Polícia

Empresário é preso em operação do Ministério Público contra exploração sexual em Sena Madureira

Publicados

Polícia

MP cumpriu mandados judicias em investigação contra exploração infantil em Sena Madureira – Foto: Ministério Público do Acre

Um empresário de Sena Madureira, foi preso preventivamente durante uma operação do Ministério Público do Acre (MP-AC) que investiga exploração sexual. Segundo as investigações, o empresário seria dono de um local usado para abusar de menores.

Ele foi preso nessa quinta-feira (9) por equipes da Promotoria de Justiça Criminal de Sena Madureira, Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Núcleo de Apoio Técnico (NAT). A operação teve reforço ainda polícias Militar e Civil.

Foram cumpridos um mandado de prisão e dois de busca e apreensão durante a operação. O MP-AC também pediu a quebra de sigilo bancário e fiscal de dois denunciados por estupro de vulnerável e pornografia infantil.

‘Esconderijo secreto’

A operação foi deflagrada depois que o MP-AC recebeu a denúncia da mãe de uma adolescente de 16 anos, que teria sido vítima de estupro. A denúncia foi feita no dia 20 de maio e relatava que havia um bar, chamado de ‘esconderijo secreto’, para onde as vítimas eram levadas para serem abusadas.

Leia Também:  Gladson Cameli não tem coração! Se uniu com grupo político contra uma mulher, "Mailza Gomes", querendo tomar o PP na marra da senadora

O dono desse bar era responsável, segundo as investigações, por agenciar as adolescentes para os clientes do estabelecimento. Para tentar chegar até o homem que abusou da menina de 16 anos, o MP-AC pediu a prisão preventiva do dono do bar.

Durante as buscas, o Ministério Público descobriu que um dos suspeitos tentou obstruir provas apagando mensagens do telefone. O empresário passou por audiência de custódia e a Justiça manteve a prisão.

As equipes apreenderam ainda aparelhos eletrônicos para apurar suposto crime de armazenamento de imagens referentes à pornografia infantil. O promotor de Justiça, Thales Ferreira, responsável pela operação, disse que as investigações continuam.

“Essa operação faz parte do projeto “Travessia – por uma vida sem violência”, desenvolvido pela comarca de Sena Madureira, o qual busca prevenir, coibir e punir pessoas que exploram sexualmente crianças e adolescente e que agridem e matam mulheres em Sena Madureira”, pontuou. Aline Nascimento,  G1 Acre

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Polícia

Homem é morto e mulher ferida por dupla encapuzada na região do Caquetá, em Porto Acre

Publicados

em

Antônio André de Araújo, de 41 anos, foi morto ao ser alvejado com vários disparos de arma de fogo. O crime ocorreu no Ramal Santa Bárbara, região do Caquetá, em Porto Acre. Uma mulher ficou ferida no braço, mas sem gravidade.

A Polícia Militar foi acionada no sábado (30) para atender a ocorrência e, ao chegar no local, encontraram duas mulheres, que disseram ter passado a noite com Araújo e de outro homem e que eles estavam armados e teriam agredindo-as fisicamente.

Já na manhã de sábado, apareceram duas pessoas encapuzadas e armadas com pistolas e começaram a atirar contra elas e os dois homens.

Foi quando a vítima foi alvejada com vários tiros e não resistiu. O outro homem conseguiu fugir e não foi localizado. Uma das mulheres chegou a ser ferida no braço, foi encaminhada ao Pronto Socorro de Rio Branco, recebeu atendimento e liberada depois, segundo informações da polícia.

As mulheres escaparam com vida porque fugiram e se esconderam em outra propriedade. Ainda segundo informaram à polícia, a dupla encapuzada levou as armas e celulares de todos que estavam na casa.

Leia Também:  Assaltantes rendem comerciante e fogem com dinheiro, em Rio Branco

A Perícia e Instituo Médico Legal (IML) estiveram no local e fizeram os procedimentos de praxe.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA