Polícia

Presos não vão nas audiência da justiça em Xapuri por falta de viaturas

Segundo a Promotoria, pela terceira semana consecutiva, todas as audiências envolvendo réus

Publicados

Polícia

Segundo a Promotoria, pela terceira semana consecutiva, todas as audiências envolvendo réus 

O Ministério Público Estadual (MPE), informou que audiências no fórum de Xapuri estão sendo suspensas por falta de transporte para o deslocamento dos presos. Por conta disso foi ajuizada uma ação civil pública contra o Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen), visando a regularização da escolta e transporte detentos para as audiências.

 viaturas

viaturas

Segundo a Promotoria, pela terceira semana consecutiva, todas as audiências envolvendo réus presos tiveram que ser adiadas porque o Iapen não promoveu o transporte e escolta dos detentos, alegando falta de viaturas.

O promotor Bernardo Fiterman Albano considerou grave a omissão da autarquia, pois coloca em risco a segurança pública na cidade. Não realizadas as audiências, se torna iminente a soltura de réus de alta periculosidade, por excesso de prazo na conclusão dos processos.

A ação com medida liminar visa determinar que o Iapen promova o transporte e escolta de presos requisitados para as audiências na Comarca de Xapuri, sob pena de cominação de multa não inferior a R$ 5 mil por cada preso que faltar à audiência.

A denúncia foi feita pelo policial militar Sgtº André de Magalhães Mirante, responsável pela escolta Judiciária. Veja documento.

Documento_PM

Da redação, com informações do MPE

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Polícia prende foragido e acusado de matar agricultor em Sena Madureira

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Polícia

Criança de 1 ano morre afogada enquanto brincava dentro de caixa d’água em Acrelândia

Publicados

em

Uma criança de 1 ano e 4 meses morreu afogada após cair em uma caixa d’água na manhã dessa quinta-feira (26), na cidade de Acrelândia, no interior do Acre.

O menino, identificado como Moisés Marcos dos Santos Silva, brincava na caixa, quando caiu dentro dela e acabou morrendo afogado, segundo a polícia.

“Até agora, a informação que temos é que a criança caiu na caixa d’água, quando estava brincando. Foi levado ao hospital e fomos acionados”, informou o delegado Dione dos Anjos.

O menino ainda chegou a ser levado para o hospital da cidade, mas não resistiu. Por não ser uma morte natural, o médico da unidade acionou a polícia.

O corpo do menino foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), em Rio Branco, onde passou pelos exames cadavéricos. O delegado disse que aguarda o resultado do laudo e só deve ouvir a família, caso o documento aponte uma causa diferente para a morte. Com informações do G1 Ac.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Homem que queimou grávida viva tem condenação de 35 anos mantida
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA