RIO BRANCO

Polícia

Polícia Federal deflagra operação para apurar desvio de R$ 1,8 milhão de recursos da Covid-19 em Cruzeiro do Sul

Publicados

Polícia

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quarta-feira, dia 13, a “Operação Engalobados”, visando combater fraudes na contratação de empresas para o fornecimento de testes de Covid-19 e locação de equipamentos laboratoriais, por meio de dispensa de licitação feita pela Secretaria de Saúde de Cruzeiro do Sul, sob justificativa de enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente da Pandemia causada pelo vírus SARS COV- 2, Coronavírus, o que pode ter acarretado prejuízo ao erário no montante de até R$ 1.855.500,00 (um milhão oitocentos e cinquenta e cinco mil e quinhentos reais).

O trabalho contou com a participação de cerca de 45 (quarenta e cinco) policiais federais, a fim de cumprirem 13 (treze) mandados de busca e apreensão em empresas e residências situadas em Cruzeiro do Sul/AC e Morrinhos/GO; 04 (quatro) mandados cautelares de sequestro de bens; e 1 (um) mandado de prisão preventiva. Ao todo, 9 (nove) pessoas foram intimadas para prestar esclarecimentos.

A investigação iniciou-se em março de 2021, com base no indicio de que no processo de cotação para composição do preço médio de mercado das dispensas de licitação teria sido manipulado, a fim de direcionar as contratações com sobrepreço para determinadas empresas. Como exemplo, tem-se que a empresa contratada para locação de equipamentos laboratoriais possui por atividade econômica principal a prestação de serviços de publicidade e sequer possuía os equipamentos à época da contratação. Ademais, a investigação aponta que os serviços não estariam sendo prestados da forma como contratados, mas em menor quantidade, embora as empresas estivessem recebendo integralmente pelo valor acordado.

Leia Também:  Investigações levam polícia a prender suspeitos em Brasileia

A Operação Engalobados foi assim nomeada, tendo em vista que “engalobar” é uma expressão do estado do Acre que significa mentira, “passar a perna” e trapacear, o que remete a ações das empresas e de alguns agentes públicos da Secretária de Saúde de Cruzeiro do Sul/AC, ao utilizarem de meios para direcionar e superfaturar as dispensas de licitações.

Por fim, a Polícia Federal continuará a apuração das infrações penais, sendo que, até o momento, foram capitulados os crimes de peculato e crime contra à licitação.

Em razão da pandemia causada pela COVID-19, todas as cautelas foram observadas e consideradas em prol da segurança de todos os envolvidos.

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Deputado Neném Almeida mais uma vez voltou a falar do Cadastro de Reserva da Polícia Civil que aguarda sua convocação desde 2015, ao adotar esta causa como bandeira de luta, o deputado vem cobrando frequentemente, que o governador Gladson Cameli se manifeste e cumpra sua promessa de campanha que ele fez em convocar os mesmo. O parlamentar afirmou que o governador Gladson Cameli cometeu crime de campanha quando assinou um documento dizendo que se eleito fosse (e foi), chamaria o cadastro de reserva da Policia Civil (e não chamou).

Leia Também:  Homem é preso com mais de 20 quilos de cocaína em carroceria de caminhão que vinha da Bolívia

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Página do Instagram 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Polícia

Jovem de 25 anos é preso em flagrante com mais de 10kg de cocaína no bairro José Hassem, em Epitaciolândia

Publicados

em

Droga estava escondida em uma residência em Epitaciolândia, apreensão em flagrante ocorreu na madrugada deste sábado – Foto: Reprodução

Mais de 10 quilos de cocaína foram encontrados na casa de um homem, de 25 anos, formado em educação física. Ele foi preso em flagrante na madrugada deste sábado,23, na cidade Epitaciolândia, que faz fronteira com a Bolívia.

Em uma ação integrada com a Polícia Federal, a Polícia Civil recebeu a informação de que houve uma tentativa frustrada de atravessar esta droga para o país vizinho e que o material estava guardado em uma residência da cidade.

“O Grupo Especial de Fronteiras (Gefron) passou o dia todo fazendo barreira e num trabalho integrado com a PF, eles descobriram que a droga tentou passar para a fronteira. Trocávamos informações esse tempo todo, unimos forças e conseguimos identificar a residência e prendemos o homem que estava aqui na fronteira se aventurando nesse ‘ganho fácil”, relata o delegado Rêmulo Diniz.

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Vereadora Neiva Badotti solicita do secretário de Ação Social providências sobre as crianças Haitianos que fica na ponte todo os dias pedindo dinheiro, e que o Poder Público proporcione dignidade para essas crianças. Neiva solicita também que seja encaminhado um oficio para a gerente do hospital para saber se chegou algum saco funerário doado pela prefeitura, comprado com o dinheiro do covid, e que solicita que seja agendado novamente a reunião com a secretaria de segurança pública do estado, para se tratar sobre o IML, pois a mais de 20 anos o problema se arrasta e até o momento nada foi resolvido.

Leia Também:  Médico é executado com sete tiros por dupla em moto no Ramal da Alcoobrás

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Página do Instagram 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA