Polícia

Servente de pedreiro de 21 anos desaparece após ser visto sendo agredido em bar em Tarauacá

Publicados

Polícia

Jucivan Vasconcelos Martins, de 21 anos, está sem dar notícias para família desde a madrugada de domingo (12) — Foto: Arquivo da família

O servente de pedreiro Jucivan Vasconcelos Martins, de 21 anos, está sem dar notícias para a família desde a madrugada de domingo (12). O rapaz foi visto pela última vez bebendo com algumas pessoas em um bar da cidade de Tarauacá.

As informações repassadas por um vigilante à família relatam que houve um desentendimento e Martins foi agredido pelo grupo que estava com ele.

O delegado responsável pelo caso, Valdinei Soares, disse que já ouviu três familiares do rapaz sumido. A suspeita, segundo o delegado, é de que Martins tenha sido morto e jogado no Rio Tarauacá, mas que tudo ainda vai ser investigado.

“Determinei que os agentes fossem até o local para checar as câmeras de segurança, mas tive que ir para Feijó ver uma situação de flagrante e não falei com eles ainda. Há o registro de desaparecimento e vamos investigar. Se realmente for comprovada a morte e se colocarem algum suspeitos vamos chamar esse pessoal”, confirmou.

Leia Também:  Veja o Vídeo: Homens grava vídeos esvaziando pneu de viatura policial

A família registrou um boletim de ocorrência na terça-feira (14) na delegacia da cidade. Nesta quarta (15), José Augusto Vasconcelos, irmão do rapaz, disse que Martins saiu correndo do local e sumiu.

“Estava pagando bebidas para uns rapazes. Parece que derramou bebida nos pés de um dos rapazes e começaram a agredir ele. Saiu correndo para beira do barranco, foram atrás dele e não foi mais visto”, relatou.

Vasconcelos disse que a família já saiu em busca de mais informações, foi até o local onde o irmão foi visto e nada foi achado. O jovem estava sem telefone quando saiu de casa.

“O telefone dele quebrou e estava sem dinheiro para comprar. Estava com mais ou menos de R$ 400 na carteira e pagando bebidas para esses rapazes. Disseram que estavam comprando bebida em um pontão de gasolina”, falou.

O servente de pedreiro mora na casa do irmão, porém, tinha sido aconselhado recentemente a buscar outro lugar para viver devido ao constante uso de bebida alcoólica.

Leia Também:  Corpo de agricultor é encontrado dentro de açude na BR 317, em Brasileia

“Ele ficava fora, mas sempre voltava para casa. Falei para buscar outro lugar para morar porque não dava certo, que podia acontecer algo com ele na rua. Desde que falei isso não tinha bebido mais. Não ficou chateado comigo, ficou em casa quando fui para a colônia para passar a Semana Santa”, lamentou.

O familiar acrescentou que conversou com um dos rapazes que estava com Martins no bar. Ele confirmou as agressões, mas alegou que deu apenas um empurrão no jovem e não quis comentar sobre os demais envolvidos.

“Ele não era envolvido com facção, é trabalhador. Quando não está bebendo é uma pessoa super tranquila, não é de briga”, concluiu. Por Aline Nascimento, G1 Acre

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Polícia

Operação Narco Brasil 2022, deflagrada em Feijó, Tarauacá e Rio Branco, prende investigados por tráfico de drogas

Publicados

em

Operação Narco Brasil 2022 cumpriu mandado judiciais em Rio Branco, Tarauacá e Feijó — Foto: Arquivo/Polícia Civil

Duas pessoas foram presas nesta quarta-feira (29) durante a Operação Narco Brasil 2022 deflagrada em Feijó e Tarauacá, cidades do interior do Acre, e na capital acreana, Rio Branco. Os presos, de 20 e 25 anos, são investigados por terem envolvimento com uma carga de 25 quilos de maconha apreendida em janeiro na Rodoviária Internacional de Rio Branco.

Na ação, policiais da Delegacia de Repressão ao Narcotráfico (Denarc) e das delegacias locais, cumpriram oito mandados judiciais, sendo: dois de busca em Rio Branco, três de busca em Feijó, um em Tarauacá e dois mandados de prisão.

O investigado de 20 anos foi preso em Tarauacá e o de 25 anos em Feijó. O nome da operação é em alusão ao Dia Internacional Contra o Abuso e Tráfico Ilícito de Drogas, celebrado o último dia 26.

Apreensão de maconha

No dia 14 de janeiro deste ano, um jovem de 23 anos foi preso na Rodoviária de Rio Branco com 25 quilos de maconha que estavam escondidos dentro de uma mala.

Leia Também:  Suspeito de furtar motosserra e espingarda é detido em Brasiléia

A prisão ocorreu por meio da Delegacia de Repressão ao Narcotráfico (Denarc) que levantou informações de que o jovem estava no ônibus que havia saído de Rondônia. Os policiais, ao fazerem buscas com a companhia de cães, acabaram localizando a droga.

Logo em seguida, foi identificado de quem era o entorpecente e o jovem preso em flagrante. Ainda conforme as informações da polícia, a droga seria levada para a cidade de Feijó, no interior do Acre. Com informações do G1 Acre.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA