RIO BRANCO

Polícia

Homem é assassinado com 6 tiros no bairro São Francisco

De acordo com informações coletadas pela polícia, Sebastião havia recebido uma ligação para que fosse buscar uma rede na casa de um amigo.

Publicados

Polícia

De acordo com informações coletadas pela polícia, Sebastião havia recebido uma ligação para que fosse buscar uma rede na casa de um amigo.

Sebastião Barros da Silva, 35 anos, morreu logo após ser alvejado com seis disparos quando saia de casa na noite de sexta-feira (11). O crime aconteceu na estrada principal do bairro São Francisco, em Rio Branco.

De acordo com informações coletadas pela polícia, Sebastião havia recebido uma ligação para que fosse buscar uma rede na casa de um amigo. Ao sair do portão de casa, foi surpreendido por dois homens ainda não identificados que efetuaram os disparos. Em seguida, a dupla saiu correndo, fugindo do local do crime.

Uma equipe da unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a prestar atendimento à vítima e tentaram reanimá-la por cerca de 30 minutos, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

O local foi isolado pela polícia, que após a coleta de informações, saiu em busca dos suspeitos. Até o fechamento desta edição ninguém foi preso. O fato foi registrado na Delegacia de Flagrantes.

Leia Também:  Após acompanhamento, Polícia Militar apreende arma de fogo no Calafate, em Rio Branco

assassinato

Fonte: Contilnet

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Polícia

Homem conhecido por Sombra é preso enquanto carregava corpo com pernas decepadas em barco pelo Rio Môa

Publicados

em

Homem é flagrado enquanto carregava corpo de vítima torturada em barco na zona rural do AC – Foto: Arquivo

Claudinei Sombra dos Santos, de 19 anos, foi flagrado enquanto carregava o corpo de um homem dentro de um barco pelo Rio Môa, na zona rural do município de Mâncio Lima. A vítima, que ainda não foi identificada, foi morta com tiros e teve as pernas decepadas. O corpo segue no Instituto Médico Legal (IML) em Cruzeiro do Sul.

Segundo o portal G1 Acre, o suspeito descia de barco pelo rio saindo da comunidade Timbaúba em direção a Mâncio Lima, quando passou pela base do Exército na comunidade São Salvador. Foi então que os militares fizeram uma abordagem e perceberam que ele estava muito nervoso e, ao verificarem o barco, encontraram o corpo da vítima.

A polícia foi acionada e foram enviadas duas equipes – uma da Polícia Civil e outra da Polícia Militar – para fazer o translado do corpo e a condução do preso. O local onde o suspeito foi flagrado fica a cerca de 10 horas de barco da cidade de Mâncio Lima e ele foi preso nesse domingo (16).

Leia Também:  Urgente: Polícia encontra corpo em matagal às margens da BR-116 que pode ser da ex-companheira de Médico de Brasileia

Conforme o delegado responsável pelas investigações, José Obetaneo do Santos, a motivação do crime ainda está sendo apurada.

“Vamos concluir o flagrante e verificar qual foi a verdadeira motivação desse crime. Na conversa preliminar com o acusado, ele apenas disse que se desentendeu com esse homem e que não o conhecia e que por conta desse desentendimento veio o dolo de matar e ele matou. O médico legista disse que ele foi alvejado por disparo arma de fogo e teve as pernas decepadas. A vítima foi torturada”, disse o delegado.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA