Política Destaque

Após 3 anos sem dar a mínima, de uma hora para outra Gladson Cameli flerta com líderes comunitários de Rio Branco

Publicados

Política Destaque

As eleições estão chegando e com ela o comportamento de muitos políticos vem se diferenciando. Prova disso foi o governador Gladson Cameli que de uma hora para outra resolveu fazer uma média com o movimento comunitário de Rio Branco.

No dia em que marca as comemorações do dia do Líder Comunitário no Acre, o governador esteve com dirigentes da UMARB – União Municipal das Associações de Moradores de Rio Branco e entregou a reforma de um espaço onde funcionará a sede da entidade. Em sua fala, Gladson convidou os presidentes de bairros para uma visita no Palácio Rio Branco na parte da tarde.

A penas 30 líderes comunitários participam do encontro no Palácio, que mais pareceu um lanche da tarde com Gladson Cameli e alguns secretários.

Estranha-se ver o governo que ficou três anos sem dar confiança a esse segmento, se propor a ouvi-los já no último ano de mandato.

Um dos participantes da reunião nos informou que, durante a reunião o governador só falou coisas sem fundamentos que praticidade quis fazer um agrado para conquistar apoio para sua campanha.

Leia Também:  Prefeito Zequinha se reúne com Presidente da Fieac e discute sobre setor industrial e comercial

“Ele quer apoio para eleição, porque estão nos ouvindo somente agora? O Marcos Alexandre quando era prefeito agente tinha acesso a prefeitura o ano todo, um tratamento digno de quem respeita, o golpe tá aí, cai quem quer”, finalizou.

Na secretaria de governo, um grupo de presidentes nomeados em CEC’s, atuam para tentar montar um exército de apoiadores do governador nas eleições deste ano.

E Veja Também no 3 de Julho Notícias – Acre 24 Horas

Veja o Vídeo Abaixo: Os servidores da Educação do estado estão revoltados, com tanto descaso do governo Gladson Cameli com a maior categoria do Acre. Os servidores liderados pelo Sinteac, alegam que o governo descumpriu acordo judicial firmado com a categoria e que só iniciam o ano que vem tiver cumprimento do que foi acordado. Os servidores estiveram mais uma vez na frente da casa Civil e manifestaram sua insatisfação com Gladson Cameli.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Leia Também:  Um ano de Cameli no fundo do poço: Gladson retorna as baterias de ataque contra os servidores públicos

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política Destaque

Quase chorando em grupo de whatsapp, Gladson pede para aliados pararem de qualquer opinião sobre vice porque está lhe prejudicando

Publicados

em

Em se tratando de Marcia Bittar, é problema na certa! Prova disso é a insatisfação do grupo do governador, que se dividiu após Gladson aceitar Marcia como sua vice, ocasião em quê, a angústia e desespero está tomando conta do despreparado governador do Acre que vem tendo muitos problemas por ter aceitado a referida senhora de goela abaixo.

Em um grupo de whatsapp dos aliados do Governador Cameli, denominado de “Primeiro Turno”, diante de tantas críticas, Gladson apelou e publicou uma mensagem nada agradável onde em tom de lamentações pede para que aliados pararem de qualquer opinião sobre vice porque está lhe prejudicando e pede união.

Na mensagem, Gladson ainda garante que até o último dia de seu mandato como governador, todos estarão seguro; difícil de se acreditar pois o que Cameli diz, não se escreve.

“Amigos vcs parem de qualquer opinião sobre vice pq isso está me prejudicando por favor se concentrar em fazer um trabalho de unir todo mundo. Depois não chorem o leite derramando, garanto que até 31 de dezembro todos estão seguro. Pergunta: Querem mais 4 anos? Se sim vamos agir”.

Leia Também:  Editorial: A manicure candidata a vereadora da cidade de Jordão, que deu uma lição de caráter no deputado Fagner Calegário

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA