RIO BRANCO

Polícia

Homem é preso com 26 kg de cocaína escondidos no porta malas de veículo entre Assis Brasil e Brasileia

Publicados

Polícia

Já em Epitaciolândia, polícia apreendeu mais de 33 mil maços de cigarro da Bolívia – Foto: Arquivo / PF-AC

Um homem foi preso com 26 quilos de cocaína escondidos dentro do porta malas de um carro. A apreensão foi feita pela Polícia Federal (PF-AC), Grupo Especial de Fronteira (Gefron) e equipes do Exército Brasileiro nessa terça-feira (14) na BR-317, entre Assis Brasil e Brasileia, interior do Acre.

Segundo a polícia, o motorista do veículo seguia de Assis Brasil sentido Brasileia quando foi parado para vistoria. Ele foi preso em flagrante após as equipes acharem a droga e levado para a Delegacia da Polícia Federal em Epitaciolândia, também no interior.

Também na terça, equipes do Gefron, PF-AC e o Exército apreenderam mais de 33 maços de cigarro escondidos em um caminhão baú de uma empresa de produtos de panificação do estado acreano. O flagrante ocorreu em Epitaciolândia.

O motorista e um passageiro foram levados para a Delegacia da PF-AC de Epitaciolândia pelo crime de contrabando. O cigarro é de origem boliviana. G1 Acre 

Leia Também:  Homem que matou irmão em Porto Walter é preso em Cruzeiro do Sul

Cigarro de origem boliviana foi apreendido em Epitaciolândia – Foto: Arquivo / Gefron

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: A Assembleia Legislativa do Estado do Acre tem se preocupado em proporcionar mais dignidade para a população acreana, aprovou a lei 3.795 de 27 de outubro de 2021 que trata da obrigatoriedade de incluir os absorventes aos itens de higiene das Unidades de ensino e disponibilizar, gratuitamente , nos banheiros das Escolas públicas Estaduais.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja o Vídeo Abaixo: Em consonância com a Lei Nº 3.7757, de 13 de julho de 2021, a Assembleia Legislativa do Estado do Acre traz uma campanha de conscientização “Dezembro Verde”, há toda a população com relação aos animas, principalmente os que estão em situação de rua, pois os pets são o símbolo de amor ao próximo e o melhor amigo do homem, então ame-o!!

Leia Também:  Em Rondônia, profissionais da energisa são presos após cobrar propina de moradora

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Polícia

Operação apura esquema de compra de votos nas eleições municipais de 2020 em Tarauacá

Publicados

em

Operação da PF apura esquema de compra de votos nas eleições municipais de 2020 no AC — Foto: Arquivo/PF-AC

A Polícia federal e o Ministério Público Eleitoral deflagraram, nesta quarta-feira (25), a operação “Klerotorion” para apurar crimes de corrupção eleitoral ativa e passiva, associação criminosa e peculato ocorridos durante as eleições municipais de 2020 em Tarauacá, no interior do Acre.

Ao todo, foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão nas casas dos investigados. Conforme a PF, as investigações começaram em agosto do ano passado, quando foi descoberto um esquema de compra de votos operado por associação criminosa formada por um vereador, dois ex-secretários de saúde e um servidor público municipal. A polícia não divulgou os nomes dos alvos.

As investigações apontaram que os candidatos investigados negociaram votos com eleitores para os cargos de prefeito e vereador da cidade de Tarauacá. Ainda segundo a PF, eles entregavam aos eleitores vantagens como dinheiro, passagens rodoviárias, gêneros alimentícios e outros.

Durantes as diligências policiais, ficou constatado que parte dos recursos usados na compra de votos era do cofre público, o que também caracteriza o crime de peculato. Por isso, os investigados podem responder pelos crimes de corrupção eleitoral, associação criminosa e peculato. Cerca de 16 policiais federais participaram da operação. Com informações do G1 Acre.

Leia Também:  Casal é preso pela Policia Militar com drogas e arma de fogo em Rio Branco

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA