Polícia

Jovem é perseguido e morto a tiros e polícia acredita que tenha sido vítima inocente da guerra entre facções

Publicados

Polícia

Jovem Ygor Santos de Araújo foi perseguido e morto a tiros em bairro de Rio Branco – Foto: Arquivo pessoal

O jovem Ygor Santos de Araújo, de 21 anos, foi morto a tiros na noite dessa segunda-feira (28), no Residencial Cabreúva, em Rio Branco. A polícia acredita que ele tenha sido uma vítima inocente da guerra entre facções criminosas.

De acordo com a polícia, o rapaz estava em uma motocicleta e foi levar uma prima em casa. Já na volta, ele foi perseguido e abordado por dois motoqueiros, que o executaram com cerca de três tiros. Após o crime, o grupo fugiu do local.

Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) estiveram no local, mas o jovem não resistiu aos ferimentos e morreu antes mesmo de ser socorrido.

A Polícia Militar isolou a área para o trabalho da perícia e ainda fez buscas na região, mas nenhum suspeito foi preso. O corpo da vítima foi levado para o Instituto Médico Legal (IML), para os devidos procedimento.

O delegado Ricardo Casas, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), informou que, pelo que já foi apurado, a vítima não tinha ligação com organização criminosa e agora a polícia tenta entender a motivação do crime.

Leia Também:  Acidente deixa feridos após ultrapassagem proibida no km 107, próximo a antiga Serraria dos Padres

“Pelo que foi apurado até agora, a primeira hipótese dessa morte é que foi uma vítima inocente, estava no lugar errado e na hora errada e foi confundida com membros de organização criminosa. Não tinha nenhum envolvimento com o crime e, possivelmente, foi vítima inocente da guerra entre facções”, disse o delegado.

A Associação Desportiva Flamengo do Acre lamentou a morte de Ygor, que era do clube desde 2018, e informou que ele sonhava em ser atleta profissional. “Nosso clube lamenta profundamente a perda repentina de nosso atleta. Antes de qualquer coisa, Ygor Santos era um grande ser humano, amigo, leal e companheiro. Ygor vivia o esporte, sonhava em ser atleta profissional, amava o futebol.” Por Iryá Rodrigues, G1 Acre

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Polícia

Homem é morto com facada nas costas em avenida Chico Mendes, no Segundo Distrito de Rio Branco

Publicados

em

Corpo da vítima foi levado para o IML de Rio Branco — Foto: Arquivo/Instituto de Análise Forense do Acre

Um homem ainda não identificado foi morto nesta quinta-feira (26) na Avenida Chico Mendes, no bairro Areal, região do Segundo Distrito de Rio Branco, próximo ao estádio arena da Floresta.

De acordo com o Centro de Operações Policiais Militares (Copom), o homicídio ocorreu por volta das 5h. A informação é que a vítima passava de bicicleta pelo local quando foi atacada e levou, pelo menos, uma facada nas costas.

Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local fez os primeiros atendimentos e, por conta da gravidade do ferimento, acionou apoio da 01, ambulância de suporte avançado.

Conforme o Samu, o paciente teve uma parada cardíaca ainda no local, foi intubado e a equipe iniciou a reanimação, mas sem sucesso. Ele morreu dentro da ambulância e foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) para os exames cadavéricos e de identificação.

Leia Também:  Vídeo: Menor atira na cabeça de jovem que vendia lanche em Tarauacá

Policiais Militares fizeram buscas na região e prenderam um suspeito em flagrante. Segundo o Copom, pelas informações levantadas inicialmente, os dois não se conheciam e a vítima estava no local e hora errada.

O homem teria confirmado o crime, disse que era hora de matar e ao ver a vítima passando na rua, decidiu dar o golpe de faca. O g1 não conseguiu contato com o delegado Alcino Júnior, da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa. Do G1 Acre

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA