Polícia

Homer mata esposa a facadas e depois finge de morto

NO PARÁ, HOMEM MATA ESPOSA A FACADAS E DEPOIS FINGE DE MORTO AO LADO DO CORPO

Publicados

Polícia

NO PARÁ, HOMEM MATA ESPOSA A FACADAS E DEPOIS FINGE DE MORTO AO LADO DO CORPO

Emerson Sousa da Silva, de 36 anos

Emerson Sousa da Silva, de 36 anos-Madalena Nascimento da Silva,de 31 Anos 

O crime aconteceu em Uruará, interior do Pará, na residência do casal. Emerson Sousa da Silva, de 36 anos, esfaqueou a esposa Madalena Nascimento da Silva, de 31 anos até a morte, pois não aceitava o fim do casamento. 

Após matar a esposa, ele mesmo de cortou com a faca na altura do peito, e fingiu estar morto ao lado do corpo. A cena foi relatada pelos investigadores de polícia, que após denúncias de vizinhos, arrombaram a casa e encontraram os dois jogados no chão. Mas Emerson estava vivo.

Emerson Sousa da Silva, de 36 anos

Emerson Sousa da Silva, de 36 anos

Portal do Holanda

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Adolescentes são apreendidos pela Polícia Militar em Tarauacá

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Polícia

Duas mulheres são presas ao tentar entrar em presídios com trouxinhas de maconha nas partes íntimas

Publicados

em

Policiais penais acharam trouxinhas de maconha durante revista – Foto: Arquivo/Iapen-AC

Duas mulheres foram presas em flagrante ao tentar entrar com droga nas unidades penitenciárias Moacir Prado, em Tarauacá, e Evaristo de Moraes, em Sena Madureira, ambas no interior do Acre. As prisões ocorreram no domingo (22) durante visita dos familiares aos detentos.

As suspeitas esconderam o entorpecente nas partes íntimas. O Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen-AC) divulgou as prisões.

O primeiro flagrante ocorreu em Tarauacá. A visitante estava com 31 trouxinhas de maconha e papel para cigarro escondidos em preservativos. O material foi descoberto quando a mulher passou no scanner corporal e os policiais perceberam um volume anormal nas partes íntimas dela.

Já em Sena Madureira, os policiais receberam uma denúncia informando sobre o crime. A equipe questionou a visitante se as informações procediam, ela negou em um primeiro momento, mas depois acabou confessando o crime.

Durante a revista foram achadas 21 trouxinhas de maconha dentro de um preservativo. Segundo o Iapen-AC, a suspeita confessou que levaria o material para o marido vender dentro do presídio.

Leia Também:  Após 10 dias, polícia ainda continua buscas por corpo de homem decapitado em vídeo

As duas suspeitas foram levadas para as delegacias das cidades, juntamente com os presos que iriam receber a visita. Veja mais no G1 Acre 

Suspeitas carregavam drogas dentro de preservativos – Foto: Arquivo/Iapen-AC

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA