RIO BRANCO

Polícia

Seis homens são presos suspeitos de participação em onda de ataques violentos que acontecem em Manaus

Publicados

Polícia

Seis são presos suspeitos de participação na onda de ataques violentos, em Manaus – Foto: Carolina Diniz/Rede Amazônica

Seis homens foram presos suspeitos de participação na onda de ataques violentos que acontecem neste domingo (6) em Manaus. O balanço parcial das prisões foi divulgado por volta de 16h30, pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM).

O secretário da SSP, coronel Louismar Bonates, informou que o efetivo policial foi triplicado em Manaus neste domingo, em razão dos atentados. Viaturas policiais e diversos ônibus foram incendiados. No interior, prédios públicos também foram depredados.

Das seis pessoas detidas até o momento, quatro foram presas no bairro Novo Aleixo, na Zona Norte, e encaminhados ao 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP). Outros dois foram presos na Compensa, Zona Oeste.

A SSP-AM informou que os ataques foram ordenados de dentro de um presídio da capital, e acontecem em represália por conta da morte de um traficante.

Ônibus parados em Manaus

O assessor jurídico do Sinetram, Fernando Borges, afirmou que os ônibus do transporte coletivo não voltarão a circular neste domingo (6), por conta dos ataques. Ao menos 14 ônibus foram incendiados desde a madrugada deste domingo na capital.

Leia Também:  Homem de 23 anos é morto a tiros em bairro de Rio Branco

Os veículos foram recolhidos para as garagens nas primeiras horas da manhã, por volta de 6h40, e deveriam voltar a circular ao meio-dia. Porém, a medida foi suspensa em razão da continuidade dos atos de violência pela capital. Por Rebeca Beatriz, G1 AM

Distrito de obras da prefeitura de Manaus, no bairro Compensa, foi alvo de atentados – Foto: Rebeca Beatriz

E veja também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Na íntegra, documentário produzido por Medeiros Filmes, em 1949, durante o governo do coronel José Guiomard dos Santos, com direção de Francisco J. Ferreira. “Este filme vem a ser um relatório cinematográfico do Território Federal do Acre cujas terras ficam muito longe do litoral brasileiro, a cerca de cinco mil quilômetros de Belém do Pará, principal mercado de abastecimento da Planície Amazônica”, explica-se logo no começo.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Polícia

Polícia tenta capturar preso que fugiu do HUERB e ele acaba baleado ao jogar carro contra PM

Publicados

em

Luis Fernando Maia de Souza era procurado desde junho deste ano depois de fugir do PS de Rio Branco — Foto: Arquivo/Iapen-AC

Um cumprimento de mandado de prisão terminou com duas pessoas feridas em confronto com a polícia, na noite desse sábado (4), no bairro Aviário, em Rio Branco.

Conforme registro de ocorrência, policiais civis tentavam recapturar o preso Luis Fernando Maia de Souza, que fugiu de dentro do Pronto Socorro de Rio Branco em junho deste ano, quando ele resolveu jogar o carro para cima do veículo usado pela equipe policial.

Para tentar conter Souza, os policiais fizeram disparos de arma de fogo contra o carro que ele dirigia. E, por fim, tanto ele, como a mulher que estava no banco de passageiro, identificada como Jhenifer Lopes do Nascimento, ficaram feridos no confronto.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada e levou os dois para o PS e Souza ficou acompanhado por policiais. A direção do hospital informou que Souza está intubado, em estado considerado gravíssimo e aguardando UTI. A jovem que estava com ele e também ficou ferida, recebeu alta médica.

Leia Também:  Homem é preso com rifle e mais 900 balas na Vila Caquetá na BR 317

Em junho deste ano, o presidiário foi internado no PS após se sentir mal e ser avaliado por equipe médica. Depois de cerca de oito dias no hospital, mesmo estando acompanhado de policiais penais, ele pediu para usar o banheiro e acabou conseguindo fugir. Desde então, ele era procurado pela polícia.

Segundo o Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen-AC) informou na época, a última entrada do preso no sistema penitenciário havia sido em dezembro de 2019, quando respondia pelo crime de receptação. Com informações do G1 Acre.

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: O Gefron apreendeu dentro de Van do município de Brasileia aproximadamente 150 kg de entorpecente, seria esta a maior apreensão daquela regional. De acordo com informações preliminares, o veículo da prefeitura iria realizar mais um transporte de pacientes que estão fazendo tratamento em Rio Branco quando foi surpreendido pelo policiais, após revistarem os pacientes e o veículo encontraram em uma sacola preta com todo o entorpecente.

Leia Também:  Pai suspeito de estuprar as três filhas em Sena Madureira é preso após denúncia

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA