Polícia

Em 2013, 27 mulheres foram presas por tráfico no AC

Dados foram divulgados pela Delegacia Regional de Entorpecentes.

Publicados

Polícia

Dados foram divulgados pela Delegacia Regional de Entorpecentes.

Período do levantamento é de janeiro a novembro de 2013.

Período do levantamento é de janeiro a novembro de 2013.

Dados da Delegacia Regional de Entorpecentes (DRE-AC) apontam que  este ano 107 pessoas foram presas no estado por envolvimento com o tráfico de drogas. Destas 27 são mulheres, 16 foram presas como ‘mulas’ e outras 11 por estarem à frente de uma boca de fumo. O levantamento foi feito entre os meses de janeiro a novembro de 2013.

Segundo o delegado titular da Delegacia Regional de Entorpecentes (DRE-AC), Pedro Paulo Buzollin, as mulheres presas com envolvimento no tráfico de drogas costumam ter até 25 anos, alegam dificuldades financeiras, tem algum envolvimento com traficante ou reeducando e tem baixo nível de escolaridade.

“Nós percebemos que quando há a prisão do marido, as mulheres assumem essa função de continuar a traficância e também acabam presas, essa é uma prática comum. A gente vem verificando isso no nosso dia a dia, na nossa atuação aqui na DRE. Várias mulheres acabam assumindo o papel do homem no tráfico de drogas e também acabam sendo conduzidas ao sistema penitenciário prisional’, diz.

Leia Também:  De bicicleta, dupla assalta a Drogaria Ativa em Brasiléia na Av. Marinho Monte

Colaborou Débora Ribeiro, da TV Acre.G1 ACRE

COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Polícia

Homem é morto e mulher ferida por dupla encapuzada na região do Caquetá, em Porto Acre

Publicados

em

Antônio André de Araújo, de 41 anos, foi morto ao ser alvejado com vários disparos de arma de fogo. O crime ocorreu no Ramal Santa Bárbara, região do Caquetá, em Porto Acre. Uma mulher ficou ferida no braço, mas sem gravidade.

A Polícia Militar foi acionada no sábado (30) para atender a ocorrência e, ao chegar no local, encontraram duas mulheres, que disseram ter passado a noite com Araújo e de outro homem e que eles estavam armados e teriam agredindo-as fisicamente.

Já na manhã de sábado, apareceram duas pessoas encapuzadas e armadas com pistolas e começaram a atirar contra elas e os dois homens.

Foi quando a vítima foi alvejada com vários tiros e não resistiu. O outro homem conseguiu fugir e não foi localizado. Uma das mulheres chegou a ser ferida no braço, foi encaminhada ao Pronto Socorro de Rio Branco, recebeu atendimento e liberada depois, segundo informações da polícia.

As mulheres escaparam com vida porque fugiram e se esconderam em outra propriedade. Ainda segundo informaram à polícia, a dupla encapuzada levou as armas e celulares de todos que estavam na casa.

Leia Também:  De bicicleta, dupla assalta a Drogaria Ativa em Brasiléia na Av. Marinho Monte

A Perícia e Instituo Médico Legal (IML) estiveram no local e fizeram os procedimentos de praxe.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA