Polícia

Irmão de suspeito de matar casal é coautor do crime, diz polícia

Geisson de Paiva confessou o crime; irmão ter ajudado no homicídio. Casal estava desaparecido desde o dia 29 de agosto de 2015.

Publicados

Polícia

Geisson de Paiva confessou o crime; irmão ter ajudado no homicídio. Casal estava desaparecido desde o dia 29 de agosto de 2015.

A Polícia Civil prendeu, na tarde desta quarta-feira (22), Herlandio de Paiva, de 33 anos, apontado como coautor do homicídio contra Marcia Carvalho e Ocivaldo Mendonça, desaparecidos desde 2015. No final de maio, a polícia prendeu Geisson Paiva, de 28 anos, após ele confessar que teria matado o casal a machadadas.

De acordo com a polícia, Herlandio foi preso em Rio Branco por ter ajudado o irmão a matar e ocultar os corpos. “Tanto o Herlandio como o Geisson, foram indiciados pelo mesmo crime: homicídio e ocultação de cadáver. Ele teria sido o coautor do homicídio”, informa o delegado responsável pelas investigações”, explicou o delegado Cleylton Videira.

No dia 31 de maio, quando Geisson Paiva foi preso, a polícia também encontrou os restos mortais que poderiam ser do casal desaparecido. Um exame de DNA foi pedido para comprovar que o material orgânico encontrado era do casal, porém, segundo o delegado, esse exame ainda não ficou pronto. O suspeito foi ouvido e deve ser encaminhado ao presídio de Rio Branco.

Leia Também:  Mulher tem casa invadida e é esfaqueada por criminoso

Confissão

Com um sorriso no rosto e sinais de frieza, o suspeito Geisson Paiva, de 28 anos, confessou o crime e contou detalhes do crime. Ele disse que matou o casal após Marcia e Ocivaldo tentarem invadir sua casa. Paiva falou ainda que estava drogado no momento do crime e que teria agido sozinho.

Buscas

A Polícia Civil iniciou escavações no quintal da casa do suspeito às 6h desta terça. Na casa dele, localizada na Travessa Apocalipse, no bairro Belo Jardim I, em Rio Branco, a polícia encontrou cabelos e outros materiais orgânicos que devem passar por exames para confirmar se eram mesmo do casal desaparecido.

A irmã da mulher que teria sido morta, Sandra Carvalho, de 40 anos, afirmou que os dois eram usuários de droga e sumiram após informarem aos filhos que iriam à casa de Sandra, em 29 de agosto de 2015. Depois disso, o casal não foi mais visto.

Casal foi morto e teve restos mortais queimados, segundo a Polícia Civil

Com Informação do G1

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Polícia

Criança de 1 ano morre afogada enquanto brincava dentro de caixa d’água em Acrelândia

Publicados

em

Uma criança de 1 ano e 4 meses morreu afogada após cair em uma caixa d’água na manhã dessa quinta-feira (26), na cidade de Acrelândia, no interior do Acre.

O menino, identificado como Moisés Marcos dos Santos Silva, brincava na caixa, quando caiu dentro dela e acabou morrendo afogado, segundo a polícia.

“Até agora, a informação que temos é que a criança caiu na caixa d’água, quando estava brincando. Foi levado ao hospital e fomos acionados”, informou o delegado Dione dos Anjos.

O menino ainda chegou a ser levado para o hospital da cidade, mas não resistiu. Por não ser uma morte natural, o médico da unidade acionou a polícia.

O corpo do menino foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), em Rio Branco, onde passou pelos exames cadavéricos. O delegado disse que aguarda o resultado do laudo e só deve ouvir a família, caso o documento aponte uma causa diferente para a morte. Com informações do G1 Ac.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Dupla é presa após polícia desenterrar quase um quilo de maconha em Sena Madureira
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA