RIO BRANCO

Polícia

Preso por homicídio contratou “mulas” para transportar droga

As mulheres foram presas com a posse do entorpecente, ontem, nas imediações do posto

Publicados

Polícia

As mulheres foram presas com a posse do entorpecente, ontem, nas imediações do posto

fiscalização da Polícia rodoviária Federal (PRF).

Transportar droga de MT para o Acre

O homicida Jadson Leandro Lira de Fontenelle, 34, recebeu a voz de prisão, nesta quinta-feira, 21, dentro do presídio Francisco d’Oliveira Conde, por tráfico de drogas e formação de quadrilha.

Segundo investigadores da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) da Polícia Civil, foi ele quem contratou Crislane Ferreira da Silva, 29, e Cleidiane Poligênio da Silva, 22, para transportar mais 20 quilos de maconha prensada da cidade de Cuiabá/MT até Rio Branco/AC.

As mulheres foram presas com a posse do entorpecente, ontem, nas imediações do posto de fiscalização da Polícia rodoviária Federal (PRF). A prisão das “mulas” do tráfico aconteceu às 5h30 da manhã da última quarta-feira.

Elas transportavam 30 barras de maconha prensada, totalizando 20 quilos e 665 gramas. O carregamento, segundo a polícia, está avaliado em quase R$ 40 mil. De acordo com o delegado Pedro Paulo Buzolin, trata-se de maconha pura, por isso tem maior valor comercial.

Leia Também:  Ex-goleiro é amarrado durante assalto na estrada de Quinari

Ainda conforme o delegado titular da Delegacia de Repressão a Entorpecentes, Jadson Leandro cooptou as mulheres para o tráfico durante visitas que estas realizavam a familiares, presos da justiça. “As negociações eram realizadas dentro da unidade prisional. O Jadson responde também por tráfico o que teria facilitado atrair as “mulas”, além da promessa de pagar 2,5 mil para cada uma delas”, destacou Pedro Paulo.

Escrito Por Contilnetnoticias

COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Polícia

Homem conhecido por Sombra é preso enquanto carregava corpo com pernas decepadas em barco pelo Rio Môa

Publicados

em

Homem é flagrado enquanto carregava corpo de vítima torturada em barco na zona rural do AC – Foto: Arquivo

Claudinei Sombra dos Santos, de 19 anos, foi flagrado enquanto carregava o corpo de um homem dentro de um barco pelo Rio Môa, na zona rural do município de Mâncio Lima. A vítima, que ainda não foi identificada, foi morta com tiros e teve as pernas decepadas. O corpo segue no Instituto Médico Legal (IML) em Cruzeiro do Sul.

Segundo o portal G1 Acre, o suspeito descia de barco pelo rio saindo da comunidade Timbaúba em direção a Mâncio Lima, quando passou pela base do Exército na comunidade São Salvador. Foi então que os militares fizeram uma abordagem e perceberam que ele estava muito nervoso e, ao verificarem o barco, encontraram o corpo da vítima.

A polícia foi acionada e foram enviadas duas equipes – uma da Polícia Civil e outra da Polícia Militar – para fazer o translado do corpo e a condução do preso. O local onde o suspeito foi flagrado fica a cerca de 10 horas de barco da cidade de Mâncio Lima e ele foi preso nesse domingo (16).

Leia Também:  Mulher é estuprada com a filha nos braços na Serra Catarinense.

Conforme o delegado responsável pelas investigações, José Obetaneo do Santos, a motivação do crime ainda está sendo apurada.

“Vamos concluir o flagrante e verificar qual foi a verdadeira motivação desse crime. Na conversa preliminar com o acusado, ele apenas disse que se desentendeu com esse homem e que não o conhecia e que por conta desse desentendimento veio o dolo de matar e ele matou. O médico legista disse que ele foi alvejado por disparo arma de fogo e teve as pernas decepadas. A vítima foi torturada”, disse o delegado.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA