Polícia

Homicídio na Zona Rural no Ramal dos terçados

O Fato foi informado por moradores primeiramente para Rio Branco e só depois repassado para a Delegacia de Sena Madureira

Publicados

Polícia

O Fato foi informado por moradores primeiramente para Rio Branco e só depois repassado para a Delegacia de Sena Madureira

O autor do homicídio ainda não foi localizados, a polícia tem informações e trabalha no caso ( Fotos: Galberto Henrique)

O autor do homicídio ainda não foi localizados, a polícia tem informações e trabalha no caso ( Fotos: Galberto Henrique)

Com informações do Blog do Gilberto Monteiro

Na manhã deste Domingo (15) por volta das 09h20min, através do 190 da Policia Militar foi  acionado uma guarnição para atender uma ocorrência de Achado de Cadáver no Ramal dos Terçados,que dar acesso ao ” Ramal do Tôco Preto, moradores disseram que teriam encontrado um corpo de um homem no meio do referido ramal.

O Fato foi informado por moradores primeiramente para Rio Branco e só depois repassado para a Delegacia de Sena Madureira, que de imediato comunicaram a Policia Militar de Sena Madureira. Uma diligência formada por 4 (quatro) Policias, sendo 2 (dois) Militares e 2  (dois) civis, sendo um Perito, se deslocaram para o local. Populares que moram nas proximidades afirmaram que por volta das 21:00 horas de sábado(14) foram ouvidos 04 (quatro) disparos de arma de fogo, uma pessoa ainda disse que o autor dos disparos seria um cidadão conhecido por Elton e que ele teria utilizado uma Espingarda para eliminar a vítima.

Diante das informações colhidas, policiais ainda se dirigiram até a casa do suposto autor, mas não o mesmo não foi localizado, eles foram informados pelo seu padastro do acusado que há 2 (dois) dias Elton teve uma desavença com ele e quebrou tudo dentro de casa,  e ainda deve ter se  apropriado de uma espingarda calibre 38 teria sumido da residência.

O corpo da vítima, que no local é apenas conhecido por “Binho” depois de periciado no local, foi transladado para Sena Madureira e posteriormente para Rio Branco, para exame mais detalhados.

A polícia continua trabalhando no caso para tentar localizar o autor de mais este homicídio, na região do toco preto.

“Binho”

“Binho”

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Polícia investiga mais dois casos de pessoas desaparecidas no Vale do Juruá

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Polícia

Homem é morto com facada nas costas em avenida Chico Mendes, no Segundo Distrito de Rio Branco

Publicados

em

Corpo da vítima foi levado para o IML de Rio Branco — Foto: Arquivo/Instituto de Análise Forense do Acre

Um homem ainda não identificado foi morto nesta quinta-feira (26) na Avenida Chico Mendes, no bairro Areal, região do Segundo Distrito de Rio Branco, próximo ao estádio arena da Floresta.

De acordo com o Centro de Operações Policiais Militares (Copom), o homicídio ocorreu por volta das 5h. A informação é que a vítima passava de bicicleta pelo local quando foi atacada e levou, pelo menos, uma facada nas costas.

Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local fez os primeiros atendimentos e, por conta da gravidade do ferimento, acionou apoio da 01, ambulância de suporte avançado.

Conforme o Samu, o paciente teve uma parada cardíaca ainda no local, foi intubado e a equipe iniciou a reanimação, mas sem sucesso. Ele morreu dentro da ambulância e foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) para os exames cadavéricos e de identificação.

Leia Também:  Polícia prende homem com 15 barrinhas de maconha, na capital

Policiais Militares fizeram buscas na região e prenderam um suspeito em flagrante. Segundo o Copom, pelas informações levantadas inicialmente, os dois não se conheciam e a vítima estava no local e hora errada.

O homem teria confirmado o crime, disse que era hora de matar e ao ver a vítima passando na rua, decidiu dar o golpe de faca. O g1 não conseguiu contato com o delegado Alcino Júnior, da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa. Do G1 Acre

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA