RIO BRANCO

Polícia

Tiroteio acaba com dois jovens baleados em bairro de Rio Branco

Caso ocorreu na região do bairro Calafate, na capital acreana. Dupla caminhava pela rua quando suspeitos chegaram e atiraram nas vítimas, de 26 e 19 anos.

Publicados

Polícia

Caso ocorreu na região do bairro Calafate, na capital acreana. Dupla caminhava pela rua quando suspeitos chegaram e atiraram nas vítimas, de 26 e 19 anos.

Dois jovens, de 26 e 19 anos, ficaram feridos após um tiroteio no Conjunto Aroeira, região do bairro Calafate, em Rio Branco, na tarde desta segunda-feira (11). Segundo a Polícia Militar do Acre (PM-AC), um dos rapazes foi atingido na cabeça e o outro no tórax.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) encaminhou os feridos para o Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco. A Polícia Militar do Acre esteve no local, mas ninguém foi preso até a última atualização desta matéria.

O Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), falou que dois homens chegaram e atiraram nas vítimas, que estavam na rua. Os criminosos fugiram para o matagal, mas deixaram rastros de sangue por onde passaram.

A polícia contou também que o estado dos feridos é grave e eles passaram por cirurgia no hospital. Segundo o Ciosp, a confusão teria relação com a guerra entre facções criminosas.

Leia Também:  PM e Marinha retiram corpo das águas do rio Purus.

Tentativa no Santa Inês

Outra tentativa de homicídio foi registrada na tarde desta segunda. Dessa vez, o crime ocorreu na Rua José Carlos, bairro Santa Inês. Um homem ficou ferido e foi levado para o hospital.

Ainda segundo o Ciosp, a vítima foi ferida dentro de casa e o suspeito fugiu do local.

Do G1 Acre

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Polícia

Homem conhecido por Sombra é preso enquanto carregava corpo com pernas decepadas em barco pelo Rio Môa

Publicados

em

Homem é flagrado enquanto carregava corpo de vítima torturada em barco na zona rural do AC – Foto: Arquivo

Claudinei Sombra dos Santos, de 19 anos, foi flagrado enquanto carregava o corpo de um homem dentro de um barco pelo Rio Môa, na zona rural do município de Mâncio Lima. A vítima, que ainda não foi identificada, foi morta com tiros e teve as pernas decepadas. O corpo segue no Instituto Médico Legal (IML) em Cruzeiro do Sul.

Segundo o portal G1 Acre, o suspeito descia de barco pelo rio saindo da comunidade Timbaúba em direção a Mâncio Lima, quando passou pela base do Exército na comunidade São Salvador. Foi então que os militares fizeram uma abordagem e perceberam que ele estava muito nervoso e, ao verificarem o barco, encontraram o corpo da vítima.

A polícia foi acionada e foram enviadas duas equipes – uma da Polícia Civil e outra da Polícia Militar – para fazer o translado do corpo e a condução do preso. O local onde o suspeito foi flagrado fica a cerca de 10 horas de barco da cidade de Mâncio Lima e ele foi preso nesse domingo (16).

Leia Também:  Homens suspeito de matar adolescentes após saírem da Expoacre passa por segunda audiência

Conforme o delegado responsável pelas investigações, José Obetaneo do Santos, a motivação do crime ainda está sendo apurada.

“Vamos concluir o flagrante e verificar qual foi a verdadeira motivação desse crime. Na conversa preliminar com o acusado, ele apenas disse que se desentendeu com esse homem e que não o conhecia e que por conta desse desentendimento veio o dolo de matar e ele matou. O médico legista disse que ele foi alvejado por disparo arma de fogo e teve as pernas decepadas. A vítima foi torturada”, disse o delegado.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA