Polícia

Homem é morto enquanto lia a Bíblia dentro de casa, em Rio Branco

O crime ocorreu na rua Projetada, localizada no Ramal do Panorama, que fica na região do São Francisco, em Rio Branco.

Publicados

Polícia

O crime ocorreu na rua Projetada, localizada no Ramal do Panorama, que fica na região do São Francisco, em Rio Branco.

O auxiliar de pedreiro Francisco Jair Souza, 45 anos, foi assassinado com um tiro de escopeta no peito na noite de segunda-feira (30). 

De acordo com relatos de populares, Jair era evangélico há mais de 15 anos, e estava em casa lendo sua Bíblia quando um homem desconhecido chegou e chamou por ele, ao abrir a porta foi alvejado com um disparo de escopeta no tórax.

Segundo os peritos do Instituto Médico Legal (IML), o tiro atingiu o coração da vítima.

Uma guarnição do 5° Batalhão de Polícia Militar (5° BPM) foi acionada e isolou o local do homicídio até a chegada da perícia. A suspeita da polícia é de que o homem tenha sido vítima de latrocínio, crime caracterizado pelo roubo seguido de morte.

Francisco Jair era bastante conhecido na região onde morava, familiares e amigos ficaram abalados ao saberem o que havia acontecido. A Polícia Civil já deu início aos trabalhos de investigação.

Leia Também:  Colisão entre duas motocicletas mata homem na estrada do Quixadá

Homem é assassinado

Por Marcos Dione/afolhadoacre.com​​

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Polícia

Mais um é preso escondido em uma casa, suspeito de torturar jovem em cemitério, em Cruzeiro do Sul

Publicados

em

Valdenis Marinho morreu em um hospital da cidade no dia seguinte ao crime. No dia 28 de abril, Polícia Civil prendeu dois suspeitos de participação no homicídio – Foto: Polícia Civil

Um terceiro suspeito de sequestrar, torturar e matar Valdenis do Nascimento Marinho, de 18 anos, foi preso nesta sexta-feira (13) em Cruzeiro do Sul. Marinho morreu no início do mês de abril em um hospital da cidade após ser encontrado ferido dentro do Cemitério São João Batista.

No dia 28 do mesmo mês, a Polícia Civil prendeu os primeiros suspeitos de praticar o crime. O motivo das agressões seria porque Marinho, que era usuário de drogas, teria furtado entorpecentes de membros de uma facção criminosa.

As investigações continuaram após a prisão da dupla e, nesta sexta, a Polícia Civil prendeu um rapaz, de 27 anos, escondido em uma casa no bairro Várzea.

Logo após o crime, a Polícia Civil chegou a divulgar que Marinho não era de facção, mas era usuário de drogas. Os pais dele que procuraram a polícia para denunciar o caso após a morte. As informações é do portal G1 Acre

Leia Também:  Colisão entre duas motocicletas mata homem na estrada do Quixadá

Suspeito foi preso nesta sexta-feira (13) no bairro Várzea, em Cruzeiro do Sul – Foto: Polícia Civil

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA