Polícia

PM prende “secretário do cão” por roubo e porte ilegal de armas

Secretário do cão foi preso por PM na fazenda de um policial e tentou contra a vida do caseiro

Publicados

Polícia

Secretário do cão foi preso por PM na fazenda de um policial e tentou contra a vida do caseiro

2015-02-17-secretario-cao-2-706x478-620x350

Antônio Marcelino da Silva, 21 anos, mais conhecido pelo apelido de “secretário do cão” foi preso por policiais militares do 3º Batalhão acusado de roubo (assalto), porte ilegal de arma e estupro.

De acordo com informações da polícia na noite desta segunda-feira (16) “secretário do cão” chegou à fazenda de um policial militar onde o caseiro estava sozinho e pediu um pedaço de carne alegando que estava com fome.

Quando o caseiro da fazenda abriu a porta, “secretário do cão” armado de uma faca tentou desferir um golpe no caseiro que conseguiu se livrar da morte jogando uma mesa contra o corpo de Antônio Marcelino

Desesperado o caseiro conseguiu fugir da fazenda deixando para trás o “secretário do cão” dentro da residência.

Sozinho “secretário do cão” revirou tudo na casa até encontrar a quantia de R$ 3.200 que era a economia do caseiro, além de levar o dinheiro, o criminoso levou uma arma e alimentos.

Leia Também:  Homem é preso carregando cocaína enquanto trafegava na BR-364

Com ajuda do patrão que é policial militar o caseiro conseguiu localizar o paradeiro do “secretário do cão” que já estava escondido no quilometro 85 da Transacreana em outra fazenda.

No local com reforço de uma guarnição a polícia conseguiu prender o acusado e aprender duas espingardas que estariam em poder dele.

Na delegacia foi descoberto um mandado de prisão contra Antônio Marcelino “secretário do cão” por crime de estupro.

2015-02-17-secretario-cao-1-706x478

Fonte:Ecos da Noticia

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Polícia

Homem é morto e mulher ferida por dupla encapuzada na região do Caquetá, em Porto Acre

Publicados

em

Antônio André de Araújo, de 41 anos, foi morto ao ser alvejado com vários disparos de arma de fogo. O crime ocorreu no Ramal Santa Bárbara, região do Caquetá, em Porto Acre. Uma mulher ficou ferida no braço, mas sem gravidade.

A Polícia Militar foi acionada no sábado (30) para atender a ocorrência e, ao chegar no local, encontraram duas mulheres, que disseram ter passado a noite com Araújo e de outro homem e que eles estavam armados e teriam agredindo-as fisicamente.

Já na manhã de sábado, apareceram duas pessoas encapuzadas e armadas com pistolas e começaram a atirar contra elas e os dois homens.

Foi quando a vítima foi alvejada com vários tiros e não resistiu. O outro homem conseguiu fugir e não foi localizado. Uma das mulheres chegou a ser ferida no braço, foi encaminhada ao Pronto Socorro de Rio Branco, recebeu atendimento e liberada depois, segundo informações da polícia.

As mulheres escaparam com vida porque fugiram e se esconderam em outra propriedade. Ainda segundo informaram à polícia, a dupla encapuzada levou as armas e celulares de todos que estavam na casa.

Leia Também:  Taxi invade preferencial, ocasiona acidente grave

A Perícia e Instituo Médico Legal (IML) estiveram no local e fizeram os procedimentos de praxe.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA