Polícia

Mulher é violentada e torturada em cemitério de Feijó

Dona de casa foi violentada sexualmente e depois deixada para morrer.

Publicados

Polícia

Dona de casa foi violentada sexualmente e depois deixada para morrer.

Maria Luzanira Freiras de Oliveira

Maria Luzanira Freiras de Oliveira

Maria Luzanira Freiras de Oliveira, 44 anos, foi encontrada agonizando com sinais de violência no cemitério de Feijó. Ela foi levada para um hospital em Rio Branco em estado grave com ferimentos na cabeça. Quando foi encontrada, Maria Luzanira tinha uma garrafa introduzida na vagina.

A polícia tenta descobrir quem é o homem desconhecido, de aproximadamente 60 anos, com quem permaneceu até a madrugada da última sexta-feira (9) durante a festa doFestival do Açaí. Depois disso, ela não foi vista.

O coveiro que encontrou Maria Luzanira jogada entre os túmulos disse que ela estava muito ensanguentada. Para os policiais, o agressor deve ter imaginado que ela já estivesse morta, ande de ir embora. Luzanira é mãe de quatro filhas.

(Foto ilustrativa)

Rádio Feijó/AC24horas

 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Forças de Segurança prendem mais seis acusadas por tentativa de incêndio

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Polícia

Criança de 1 ano morre afogada enquanto brincava dentro de caixa d’água em Acrelândia

Publicados

em

Uma criança de 1 ano e 4 meses morreu afogada após cair em uma caixa d’água na manhã dessa quinta-feira (26), na cidade de Acrelândia, no interior do Acre.

O menino, identificado como Moisés Marcos dos Santos Silva, brincava na caixa, quando caiu dentro dela e acabou morrendo afogado, segundo a polícia.

“Até agora, a informação que temos é que a criança caiu na caixa d’água, quando estava brincando. Foi levado ao hospital e fomos acionados”, informou o delegado Dione dos Anjos.

O menino ainda chegou a ser levado para o hospital da cidade, mas não resistiu. Por não ser uma morte natural, o médico da unidade acionou a polícia.

O corpo do menino foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), em Rio Branco, onde passou pelos exames cadavéricos. O delegado disse que aguarda o resultado do laudo e só deve ouvir a família, caso o documento aponte uma causa diferente para a morte. Com informações do G1 Ac.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Duas armas de fogo e um punhal são apreendidos pela PM em Cruzeiro do Sul
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA