Polícia

Jovem baleado em Manoel Urbano morre no centro cirúrgico do pronto-socorro de Rio Branco

Publicados

Polícia

O jovem Raideson Dantas Arantes, de 23 anos, morreu nesse domingo (5), após levar vários tiros. O crime ocorreu no bairro São Francisco, no município de Manoel Urbano.

A vítima estava na varanda de casa quando os criminosos, que estavam encapuzados e armados, se aproximaram do local e iniciaram os disparos. Os tiros atingiram a perna, braço e tórax de Arantes.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada e levou o rapaz para o pronto-socorro de Rio Branco. Segundo o diretor da unidade, Areski Peniche, ele foi atendido, mas no centro cirúrgico acabou não resistindo.

O delegado responsável pelo caso, Rodrigo Noll, informou que a motivação do crime seria disputa entre facções criminosas. De acordo com ele, ainda não está comprovada a participação da vítima em organização criminosa, mas familiares dele estariam envolvidos com o crime organizado.

Dois homens foram presos em flagrante e um menor apreendido. Na delegacia, um deles confessou o crime e disse que estava sendo ameaçado pela vítima.

“A justificativa do rapaz que confessou não deixa claro que é guerra de facção, embora tudo indique isso. A vítima tem parentes que pertencem a uma organização criminosa, mas a vítima a gente não tem essa confirmação ainda. No local do crime, o aparelho de celular da vítima não foi encontrado e a esposa disse também que não encontrou. Então, é possível que, além do homicídio, eles tenham roubado”, disse o delegado.

Leia Também:  Policia Militar juntamente com um agente da Polícia Civil apreendem drogas em Acrelândia

Os policiais militares durante as buscas pelos suspeitos acabaram apreendendo ainda duas armas de fogo, sendo uma escopeta calibre 24 e uma espingarda calibre 16 e munições. Por Iryá Rodrigues, G1 Acre

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Polícia

Operação Narco Brasil 2022, deflagrada em Feijó, Tarauacá e Rio Branco, prende investigados por tráfico de drogas

Publicados

em

Operação Narco Brasil 2022 cumpriu mandado judiciais em Rio Branco, Tarauacá e Feijó — Foto: Arquivo/Polícia Civil

Duas pessoas foram presas nesta quarta-feira (29) durante a Operação Narco Brasil 2022 deflagrada em Feijó e Tarauacá, cidades do interior do Acre, e na capital acreana, Rio Branco. Os presos, de 20 e 25 anos, são investigados por terem envolvimento com uma carga de 25 quilos de maconha apreendida em janeiro na Rodoviária Internacional de Rio Branco.

Na ação, policiais da Delegacia de Repressão ao Narcotráfico (Denarc) e das delegacias locais, cumpriram oito mandados judiciais, sendo: dois de busca em Rio Branco, três de busca em Feijó, um em Tarauacá e dois mandados de prisão.

O investigado de 20 anos foi preso em Tarauacá e o de 25 anos em Feijó. O nome da operação é em alusão ao Dia Internacional Contra o Abuso e Tráfico Ilícito de Drogas, celebrado o último dia 26.

Apreensão de maconha

No dia 14 de janeiro deste ano, um jovem de 23 anos foi preso na Rodoviária de Rio Branco com 25 quilos de maconha que estavam escondidos dentro de uma mala.

Leia Também:  Policia Militar juntamente com um agente da Polícia Civil apreendem drogas em Acrelândia

A prisão ocorreu por meio da Delegacia de Repressão ao Narcotráfico (Denarc) que levantou informações de que o jovem estava no ônibus que havia saído de Rondônia. Os policiais, ao fazerem buscas com a companhia de cães, acabaram localizando a droga.

Logo em seguida, foi identificado de quem era o entorpecente e o jovem preso em flagrante. Ainda conforme as informações da polícia, a droga seria levada para a cidade de Feijó, no interior do Acre. Com informações do G1 Acre.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA