RIO BRANCO

Polícia

Polícia Civil de Senador Guiomard prende foragido da Justiça de Brasileia

Publicados

Polícia

A Polícia Civil no município de Senador Guimard, prendeu Wesley Mourão Ribeiro, 18, sob acusação de roubo na Fronteira.

De acordo com levantamento feito pela equipe de investigadores da Polícia Civil do município de Brasileia, Wesley é acusado de cometer vários assaltos na região do Alto Acre.

A troca de informação entre os delegados Karlesso Nespoli, coordenador de Brasileia e Marcos Cabral titular da delegacia do Quinarí, proporcionou que os Policiais chegassem até o paradeiro do acusado que encontrava-se escondido em uma residência no Bairro São Francisco, região periférica do município de Senador Guiomard.

Wesley é investigado pela autoria de um roubo de uma caminhonete de propriedade de um comerciante no município de Epitaciolândia além da pratica de outros delitos da mesma natureza em Brasileia.

“Nós recebemos o mandado de prisão expedido pela justiça e o delegado Karlesso Nespoli, que é o coordenador da região, nos procurou e demos início as investigações aqui no município de Senador Guiomard e conseguimos êxito na prisão do acusado”, declarou o delegado Marcos Cabral.

Leia Também:  Polícia apreende menor que espancou mulher e exibido na internet

O preso, após confessa o crime em depoimento a autoridade policial, foi encaminhado ao presidio e colocado à disposição da justiça.

Urgente veja o Vídeo abaixo do Telejornal 3 de Julho Noticias.

Assista a 3ª edição do Telejornal 3 de Julho Noticias e nos acompanhe pela página do facebook e se inscreva no canal YouTube.

Assessoria Sisp

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Polícia

Homem conhecido por Sombra é preso enquanto carregava corpo com pernas decepadas em barco pelo Rio Môa

Publicados

em

Homem é flagrado enquanto carregava corpo de vítima torturada em barco na zona rural do AC – Foto: Arquivo

Claudinei Sombra dos Santos, de 19 anos, foi flagrado enquanto carregava o corpo de um homem dentro de um barco pelo Rio Môa, na zona rural do município de Mâncio Lima. A vítima, que ainda não foi identificada, foi morta com tiros e teve as pernas decepadas. O corpo segue no Instituto Médico Legal (IML) em Cruzeiro do Sul.

Segundo o portal G1 Acre, o suspeito descia de barco pelo rio saindo da comunidade Timbaúba em direção a Mâncio Lima, quando passou pela base do Exército na comunidade São Salvador. Foi então que os militares fizeram uma abordagem e perceberam que ele estava muito nervoso e, ao verificarem o barco, encontraram o corpo da vítima.

A polícia foi acionada e foram enviadas duas equipes – uma da Polícia Civil e outra da Polícia Militar – para fazer o translado do corpo e a condução do preso. O local onde o suspeito foi flagrado fica a cerca de 10 horas de barco da cidade de Mâncio Lima e ele foi preso nesse domingo (16).

Leia Também:  Homem é baleado, enforcado e queimado no meio da rua.

Conforme o delegado responsável pelas investigações, José Obetaneo do Santos, a motivação do crime ainda está sendo apurada.

“Vamos concluir o flagrante e verificar qual foi a verdadeira motivação desse crime. Na conversa preliminar com o acusado, ele apenas disse que se desentendeu com esse homem e que não o conhecia e que por conta desse desentendimento veio o dolo de matar e ele matou. O médico legista disse que ele foi alvejado por disparo arma de fogo e teve as pernas decepadas. A vítima foi torturada”, disse o delegado.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA