RIO BRANCO

Polícia

Procon e Vigilância Sanitária apreendem produtos de empresa que fabrica álcool em gel

Publicados

Polícia

Uma ação conjunta entre o Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon/AC), Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor do Ministério Público e Vigilância Sanitária fiscalizaram nesta terça-feira, 14, uma empresa que produz álcool em gel e produtos de limpeza, localizada em Rio Branco.

No exercício da fiscalização, foram apreendidas amostras dos produtos já industrializados e mais de 200 litros de matéria-prima. Entre as possíveis irregularidades, existe a suspeita da utilização de matéria-prima imprópria para o consumo humano e condições precárias de estocagem.

“Numa parceria com o Ministério Público, recebemos denúncia de que este estabelecimento estava fabricando álcool em gel de modo irregular. Para resguardar os direitos e principalmente a saúde do consumidor, efetivamos essa vistoria e adotaremos todas as medidas legais”, declara o diretor-presidente do Procon/AC, Diego Rodrigues.

“Contamos com o apoio dos técnicos da Vigilância Sanitária para a remoção dos produtos. Nossos fiscais averiguaram as notas fiscais da empresa, normas de funcionamento e medições que avaliam a qualidade dos produtos que estão sendo comercializados”, informa Diego Rodrigues.

Leia Também:  Em Rio Branco casal entra em motel e mulher morre suspeita de overdose

Além dessa ação, o Procon/AC continua intensificando suas fiscalizações em estabelecimentos comerciais como supermercados, farmácias e distribuidoras que distribuem e fornecem produtos considerados essenciais neste período de pandemia do Coronavírus (Covid-19).

Quaisquer dúvidas, denúncias, orientações e esclarecimentos podem ser feitos pelos consumidores por meio dos contatos telefônicos (68) 3223-7000 de segunda a sexta-feira, das 7h às 13 h, ou 151, e pelo e-mail: [email protected]

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Polícia

Homem conhecido por Sombra é preso enquanto carregava corpo com pernas decepadas em barco pelo Rio Môa

Publicados

em

Homem é flagrado enquanto carregava corpo de vítima torturada em barco na zona rural do AC – Foto: Arquivo

Claudinei Sombra dos Santos, de 19 anos, foi flagrado enquanto carregava o corpo de um homem dentro de um barco pelo Rio Môa, na zona rural do município de Mâncio Lima. A vítima, que ainda não foi identificada, foi morta com tiros e teve as pernas decepadas. O corpo segue no Instituto Médico Legal (IML) em Cruzeiro do Sul.

Segundo o portal G1 Acre, o suspeito descia de barco pelo rio saindo da comunidade Timbaúba em direção a Mâncio Lima, quando passou pela base do Exército na comunidade São Salvador. Foi então que os militares fizeram uma abordagem e perceberam que ele estava muito nervoso e, ao verificarem o barco, encontraram o corpo da vítima.

A polícia foi acionada e foram enviadas duas equipes – uma da Polícia Civil e outra da Polícia Militar – para fazer o translado do corpo e a condução do preso. O local onde o suspeito foi flagrado fica a cerca de 10 horas de barco da cidade de Mâncio Lima e ele foi preso nesse domingo (16).

Leia Também:  Policial apaisana troca tiros com bandidos, em Rio Branco

Conforme o delegado responsável pelas investigações, José Obetaneo do Santos, a motivação do crime ainda está sendo apurada.

“Vamos concluir o flagrante e verificar qual foi a verdadeira motivação desse crime. Na conversa preliminar com o acusado, ele apenas disse que se desentendeu com esse homem e que não o conhecia e que por conta desse desentendimento veio o dolo de matar e ele matou. O médico legista disse que ele foi alvejado por disparo arma de fogo e teve as pernas decepadas. A vítima foi torturada”, disse o delegado.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA