RIO BRANCO

Polícia

Polícia Militar prende dupla com armas roubadas na zona rural de Brasiléia

Menor de 16 e Alessandro foram levados para a delegacia juntamente com uma moto proveniente de roubo utilizada para a prática de crimes.

Publicados

Polícia

Menor de 16 e Alessandro foram levados para a delegacia juntamente com uma moto proveniente de roubo utilizada para a prática de crimes.

Era por volta das meia-noite, quando duas guarnições do 10º Batalhão da Polícia Militar do Alto Acre chegaram na delegacia de Brasiléia, com dois acusados de praticarem roubos de armas e objetos pessoais em colônias situadas no km 26 e 59 da BR 317 (Estrada do Pacífico).

Um é menor de 16 anos que já é bastante conhecido no mundo do crime, apesar da pouca idade. Seu comparsa, Alessandro de Oliveira Viana (20), vulgo ‘Cafifa’, também é conhecido da justiça acreana.

Segundo foi apurado, a dupla teria roubado uma moto boliviana modelo Kingo, para em seguida se deslocarem até propriedades na zona rural. A intenção era roubar àquelas que não tinha pessoas e o alvo principal, seria as armas.

Os roubos aconteceram em ramais do km 26 e 59, onde rendeu uma escopeta, uma espingarda e um rifle de ‘chumbinho’, que pode estar adaptado para receber ‘balas’ calibre 22 e um facão.

Leia Também:  Jovem é morto com tiro na cabeça após sair da casa de namorada

Para azar da dupla, a moto teria apresentado problemas no km 8. A atitude suspeita dos dois chamou atenção de pessoas que viram um saco contendo as armas. O fato foi denunciado ao Siosp (via 190), que enviou policiais para interceptar os dois.

Ao perceberem que uma viatura estava chegando, se esconderam no meio do mato. Com ajuda de mais outra guarnição, montaram uma ‘espera’ e depois de quase uma hora, detiveram os dois que voltaram para buscar as armas e a moto.

Os dois foram conduzidos para a delegacia, junto com as armas e a moto, onde seriam ouvidos e depois encaminhados ao judiciário, após os procedimentos de praxe. Segundo foi levantado, as armas iriam ser usadas por grupos de facções em crimes na fronteira.

Veja o Vídeo: O site 3 de Julho Notícias agradece a todos que estão participando das nossas Live ao vivo: Deixe seu cometários, curta, participe e faça perguntas sobre os assuntos abordados.

Com informações de Oaltoacre

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Polícia

Homem conhecido por Sombra é preso enquanto carregava corpo com pernas decepadas em barco pelo Rio Môa

Publicados

em

Homem é flagrado enquanto carregava corpo de vítima torturada em barco na zona rural do AC – Foto: Arquivo

Claudinei Sombra dos Santos, de 19 anos, foi flagrado enquanto carregava o corpo de um homem dentro de um barco pelo Rio Môa, na zona rural do município de Mâncio Lima. A vítima, que ainda não foi identificada, foi morta com tiros e teve as pernas decepadas. O corpo segue no Instituto Médico Legal (IML) em Cruzeiro do Sul.

Segundo o portal G1 Acre, o suspeito descia de barco pelo rio saindo da comunidade Timbaúba em direção a Mâncio Lima, quando passou pela base do Exército na comunidade São Salvador. Foi então que os militares fizeram uma abordagem e perceberam que ele estava muito nervoso e, ao verificarem o barco, encontraram o corpo da vítima.

A polícia foi acionada e foram enviadas duas equipes – uma da Polícia Civil e outra da Polícia Militar – para fazer o translado do corpo e a condução do preso. O local onde o suspeito foi flagrado fica a cerca de 10 horas de barco da cidade de Mâncio Lima e ele foi preso nesse domingo (16).

Leia Também:  Motoristas de Uber são baleados em Chácara na Curva do Itucumã, na capital

Conforme o delegado responsável pelas investigações, José Obetaneo do Santos, a motivação do crime ainda está sendo apurada.

“Vamos concluir o flagrante e verificar qual foi a verdadeira motivação desse crime. Na conversa preliminar com o acusado, ele apenas disse que se desentendeu com esse homem e que não o conhecia e que por conta desse desentendimento veio o dolo de matar e ele matou. O médico legista disse que ele foi alvejado por disparo arma de fogo e teve as pernas decepadas. A vítima foi torturada”, disse o delegado.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA