto da licitação que seria realizada consistia na “contratação de empresa de engenharia especializada na Elaboração de Diagnóstico Energético e Projeto de Luminotécnico para expansão, Eficientização e Modernização de todo Parque de Iluminação Pública no Munícipio de Rio Branco- AC”, diz trecho do comunicado.

Esta semana, o site divulgou a denúncia apresentada pelo vereador Fábio Araújo (PDT) na Câmara de Vereadores. A denúncia tramita no Ministério Público do Acre, onde a Procuradora-Geral de Justiça, Kátia Rejane de Araújo Rodrigues, em despacho, destacou que “Analisando a documentação coligida, extrai-se que os fatos narrados indicam supostos atos de improbidade e outras irregularidades administrativas perpetradas no âmbito do DIP, e DOP, ambos órgãos integrantes da SMZC”.

Leia Também:  Em reunião com ministro-chefe da Secretaria de Governo, Deputada Perpétua pede agência móvel da Caixa em Porto Walter para pagamento de auxílio

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Muitas são as dúvidas, e eu esclareço algumas. Quem tem direito a receber o abono pago com a sobra do recurso do Fundeb, anunciado pelo Governo do Acre? Uma grande manifestação foi realizada durante todo dia pela manhã em frente à casa civil e a tarde na sede da PGE – Procuradoria Geral do Estado.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA