RIO BRANCO

Polícia

No AC, dupla faz família refém dentro da própria casa por quatro horas

Assalto começou por volta das 3h da madrugada desta terça-feira (30). Suspeitos foram encaminhados para a Delegacia da Mulher.

Publicados

Polícia

Assalto começou por volta das 3h da madrugada desta terça-feira (30). Suspeitos foram encaminhados para a Delegacia da Mulher.

Dupla realiza tentativa de assalto com reféns no bairro da Sobral, em Rio Branco (Foto: Tácita Muniz)

Dupla realiza tentativa de assalto com reféns no bairro da Sobral, em Rio Branco (Foto: Tácita Muniz)

Dois suspeitos invadiram uma casa e fizeram uma família refém durante quatro horas na madrugada desta terça-feira (30), no bairro Sobral, em Rio Branco. De acordo com a Polícia Militar, dois adultos e uma criança de 11 anos ficaram sob a mira dos assaltantes. A dupla se entregou por volta de 7h após negociações.

A Polícia Militar disse que a mulher foi abordada quando saía para trabalhar na Central de Abastecimento de Rio Branco (Ceasa), próximo à casa dela. “Os suspeitos tinham interesse em uma certa quantia em dinheiro que havia na casa. Os vizinhos perceberam a movimentação estranha e chamaram a polícia”, contou o major Rômulo Modesto, um dos responsáveis pela ação.

A primeira viatura, segundo a PM, foi recebida a tiros. A partir de então, começou uma longa negociação com os suspeitos. A dupla exigia presença de advogados, da imprensa e preservação de suas integridade. “Passamos a conversar com eles, para que a gente atingisse o objetivo da prisão e condução à delegacia”, diz.

Leia Também:  Homem é morto com tiro no rosto dentro do banheiro em Rio Branco

Os dois foram encaminhados para a Delegacia da Mulher, em Rio Branco. De acordo com a PM, um dos suspeitos pode ser menor de idade, mas isso só deve ser confirmado após acareação. A família também foi para a delegacia para depor.

Do G1 AC

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Polícia

Homem conhecido por Sombra é preso enquanto carregava corpo com pernas decepadas em barco pelo Rio Môa

Publicados

em

Homem é flagrado enquanto carregava corpo de vítima torturada em barco na zona rural do AC – Foto: Arquivo

Claudinei Sombra dos Santos, de 19 anos, foi flagrado enquanto carregava o corpo de um homem dentro de um barco pelo Rio Môa, na zona rural do município de Mâncio Lima. A vítima, que ainda não foi identificada, foi morta com tiros e teve as pernas decepadas. O corpo segue no Instituto Médico Legal (IML) em Cruzeiro do Sul.

Segundo o portal G1 Acre, o suspeito descia de barco pelo rio saindo da comunidade Timbaúba em direção a Mâncio Lima, quando passou pela base do Exército na comunidade São Salvador. Foi então que os militares fizeram uma abordagem e perceberam que ele estava muito nervoso e, ao verificarem o barco, encontraram o corpo da vítima.

A polícia foi acionada e foram enviadas duas equipes – uma da Polícia Civil e outra da Polícia Militar – para fazer o translado do corpo e a condução do preso. O local onde o suspeito foi flagrado fica a cerca de 10 horas de barco da cidade de Mâncio Lima e ele foi preso nesse domingo (16).

Leia Também:  Ex-presidiário é assassinado com tiro na cabeça em Sena Madureira

Conforme o delegado responsável pelas investigações, José Obetaneo do Santos, a motivação do crime ainda está sendo apurada.

“Vamos concluir o flagrante e verificar qual foi a verdadeira motivação desse crime. Na conversa preliminar com o acusado, ele apenas disse que se desentendeu com esse homem e que não o conhecia e que por conta desse desentendimento veio o dolo de matar e ele matou. O médico legista disse que ele foi alvejado por disparo arma de fogo e teve as pernas decepadas. A vítima foi torturada”, disse o delegado.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA