RIO BRANCO

Política Destaque

Abono: Não é presente de natal nem bondade, é a necessidade do governo investir para não ter as contas reprovadas

Publicados

Política Destaque

O anúncio de um abono de cerca de R$ 16 mil para os professores neste fim de ano, provocou novo mal estar entre o governo do estado e os trabalhadores que ficaram fora da lista dos beneficiários.

O abono que será concedido com restos do Fundeb (dinheiro que deixou de ser gasto com manutenção, merenda, dentre outros, porque as escolas ficaram sem aulas presenciais), foi anunciado exclusivamente para professores, deixando o restante dos trabalhadores em Educação fora do benefício, entre eles, os professores assistentes. Só em Rio Branco atuam cerca de mil professores assistentes.

Segundo o Acre in Focos os trabalhadores se mobilizaram, criaram grupos no whatsapp e realizaram manifestações, inclusive com interrupção do tráfego no centro da cidade. Eles bloquearam a Av. Brasil, no Centro da Capital, em frente a sede da Casa Civil, exigindo serem inseridos no pacote do benefício.

A confusão acontece no momento em que a Assembleia Legislativa está sem sessões porque a maioria dos deputados está em Campo Grande- Mato grosso do Sul, em um congresso da Unale (União dos Legislativos Estaduais).

O deputado Daniel Zen (PT), um dos poucos que permaneceu em Rio Branco, gravou um vídeo que postou em sua página no Facebook, explicando quem tem direito ao abono. Zen já foi Secretário de Educação e fala com experiência da função.

Leia Também:  Prefeito Ordean Silva foi beneficiado com mais de 1300 votos de Cruzeiro do Sul através do Chefe do Cartório eleitoral que é denunciado na Polícia Federal

Veja o Vídeo:

Já o professor Cláudio Ezequiel, que já foi presidente do Sinteac e Secretário Municipal de Administração, foi contundente em seu post.

“Não existe bondade muito menos presente é OBRIGAÇÃO. Na verdade o que tem é muita cobrança por parte dos sindicatos dos professores e funcionários administrativos de escola e dos parlamentares Daniel Zen e Edvaldo Magalhães.

Que afirmam que essa grana deveria ter sido paga há muito tempo e só estão fazendo isso agora porque não conseguiram mais esconder as informações do caixa que existe. Tem algumas situações que precisamos comprender:

Primeiro, com o novo FUNDEB houve um aumento nos repasses constitucionais para a educação. Segundo, com as escolas paralisadas devido a pandemia não houve despesa com manutenção e merenda e outros serviços. Terceiro as inúmeras pressões da nossa categoria por melhorias salariais. Desta forma, se não dessem o abono o governo não cumpriria a obrigatoriedade de investir os 25% na educação e sem o cumprimento dessa obrigatoriedade constitucional o governo não aprovaria suas contas no TCE.

Leia Também:  Gladson Cameli participa da posse de Ribamar Trindade no cargo de conselheiro do TCE

E tem mais, isso é somente deste ano, porque o do ano passado o gato comeu”.

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: O presidente Jair Bolsonaro disse que vai prorrogar por mais dois anos a desoneração da folha de pagamento das empresas de 17 setores. “Resolvemos prorrogar por mais dois anos a desoneração da folha. Isso tem a ver com manutenção de emprego. Quem se eleger em 2022 vai ter 2023 todinho para resolver essa questão”, disse em um evento no Palácio do Planalto.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Página do Instagram 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política Destaque

Colapso do Sistema Penitenciário Acreano e a inércia do Governo Gladson: Asspen convoca todos os Policiais Penais para Assembleia Geral

Publicados

em

No Governo de Gladson Cameli não basta o impasse entre policiais penais, servidores Técnicos Administrativos do IAPEN AC, além das já inúmeras mazelas do sistema prisional acreano e brasileiro, super lotação, morosidade do sistema penal etc… sem tem um problema novo.

Após mais de 14 anos do último concurso público realizado em 2007, para minimizar os impactos desses longos anos de vacância, fora realizado um Processo Seletivo Simplificado, onde foram contratados 130 Agentes Penitenciários Temporários, agora Policiais Penais Temporários.

Porém um grande problema bate as portas, pois no dia 22/12/2021 o contrato deles se encerra, até o presente momento nem o governador Glasdson Cameli e sua gestão se manifestaram sobre o assunto. O mais próximo foi o Ministério Público que solicita um novo concurso público em caráter de urgência para que supra a necessidade do sistema.

Raciocínio Lógico Matemático Analítico (RLMA), se com a simples paralisação de parte dos Policiais Penais, de realizar o BH (Banco de Horas), já deu esses grandes problemas: Visitantes fechando estradas, ruas, avenidas em várias cidades e inclusive rebelião em Cruzeiro do Sul, fuga no presídio de Rio Branco, imagina como será após o fim do contrato dos 130 Policiais Penais Temporários?

Leia Também:  Vereador Célio Nogueira denuncia o Prefeito Bené Damasceno por abandonar ambulância em Rio Branco

Se atualmente a Classe já enfrenta dificuldades devido o baixo número de agentes, é notório que com 130 a menos a situação passa a ser gravíssima, mas o governo do Estado teve e tem a oportunidade de evitar este colapso no sistema penitenciário do Acre, mas se nada for feito será por pura falta de vontade de evitar problemas, ou seja, é chamar mais problemas para a gestão pública.

Visando o desastre iminente, a Associação dos Servidores do Sistema Penitenciário do Acre convocou todos os Policiais Penais do estado para uma Assembleia Geral Extraordinária. veja a baixo.

Convocação: Assembleia Geral Asspen

A Associação dos Servidores do Sistema Penitenciário do Acre (Asspen) convoca a todos os Policiais Penais do estado, filiados ou não, para uma Assembleia Geral Extraordinária nesta segunda-feira (6) às 8h30min, no rol de entrada da Assebléia Legislativa do Acre (ALEAC), onde está montado o nosso acampamento.

Na ocasião, a categoria vai deliberar sobre os próximos atos em prol do movimento de valorização da Polícia Penal.

A Associação reitera a importância da participação de todos e reafirma que os pleitos exigidos só serão possíveis com uma categoria unida e organizada.

Leia Também:  Ministério Público Federal ajuíza ação para garantir fornecimento de alimentação a migrantes no Acre

”Não basta querer, você também tem que lutar”.

Eden Alves Azevedo

Presidente da Asspen

Veja o Vídeo:

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: O Gefron apreendeu dentro de Van do município de Brasileia aproximadamente 150 kg de entorpecente, seria esta a maior apreensão daquela regional. De acordo com informações preliminares, o veículo da prefeitura iria realizar mais um transporte de pacientes que estão fazendo tratamento em Rio Branco quando foi surpreendido pelo policiais, após revistarem os pacientes e o veículo encontraram em uma sacola preta com todo o entorpecente.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA