RIO BRANCO

Polícia

Polícia Militar prende mulher com 10 kg de cocaína em Rio Branco

Jovem é presa com 10 kg de cocaína escondido dentro de engradados de madeira na Rodoviária na capital

Publicados

Polícia

Jovem é presa com 10 kg de cocaína escondido dentro de engradados de madeira na Rodoviária na capital

Davi Sahid

Policiais Militares do serviço de inteligência e do BOPE na Operação Saturação prenderam na noite desta terça-feira, 25, Sara da Costa Matos, 18 anos. A prisão aconteceu na Rodoviária Internacional de Rio Branco na BR 364, enquanto tentava embarcar com 10 quilos e 100 gramas de cocaína em um ônibus com destino ao Estado do Maranhão.

A polícia recebeu uma denuncia anônima que havia uma jovem com muita droga escondida em caixotes de madeiras e que a qualquer momento ela embarcaria no ônibus na rodoviária. Várias viaturas da polícia se deslocaram até o local e cercou a região a procura da jovem, que foi abordada. Uma revista minuciosa foi feita nos pertences que a acusada levava (vários engradados de madeira com uma televisão e um aparelho de som dentro). Para a surpresa dos policiais a droga estava escondida dentro da madeira produzida artesanalmente, foram feitos buracos e depois colocado.

Leia Também:  Polícia Militar apreende um menor que portava arma de fogo na avenida Getúlio Vargas, no bairro Placas, em Rio Branco

A jovem foi presa e encaminhada a Delegacia de Flagrantes (DEFLA) para os devidos procedimentos. De acordo com o relato da jovem a polícia, ela não sabia a quantidade de droga que estava transportando e que teriam pagado a ela inicialmente mil reais para transportar o entorpecente ao Estado do Maranhão, caso ela concluísse o seu destino receberia mais 2 R$ mil.

Na delegacia foi constatado que Sara não tinha passagem pela polícia.

jovem droga

Fonte: oriobranco.net

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Polícia

Homem conhecido por Sombra é preso enquanto carregava corpo com pernas decepadas em barco pelo Rio Môa

Publicados

em

Homem é flagrado enquanto carregava corpo de vítima torturada em barco na zona rural do AC – Foto: Arquivo

Claudinei Sombra dos Santos, de 19 anos, foi flagrado enquanto carregava o corpo de um homem dentro de um barco pelo Rio Môa, na zona rural do município de Mâncio Lima. A vítima, que ainda não foi identificada, foi morta com tiros e teve as pernas decepadas. O corpo segue no Instituto Médico Legal (IML) em Cruzeiro do Sul.

Segundo o portal G1 Acre, o suspeito descia de barco pelo rio saindo da comunidade Timbaúba em direção a Mâncio Lima, quando passou pela base do Exército na comunidade São Salvador. Foi então que os militares fizeram uma abordagem e perceberam que ele estava muito nervoso e, ao verificarem o barco, encontraram o corpo da vítima.

A polícia foi acionada e foram enviadas duas equipes – uma da Polícia Civil e outra da Polícia Militar – para fazer o translado do corpo e a condução do preso. O local onde o suspeito foi flagrado fica a cerca de 10 horas de barco da cidade de Mâncio Lima e ele foi preso nesse domingo (16).

Leia Também:  Polícia faz Operação no Depasa do governo do estado que apura fraude em licitações, nove mandados e sete medidas cautelares foram cumprida contra os suspeitos

Conforme o delegado responsável pelas investigações, José Obetaneo do Santos, a motivação do crime ainda está sendo apurada.

“Vamos concluir o flagrante e verificar qual foi a verdadeira motivação desse crime. Na conversa preliminar com o acusado, ele apenas disse que se desentendeu com esse homem e que não o conhecia e que por conta desse desentendimento veio o dolo de matar e ele matou. O médico legista disse que ele foi alvejado por disparo arma de fogo e teve as pernas decepadas. A vítima foi torturada”, disse o delegado.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA