Polícia

PF cumpre mandado contra suspeito de armazenar e distribuir pornografia infantil em Rio Branco

Publicados

Polícia

PF cumpre mandado de busca contra suspeito de armazenar e distribuir pornografia infantil no AC — Foto: Arquivo/PF-AC

A Polícia Federal cumpriu nesta terça-feira (2) um mandado de busca e apreensão na residência de um homem investigado por crimes relacionados a pornografia infantil em Rio Branco. A ação é resultado da Operação Exchange.

Conforme a PF, o homem é suspeito de armazenar e disponibilizar fotografias e vídeos com cenas de sexo explícito ou pornográficas envolvendo criança e adolescente.

As investigações iniciais foram feitas pelo serviço de repressão a crimes de ódio e pornografia infantil da Polícia Federal e aprofundadas pela superintendência do órgão.

A polícia informou que as penas desses crimes, previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente, variam de 3 a 6 anos no caso de compartilhamento e de 1 a 4 anos nos casos de armazenamento desse tipo de material criminoso.

O nome da operação significa intercâmbio e faz referência ao fato de o investigado usar a internet para fazer a troca de cenas de pornografia envolvendo criança ou adolescente. Com informações do G1 Acre.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Mais um é morto e corpo é achado às margens da Rodovia AC-40, bairro Vila Acre, em Rio Branco
Propaganda

Polícia

Mais um é preso escondido em uma casa, suspeito de torturar jovem em cemitério, em Cruzeiro do Sul

Publicados

em

Valdenis Marinho morreu em um hospital da cidade no dia seguinte ao crime. No dia 28 de abril, Polícia Civil prendeu dois suspeitos de participação no homicídio – Foto: Polícia Civil

Um terceiro suspeito de sequestrar, torturar e matar Valdenis do Nascimento Marinho, de 18 anos, foi preso nesta sexta-feira (13) em Cruzeiro do Sul. Marinho morreu no início do mês de abril em um hospital da cidade após ser encontrado ferido dentro do Cemitério São João Batista.

No dia 28 do mesmo mês, a Polícia Civil prendeu os primeiros suspeitos de praticar o crime. O motivo das agressões seria porque Marinho, que era usuário de drogas, teria furtado entorpecentes de membros de uma facção criminosa.

As investigações continuaram após a prisão da dupla e, nesta sexta, a Polícia Civil prendeu um rapaz, de 27 anos, escondido em uma casa no bairro Várzea.

Logo após o crime, a Polícia Civil chegou a divulgar que Marinho não era de facção, mas era usuário de drogas. Os pais dele que procuraram a polícia para denunciar o caso após a morte. As informações é do portal G1 Acre

Leia Também:  Em Sena Madureira, Polícia Militar apreende mais de um kg de entorpecente e munições

Suspeito foi preso nesta sexta-feira (13) no bairro Várzea, em Cruzeiro do Sul – Foto: Polícia Civil

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA