Polícia

Polícia monta força tarefa para resgatar corpos de vítimas de homicídios na zona rural de Rio Branco

Publicados

Polícia

Polícia monta força tarefa para resgatar corpos de vítimas de homicídios na zona rural de Rio Branco — Foto: Arquivo/PM-AC

A polícia precisou montar uma verdadeira força tarefa para conseguir resgatar os corpos de dois homens que foram assassinados nesse sábado (12) no Projeto de Assentamento Moreno Maia, na zona rural de Rio Branco. Como a região é de difícil acesso, a equipe precisou usar quadriciclo para conseguir chegar nos locais dos crimes.

A ação foi feita por militares do Batalhão Ambiental, policiais da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e por agentes do Instituto de Criminalística. A equipe se deslocou para o local na manhã de domingo e só retornou à noite.

Uma das vítimas foi o marceneiro Arinaldo Rego de Andrade, de 29 anos, que foi achado morto a tiros e facadas nesse domingo (13) no Ramal João Paulino, no Projeto de Assentamento Moreno Maia. Foi a mãe dele quem o encontrou já sem vida.

Ao g1, a irmã de Andrade, Alba Rego contou que, por volta das 19h de sábado, a mãe ouviu dois tiros e desde então passou a ligar para o filho, mas ele não atendia. Até que, às 6h desse domingo, ela resolveu sair de casa para procurar por ele e o encontrou caído ao lado de sua motocicleta na frente de casa.

A outra vítima foi identificada como Edmar Oliveira de Sales, de 43 anos. Ele foi achado morto no meio do Ramal Circular, também no Moreno Maia.

Leia Também:  Brasiléia registra dois acidentes envolvendo motos na BR 317 nesta

Conforme a polícia, a irmã da vítima acionou socorro nesse domingo, após ser avisada pelo pai que Sales tinha sido assassinado a golpes de faca. A informação é que ele estaria em uma bebedeira antes do crime.

A comandante do 1º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Jokebed Lima, disse que os corpos estavam a uma distância de cerca de 10 quilômetros de distância.

“O acesso é precário, então juntou uma força tarefa para conseguir chegar ao local e fazer os procedimentos. Nosso efetivo tentou ir de caminhonete, mas não foi possível. Então, o Batalhão Ambiental foi acionado para ir de quadriciclo até lá. A equipe resgatou o primeiro corpo e depois andou mais uns 10 quilômetros para pegar o outro. Foi o dia todo de operação. Não conseguimos muitas informações nos locais”, disse.

Os dois casos estão sendo investigados pela DHPP e a polícia apura se eles têm ligação. O delegado responsável, Leonardo Ribeiro, disse que está analisando as informações para instaurar os inquéritos.

A irmã de Arinaldo Rego de Andrade disse que a família não tem ideia da motivação do crime ou quem possa ter matado o marceneiro.

“Minha mãe escutou dois tiros, mas não imaginava que era isso. Passou a noite toda ligando e ele não atendia. Quando foi de manhã, ela viu a moto dele na frente de casa e ele estava caído no chão. É um pedaço que nos tiraram. A gente ama a pessoa e acontece isso, estou sem chão. Entrego tudo nas mãos de Deus, a justiça de Deus chega na hora certa. Agora, o que tenho que fazer é cuidar da minha mãe, ele morava com ela, está aqui em choque. É uma dor que não cicatriza”, disse Alba. Com informações do G1 Acre.

Leia Também:  Polícia Civil deflagra operação Quinari e cumpre 17 mandados de prisão

Equipe precisou usar quadriciclo para conseguir chegar nos locais dos crimes — Foto: Arquivp/PM-AC

E Veja Também no 3 de Julho Notícias – Acre 24 Horas

Veja o Vídeo Abaixo: A vereadora Neiva Badotti fez um pequeno desabafo a respeito do desgoverno de Gladson Cameli, os inúmeros descasos vão desde a saúde até a educação na região do Alto Acre. A princípio, a parlamentar falou a respeito da irresponsabilidade com o pagamento dos servidores terceirizados que até o momento não receberam nenhum pagamento em 2022, onde na ocasião a empresa joga a culpa para o governo e o governo joga a culpa para a empresa e quem fica prejudicado com reação a sua subsistência, sem alimentação, sem poder honrar os seus compromissos.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página: Facebook 3 de Julho Notíci

Portal: 3dejulho.com.br Rio de Janeiro

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Polícia

Homem é morto com facada nas costas em avenida Chico Mendes, no Segundo Distrito de Rio Branco

Publicados

em

Corpo da vítima foi levado para o IML de Rio Branco — Foto: Arquivo/Instituto de Análise Forense do Acre

Um homem ainda não identificado foi morto nesta quinta-feira (26) na Avenida Chico Mendes, no bairro Areal, região do Segundo Distrito de Rio Branco, próximo ao estádio arena da Floresta.

De acordo com o Centro de Operações Policiais Militares (Copom), o homicídio ocorreu por volta das 5h. A informação é que a vítima passava de bicicleta pelo local quando foi atacada e levou, pelo menos, uma facada nas costas.

Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local fez os primeiros atendimentos e, por conta da gravidade do ferimento, acionou apoio da 01, ambulância de suporte avançado.

Conforme o Samu, o paciente teve uma parada cardíaca ainda no local, foi intubado e a equipe iniciou a reanimação, mas sem sucesso. Ele morreu dentro da ambulância e foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) para os exames cadavéricos e de identificação.

Leia Também:  Polícia Militar do Acre deflagra Operação Papai Noel 2021, em pontos estratégicos da capital e do interior

Policiais Militares fizeram buscas na região e prenderam um suspeito em flagrante. Segundo o Copom, pelas informações levantadas inicialmente, os dois não se conheciam e a vítima estava no local e hora errada.

O homem teria confirmado o crime, disse que era hora de matar e ao ver a vítima passando na rua, decidiu dar o golpe de faca. O g1 não conseguiu contato com o delegado Alcino Júnior, da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa. Do G1 Acre

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA