Polícia

Forças de Segurança prendem mais seis acusadas por tentativa de incêndio

Desde o início das operações, na terça-feira (16), já foram mais de 60 pessoas presas suspeitas de envolvimento ou execução de ações criminosas.

Publicados

Polícia

Desde o início das operações, na terça-feira (16), já foram mais de 60 pessoas presas suspeitas de envolvimento ou execução de ações criminosas.

Durante a quarta noite de operações integradas, entre a noite de sexta-feira (19) e a madrugada de sábado (20), as forças de segurança do Estado prenderam mais seis pessoas pelos crimes de tentativa de incêndio e associação criminosa.

De acordo com o secretário de Polícia Civil, Carlos Flávio Portella, quatro dos presos são de Rio Branco e dois são do município de Sena Madureira. Todos foram presos em flagrante no momento em que tentavam concretizar crimes de incêndio.

“Graças a intervenção rápida das polícias e o setor de inteligência conseguimos intervir na execução desses crimes de incêndio e prender os suspeitos. No decorrer das próximas horas, novas prisões deverão ocorrer como forma de resposta cada vez mais duras e mais firmes para que a população possa ter tranquilidade. O Estado não vai se curvar e vamos prender toda e qualquer pessoa que venham querer se movimentar para tentar realizar qualquer tipo de crime.

Leia Também:  Após manter família presa, suspeito é preso ao tentar atravessar fronteira

Desde o início das operações, na terça-feira (16), já foram mais de 60 pessoas presas suspeitas de envolvimento ou execução de ações criminosas. Mesmo diante das audiências de custódia, o Judiciário tem colaborado  optado por manter todas essas pessoas presas.

seis são preso em Rio Branco

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Polícia

Operação Narco Brasil 2022, deflagrada em Feijó, Tarauacá e Rio Branco, prende investigados por tráfico de drogas

Publicados

em

Operação Narco Brasil 2022 cumpriu mandado judiciais em Rio Branco, Tarauacá e Feijó — Foto: Arquivo/Polícia Civil

Duas pessoas foram presas nesta quarta-feira (29) durante a Operação Narco Brasil 2022 deflagrada em Feijó e Tarauacá, cidades do interior do Acre, e na capital acreana, Rio Branco. Os presos, de 20 e 25 anos, são investigados por terem envolvimento com uma carga de 25 quilos de maconha apreendida em janeiro na Rodoviária Internacional de Rio Branco.

Na ação, policiais da Delegacia de Repressão ao Narcotráfico (Denarc) e das delegacias locais, cumpriram oito mandados judiciais, sendo: dois de busca em Rio Branco, três de busca em Feijó, um em Tarauacá e dois mandados de prisão.

O investigado de 20 anos foi preso em Tarauacá e o de 25 anos em Feijó. O nome da operação é em alusão ao Dia Internacional Contra o Abuso e Tráfico Ilícito de Drogas, celebrado o último dia 26.

Apreensão de maconha

No dia 14 de janeiro deste ano, um jovem de 23 anos foi preso na Rodoviária de Rio Branco com 25 quilos de maconha que estavam escondidos dentro de uma mala.

Leia Também:  Homem é atropelado na Estrada de Porto Acre.

A prisão ocorreu por meio da Delegacia de Repressão ao Narcotráfico (Denarc) que levantou informações de que o jovem estava no ônibus que havia saído de Rondônia. Os policiais, ao fazerem buscas com a companhia de cães, acabaram localizando a droga.

Logo em seguida, foi identificado de quem era o entorpecente e o jovem preso em flagrante. Ainda conforme as informações da polícia, a droga seria levada para a cidade de Feijó, no interior do Acre. Com informações do G1 Acre.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA