Polícia

Morre médico natural de Brasileia que foi espancado a pauladas em confusão durante passeio em balneário de Macapá

Publicados

Polícia

Jailson de Amorim Mariano, médico espancado a pauladas na Zona Rural de Macapá – Foto: Arquivo Pessoal

Morreu neste sábado (30) o médico Jailson de Amorim Mariano, de 31 anos, que estava internado em estado grave na rede pública do Amapá depois de ser espancado a pauladas na Zona Rural de Macapá. O caso aconteceu no último domingo (24), numa confusão em um balneário.

A vítima permaneceu internada durante uma semana mas não resistiu aos ferimentos vindo a óbito por volta de 12h40 deste sábado na UTI do Hospital de Clínicas Dr. Alberto Lima (Hcal).

A família do médico registrou boletim de ocorrência e a Polícia Civil informou na segunda-feira (25) que investigava o espancamento por tentativa de homicídio.

Conselho Regional de Medicina do Estado do Amapá (CRM-AP) lamentou a morte do médico e destacou que em pouco tempo de atuação, era muito querido entre os pacientes e colegas.

Relembre o caso

Conforme testemunhas, a vítima estava com a família desembarcando no balneário do distrito de Lontra da Pedreira, para ir embora para casa, quando um homem apareceu alterado.

Leia Também:  Em Brasileia, Polícia Militar recupera dinheiro que havia sido roubado de um idoso

Esse homem teria tentado agredir o cunhado de Jailson, que revidou com um empurrão que o fez cair. Então teria se iniciado a confusão generalizada, resultando nas agressões a pauladas no médico. Além dele, outros familiares também foram feridos por outras pessoas.

Foram os próprios parentes que socorreram Jailson até o Hospital de Emergências (HE) de Macapá, para que ele recebesse atendimento médico. Ele estava inconsciente e com traumatismo.

Na madrugada de segunda-feira (25), a vítima foi transfira em estado grave para a UTI do Hospital de Clínicas Dr. Alberto Lima (Hcal). Era nesta unidade de saúde que o médico trabalhava.

Os familiares alegam que a vítima e os agressores não se conheciam.

A Polícia Militar informou via Centro Integrado de Operações de Defesa Social (Ciodes) que soube do caso por redes sociais e encaminhou equipe ao local, no entanto a vítima não foi localizada no local nem outras testemunhas.

Nota do CRM

O Conselho Regional de Medicina do Estado do Amapá (CRM-AP) recebeu com muito pesar a notícia do falecimento do médico Jailson de Amorim Mariano, CRM: 2593 – AP. O médico faleceu hoje (30/07), em Macapá.

Leia Também:  Criminosos especializados em roubo de veículos são presos, na Capital

Dr. Jailson tinha 31 anos. Nasceu em Brasiléia, no Acre, mas estava morando em Macapá desde dezembro de 2021. Apesar do pouco tempo de atuação no Amapá, era muito querido entre os pacientes e colegas.

O CRM-AP expressa condolências aos familiares, amigos e pacientes. Que Deus console a todos neste momento.

Jailson de Amorim Mariano, médico espancado a pauladas na Zona Rural de Macapá – Foto: Arquivo Pessoal

Fonte: G1 Macapá

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Polícia

Homem é morto e mulher ferida por dupla encapuzada na região do Caquetá, em Porto Acre

Publicados

em

Antônio André de Araújo, de 41 anos, foi morto ao ser alvejado com vários disparos de arma de fogo. O crime ocorreu no Ramal Santa Bárbara, região do Caquetá, em Porto Acre. Uma mulher ficou ferida no braço, mas sem gravidade.

A Polícia Militar foi acionada no sábado (30) para atender a ocorrência e, ao chegar no local, encontraram duas mulheres, que disseram ter passado a noite com Araújo e de outro homem e que eles estavam armados e teriam agredindo-as fisicamente.

Já na manhã de sábado, apareceram duas pessoas encapuzadas e armadas com pistolas e começaram a atirar contra elas e os dois homens.

Foi quando a vítima foi alvejada com vários tiros e não resistiu. O outro homem conseguiu fugir e não foi localizado. Uma das mulheres chegou a ser ferida no braço, foi encaminhada ao Pronto Socorro de Rio Branco, recebeu atendimento e liberada depois, segundo informações da polícia.

As mulheres escaparam com vida porque fugiram e se esconderam em outra propriedade. Ainda segundo informaram à polícia, a dupla encapuzada levou as armas e celulares de todos que estavam na casa.

Leia Também:  Morre o cantor Maurílio, da dupla com Luiza, aos 28 anos, em Goiânia

A Perícia e Instituo Médico Legal (IML) estiveram no local e fizeram os procedimentos de praxe.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA