RIO BRANCO

Polícia

Homem é morto após discussão causada por ciúmes em Feijó

Suspeito havia dançado com esposa da vítima em festa de Réveillon. Crime ocorreu na madrugada desta sexta-feira (1).

Publicados

Polícia

Suspeito havia dançado com esposa da vítima em festa de Réveillon. Crime ocorreu na madrugada desta sexta-feira (1).

Um homem, que não teve a identidade revelada, foi morto a facadas, nesta sexta-feira (1), após discutir com a esposa durante uma festa de Réveilon no município de Feijó, a 366 km de Rio Branco. O suspeito do crime teria dançado com a esposa da vítima momentos antes, o que teria causado um desentendimento entre o casal.

A vítima levou ao menos três facadas e morreu a caminho do hospital da cidade. O delegado Samuel Mendes, titular da delegacia do município, disse que o motivo do crime teria sido ciúmes, já que o suspeito teria dançado e beijado a esposa da vítima. 

“Os parentes disseram que a mulher teria beijado o suspeito. O marido foi tomar satisfação e nesse momento o rapaz tomou as dores, pegou uma faca e deu um golpe nas costas da vitima. O homem saiu correndo e o suspeito foi atrás e desferiu mais duas facadas”, conta.

Ainda segundo Mendes, o suspeito não era parente da família e não tem passagem pela polícia. O delegado conta ainda que após a confusão, o suspeito teria fugido, mas foi preso horas depois pela polícia.

Leia Também:  Mais de 2kg de cocaína são apreendidos no interior do Acre

“A festa aconteceu na casa do cunhado da vítima, mas o suspeito não é da família, só tinha aparecido no local. Segundo informações das testemunhas, todos estavam embriagados. A esposa da vítima também fugiu do local e apareceu depois no hospital”, disse.

Imagem Ilustrativa

Imagem Ilustrativa

Aline Nascimento Do G1 AC

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Polícia

Homem conhecido por Sombra é preso enquanto carregava corpo com pernas decepadas em barco pelo Rio Môa

Publicados

em

Homem é flagrado enquanto carregava corpo de vítima torturada em barco na zona rural do AC – Foto: Arquivo

Claudinei Sombra dos Santos, de 19 anos, foi flagrado enquanto carregava o corpo de um homem dentro de um barco pelo Rio Môa, na zona rural do município de Mâncio Lima. A vítima, que ainda não foi identificada, foi morta com tiros e teve as pernas decepadas. O corpo segue no Instituto Médico Legal (IML) em Cruzeiro do Sul.

Segundo o portal G1 Acre, o suspeito descia de barco pelo rio saindo da comunidade Timbaúba em direção a Mâncio Lima, quando passou pela base do Exército na comunidade São Salvador. Foi então que os militares fizeram uma abordagem e perceberam que ele estava muito nervoso e, ao verificarem o barco, encontraram o corpo da vítima.

A polícia foi acionada e foram enviadas duas equipes – uma da Polícia Civil e outra da Polícia Militar – para fazer o translado do corpo e a condução do preso. O local onde o suspeito foi flagrado fica a cerca de 10 horas de barco da cidade de Mâncio Lima e ele foi preso nesse domingo (16).

Leia Também:  Mais de 2kg de cocaína são apreendidos no interior do Acre

Conforme o delegado responsável pelas investigações, José Obetaneo do Santos, a motivação do crime ainda está sendo apurada.

“Vamos concluir o flagrante e verificar qual foi a verdadeira motivação desse crime. Na conversa preliminar com o acusado, ele apenas disse que se desentendeu com esse homem e que não o conhecia e que por conta desse desentendimento veio o dolo de matar e ele matou. O médico legista disse que ele foi alvejado por disparo arma de fogo e teve as pernas decepadas. A vítima foi torturada”, disse o delegado.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA