Polícia

Homem é preso no Bairro João Eduardo, em Rio Branco suspeito de matar o irmão a golpes de faca e pauladas

Publicados

Polícia

Edivaldo Rufino foi achado caído na Rua Verona por moradores e morreu durante atendimento do Samu – Foto: Reprodução

Um homem de 43 anos foi preso, na manhã desta quinta-feira (19), em uma casa no Bairro João Eduardo, em Rio Branco. Ele é suspeito de matar o próprio irmão, o morador de rua Edivaldo de Souza Rufino, de 40.

O crime ocorreu no dia 16 de abril, quando Rufino foi agredido com várias pauladas e golpes de faca. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu dentro de uma ambulância do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) após ser achado caído na Rua Verona, no Novo Horizonte.

Com o andamento das investigações, a Polícia Civil chegou ao irmão dele como principal suspeito de ter cometido o crime, pediu a prisão preventiva dele que resultou no cumprimento do mandado nesta quinta.

“Inicialmente foi levantado que o crime teria relação com organização criminosa, supostamente pela vítima estar importunando algumas mulheres no bairro. Mas, esta versão foi rechaçada pelos nossos investigadores, chegando a autoria do delito apontado como o próprio irmão da vítima”, informou o delegado Marcus Cabral, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), responsável pela investigação.

Leia Também:  Rapaz mata a noiva porque ela gritou o nome de outro durante o sexo

Conforme Cabral, os dois tiveram um desentendimento no dia do crime e a vítima precisou de atendimento médico, e depois acabou morto. O crime é tipificado no Código Penal como fratricídio que é a morte de um irmão por outro irmão.

“Ainda vamos fazer o interrogatório. Ele se encontra preso na nossa unidade policial, mas o que temos é que o mesmo dia do fato, pela manhã, eles tiveram uma desavença, na qual o autor agrediu a vítima que precisou ser submetido a atendimento médico e, ao retornar, relatou que iria denunciar o caso à polícia e à noite aconteceu o homicídio e os nossos investigadores apontaram ele (o irmão), como autor”, acrescentou. As informações é do Portal G1 Acre

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Polícia

Casal de Campina Grande tenta embarcar na rodoviária de Rio Branco com 10 quilos de cocaína e acaba preso

Publicados

em

Polícia Civil informou que os dois são de Campina Grande e tentava embarcar para Cuiabá, mas acabou preso em flagrante – Foto: Arquivo/Polícia Civil

Um casal foi preso em flagrante na noite dessa quarta-feira (10), na rodoviária de Rio Branco, ao tentar embarcar com 10 quilos de cocaína, que estava escondido dentro da bagagem deles.

O flagrante foi feito por agentes da Delegacia de Repressão ao Narcotráfico (Denarc), após investigação que chegou aos dois jovens com idades de 20 e 22 anos.

Conforme as informações da polícia, os dois são de Campina Grande, na Paraíba, e tentavam embarcar para Cuiabá, no Mato Grosso. A droga estava envolvida embalagens térmicas e escondida em fundo falso da mala.

Quando a polícia identificou de quem era a da droga, o casal recebeu voz de prisão pela equipe da Denarc que conduziu os dois à delegacia onde feito o auto de prisão em flagrante e foram colocados à disposição da justiça. Do G1 Acre

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Polícia prende quatro pessoas com 76 kg de carne ilegal em terra indígena
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA