RIO BRANCO

Polícia

Polícia cumpre 20 mandados judiciais, em Rio Branco e Manoel Urbano

Polícia cumpre 20 mandados judiciais para prender pessoas envolvidas em diversos crimes. Quadrilha seria responsável pelo furto da retroescavadeira no dia 20 de maio.

Publicados

Polícia

Polícia cumpre 20 mandados judiciais para prender pessoas envolvidas em diversos crimes. Quadrilha seria responsável pelo furto da retroescavadeira no dia 20 de maio.

Polícia descobre quadrilha envolvida com tráfico

Uma operação da Polícia Civil do Acre resultou na prisão de várias pessoas na madrugada desta terça-feira (8). A ação iniciou após o furto de uma retroescavadeira de uma empresa de construção no dia 20 de maio. A máquina foi furtada do pátio da empresa, em Rio Branco, e encontrada pela polícia no dia 26 de junho em um ramal da zona rural de Porto Acre.

A polícia informou que durante as investigações para prender os autores do furto foi descoberta uma organização criminosa envolvida com o tráfico de drogas, furtos, roubos, lavagem de dinheiro e extorsão. Ao todo foram cumpridos cerca de 20 mandados judiciais, sendo oito de prisão e 12 de busca e apreensão.

Os mandados foram cumpridos em diversos bairros de Rio Branco e em Manoel Urbano, interior do Acre. Motocicletas, uma caminhonete, televisores, drogas, celulares, dinheiro e tabletes foram apreendidos durante a ação.

Leia Também:  Galpão abandonado era utilizado para embalagem de drogas em Xapuri

O delegado Karlesso Nespoli, responsável pela operação, falou que foram presas sete pessoas, sendo duas em flagrante. Ele ressaltou que a operação ainda está em andamento e o número de presos deve aumentar no decorrer do dia.

“Pelo furto da máquina conseguimos descobrir uma amplitude maior de crimes, comandado pelo Renê Cássio. Essas pessoas ajudavam o Cássio a ocultar bens e valores de crimes. Foi apreendida uma arma de fogo na casa do sogro do Cássio, contratos de compra e venda de imóveis. Conseguimos identificar contas bancárias utilizadas pelos laranjas para o depósito de valores”, afirmou.

O delegado explicou ainda que as motocicletas apreendidas são roubadas e furtadas. A polícia descobriu que o local onde a retroescavadeira foi encontrada pertence a um dos presos na operação.

“O cabeça da quadrilha é o Renê Cássio, que faz parte de facção. Conseguimos identificar vários imóveis dele, inclusive a chácara onde a retroescavadeira foi encontrada. Identificamos outras pessoas que estavam com contratos de lavagem de dinheiro. Contas bancárias foram bloqueadas. Um balanço positivo em relação ao combate de organizações criminosas, aos crimes de furto e roubos. Mais uma quadrilha que está à disposição da polícia”, concluiu.

Leia Também:  Polícia Militar de Sena Madureira afirma que nenhuma viatura foi roubada, como foi noticiado

Polícia descobre quadrilha envolvida com tráfico 1

Do G1 Acre

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Polícia

Homem conhecido por Sombra é preso enquanto carregava corpo com pernas decepadas em barco pelo Rio Môa

Publicados

em

Homem é flagrado enquanto carregava corpo de vítima torturada em barco na zona rural do AC – Foto: Arquivo

Claudinei Sombra dos Santos, de 19 anos, foi flagrado enquanto carregava o corpo de um homem dentro de um barco pelo Rio Môa, na zona rural do município de Mâncio Lima. A vítima, que ainda não foi identificada, foi morta com tiros e teve as pernas decepadas. O corpo segue no Instituto Médico Legal (IML) em Cruzeiro do Sul.

Segundo o portal G1 Acre, o suspeito descia de barco pelo rio saindo da comunidade Timbaúba em direção a Mâncio Lima, quando passou pela base do Exército na comunidade São Salvador. Foi então que os militares fizeram uma abordagem e perceberam que ele estava muito nervoso e, ao verificarem o barco, encontraram o corpo da vítima.

A polícia foi acionada e foram enviadas duas equipes – uma da Polícia Civil e outra da Polícia Militar – para fazer o translado do corpo e a condução do preso. O local onde o suspeito foi flagrado fica a cerca de 10 horas de barco da cidade de Mâncio Lima e ele foi preso nesse domingo (16).

Leia Também:  Homem é baleado com três tiros na frente da esposa em Rio Branco

Conforme o delegado responsável pelas investigações, José Obetaneo do Santos, a motivação do crime ainda está sendo apurada.

“Vamos concluir o flagrante e verificar qual foi a verdadeira motivação desse crime. Na conversa preliminar com o acusado, ele apenas disse que se desentendeu com esse homem e que não o conhecia e que por conta desse desentendimento veio o dolo de matar e ele matou. O médico legista disse que ele foi alvejado por disparo arma de fogo e teve as pernas decepadas. A vítima foi torturada”, disse o delegado.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA